Vacinação da Aftosa é necessária?

As vacinações bovinas são obrigatórias. Não apenas para evitar uma sanidade animal, mas também, evitam contaminações aos consumidores dos produtores de origem bovina, como carne e leite. Entre as mais importantes, está a vacinação da Aftosa. Mesmo com um controle da doença no Brasil, há necessidade da vacina. Só assim iremos manter o Brasil com o certificado de País Livre da Aftosa.

Em maio de 2018, o Brasil, por meio do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), recebeu o certificado internacional que considera o País livre de Aftosa. A doença é combatida há mais de 50 anos e foi controlada a partir da conscientização dos produtores rurais, pela adesão da vacina. Atualmente, o procedimento é obrigatório para todos os estados, menos Santa Catarina.

A vacinação da Aftosa é a mais conhecida na pecuária brasileira devido à alta incidência. A doença causa grandes prejuízos econômicos por ser uma viral contagiosa. As feridas são o sintoma primário, seguida de fraqueza e falta de apetite. Essas feridas podem ser na boca, pele, mama, cascos e língua.

Além de fazer um controle de todo o rebanho, a vacina garante transações comerciais estrangeiras. Pois, muitos compradores internacionais só adquirem o produto, após comprovação das vacinas.

 

Vacinação da Aftosa garante sanidade do rebanho brasileiro
Vacinação da Aftosa garante sanidade do rebanho brasileiro. – Foto: Reprodução Internet

Cada estado tem um calendário próprio de vacinação. Cabe ao produtor ficar atento às indicações das datas de cada Secretaria Estadual de Agricultura. Na maioria dos estados, a vacinação é no mês de maio em animais adultos e no mês de novembro em animais abaixo de 24 meses. Dependendo da região, a vacinação acontece duas vezes ao ano.  A dosagem é 5 ml por animal com aplicação subcutânea ou intramuscular. O frasco da vacina, para ter eficiência, precisa ser armazenado em refrigeração entre 2ºC a 8ºC graus, mantido assim desde a compra até o uso no animal.

 

Como fazer a vacinação da Aftosa

 

A aplicação da vacina da aftosa deve ser intramuscular, no local conhecido como tábua do pescoço. Pela facilidade, alguns produtores preferem aplicá-la no traseiro. Mas a região, por ser nobre, pode afetar o abate. O manejo precisa ser cuidadoso para evitar o estresse. Por isso, é recomendado um número adequado de funcionários para o dia de vacina. O bem-estar animal precisa estar presente todos os dias na sua propriedade.

Para que os processos da sua propriedade sejam bem sucedidos, acesse a dica: Qual o número ideal de profissionais na pecuária.

 
Boi Saúde Logo Preto - Vacinação da Aftosa é necessária?

Fim dos Parasitas:
Receita grátis para o fim dos parasitas!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo