Como evitar carne com abscesso?

A carne com abscesso causa grandes problemas nas transações comerciais. Para evitar prejuízos na sua produtividade e também atuar sempre de acordo com o bem-estar animal, vamos descobrir como evitá-lo.

 

O que é carne com abscesso? 

 

É uma carne contaminada com inflamações que contém pus. A parte do boi com esse problema é descartada, pois não pode ser consumida. Visivelmente, quando algum boi aparenta uma parte do couro com protuberância, pode indicar carne com abscesso.

Essas inflamações se formam na parte interna dos tecidos e tem como uma das principais causas  a má aplicação da vacina. É um manejo que deve ser muito bem preparado para evitar danos.

Estudos apontam que uma substância específica causa o abscesso. A saponina, um componente oleoso, foi retirado das vacinas de febre aftosa, em 2017. Ainda, em maio de 2019, houve a alteração da dosagem obrigatória de 5ml para 2 ml. Para saber como planejar seu calendário vacinal, confira: Calendário sanitário para bovinos: como planejar. 

Os impactos econômicos são tão graves que países já chegaram a embargar carne brasileira ao identificarem o problema. As peças mais comuns de serem contaminadas com pus são acém, paleta e pescoço. Para produtores rurais de pequeno e médio portes, os prejuízos são diretos. Os frigoríficos descartam a parte com abscessos, que podem chegar até dois quilos. Com isso, pagam apenas o valor dos quilos que estão realmente adequados para comercialização e consumo. E o valor esperado pela transação acaba sendo menor.

 

carne com abscesso
Protuberância no couro pode indicar carne com abscesso. – Foto: Governo de Rondônia

Vacinas e abscessos 

 

  • Segundo orientação da Embrapa, as agulhas de aplicação da vacina no animal não podem ser muito finas, nem muito grossas, entre 15 x 18 ou 15 x 20. A agulha precisa ser desinfetada antes da aplicação;
  • Vacina deve ser armazenada e refrigerada corretamente;
  • Verifique se as tábuas do curral e do tronco não estão soltas ou com pregos para fora. Qualquer movimento em falso poderá provocar ferimentos nos bovinos;
  •  As roupas dos colaboradores que atuam na lida devem estar limpas. Dessa forma, as inflamações serão evitadas;
  • O local não deve ter bitucas de cigarros que podem queimar a pata dos bovinos.

Para que você tenha uma ótima produtividade, fizemos uma dica com as respostas das principais dúvidas sobre vacinas. É só clicar no link e proteger seu gado de forma adequada: Vacinas para bovinos: confira perguntas e respostas.

 
Boi Saúde Logo Preto - Como evitar carne com abscesso?

Total Controle Premium:
Elimine o manejo servindo direto no cocho!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami