Cuidados para manter o peso de um boi

Você montou sua propriedade, adequou a estrutura e conquistou as arrobas desejadas. E agora, amigo produtor? O próximo passo é essencial para que tenha retorno financeiro: manter o peso de um boi.

Quais técnicas são necessárias para que o gado não perca peso? E melhor ainda, manter uma engorda contínua até o momento do abate?

Existem sim algumas ações que mantem o peso de gado. Assim como as variações. Por exemplo, o sistema adotado (pasto ou confinamento). E ainda, o período: seca ou águas. E até mesmo o método, como o Boi 777.

Antes de começar a pontuar os cuidados um a um, vamos indicar desde já algo muito importante. Todas as funções são necessárias. Precisam ser aplicadas da melhor forma.

Caso não esteja dando conta sozinho, contrate uma equipe. Equilibre as contas. Fará toda a diferença na sua pecuária.

Para se organizar melhor, confira as dicas:

 

Cuidados para manter o peso de um boi

 

Manutenção do pasto 

Já que o pasto é a principal fonte de alimentação e engorda do gado, vamos começar por ele.

Em primeiro lugar, alguns cuidados aplicados garantem que os bovinos estão consumindo forrageira que irão promover mais que a manutenção, mas o aumento do peso de um boi.

Acima de tudo, a manutenção tem que evitar ao máximo a degradação da pastagem. Além de ficar sem essa forma de alimentação, o custo para recuperação pode ser bem alto.

E nada como aplicar cuidados para evitar esses problemas ao máximo, não é mesmo?

Adubo, fertilização, evitar ervas daninhas e cupins. Lendo assim parece uma tarefa bem pesada. Porém, se for distribuída bem entre todos os envolvidos na lida, é possível exercer sem complicações.

No período crítico da seca, não fique sem pasto. Algumas alternativas como pastejo rotacionado, vedação, irrigação e silagem ajudam bastante. A diferença será sentida ao fim da época que é tão temida na pecuária, devido a falta de chuvas.

Confira as alternativas:

 

O cocho e o que é oferecido nele 

Bom, além de um bom pasto, precisamos de um cocho. E esse comedouro precisa atender toda a demanda. E se você está se perguntando porque seu gado precisa de um, já que se alimenta de pasto, vamos explicar.

Antes, veja se o tamanho do cocho está ideal. Todos os bovinos precisam se alimentar de uma vez. Isso evita a competição. E dá oportunidade para os animais menores e mais leves chegarem até o que é oferecido ali.

Além do pasto, o sal é um item que não pode faltar. O ano todo. Ou seja, não apenas na seca.

Sal mineral nas águas e proteinado nos meses sem chuva. Cada um repõe as necessidades nutricionais de acordo com a época do ano.

Oferecer nutrientes mantém sim o peso de um boi em dia. Evita a perda e o gado fica saudável de dentro para fora.

A composição varia de acordo com o seu solo. O que faltar em componentes nutricionais, poderá ser reposto no sal. Dessa forma simples, é possível evitar a perda de peso.

Inclusive, o sal proteinado pode ser feito na propriedade. Caso tenha interesse no passo a passo, aprenda na dica: Como fazer sal proteinado para o gado: a receita.

 

Complemente com suplementos 

E claro que existem outros suplementos além dos tipos de sal.

Por exemplo, a ureia. No entanto, fique atento ao uso. Tem bons resultados, mas os cuidados precisam ser redobrados: Tudo sobre ureia para bovinos: confira os cuidados.

Além desse composto, temos a virginiamicina como opção. É um aditivo melhorador de desempenho.

O que isso significa? Faz com que todos os nutrientes que o boi consome seja absorvido. Além disso, melhora a digestão por meio de bactérias gram-positivas. É uma tecnologia que tem fácil uso e que chegou para ficar na pecuária.

Outro ponto positivo é a prevenção da acidose ruminal. Uma doença que tem impacto na engorda. E ainda pode causar sofrimento ao bovino: Acidose ruminal é evitada com simples ações na nutrição.

Quer saber mais? Foque no conteúdo:

 

peso de um boi 1024x711 - Cuidados para manter o peso de um boi
Manter o peso de um boi exige cuidados diários. – Foto: Boy Fotógrafo

Prevenção de doenças 

 

Pois é, amigo produtor, infelizmente a pecuária está sujeita a várias doenças.

Os bovinos podem adoecer de um dia para outro. No entanto, a boa notícia é que a maioria das doenças podem ser prevenidas. E por ações muito práticas e sem custo.

A primeira é sempre manter o pasto limpo e livre de parasitas. Para quem não sabe, os carrapatos, moscas, bernes, entre outros, causam milhões de prejuízos por ano.

Por isso, além da qualidade do pasto, que citamos lá em cima, a limpeza dele é fundamental.

E se estiver enfrentando esse problema, não se preocupe. Existem vários tipos de tratamento. Ou seja, eles poderão reverter a situação. Mas prevenir sempre é o melhor remédio. E a ação mais barata também.

Confira as dicas:

 

Controle de estresse 

 

Agora, vamos abordar o estresse. O controle dessa resposta física do corpo não deve ser deixado de lado.

O gado quando passa por altos níveis de estresse não engorda, por exemplo. O motivo é a liberação do hormônio cortisol que faz com que o animal não tenha o desempenho esperado.

E sem contar que já estamos mais que na hora de proporcionar um bem-estar adequado a nossa criação. Isso, desde os primeiros momentos de vida.

Portanto, tratar o gado com violência só traz problemas. E não facilita em nada a lida do dia a dia. E além de não tocar o animais com objetos que possam feri-los, existe outro tipo de proteção que precisa ser aplicada.

O bem-estar animal vai além da prevenção da violência. Ou seja, oferecer sombra, proteção contra o frio e manter a sanidade animal em dia fazem parte.

 

Acompanhamento da engorda 

 

A gente sabe que fechar o gado não é a tarefa mais fácil do mundo. No entanto, para o acompanhamento do peso de um um boi é necessário.

Na pesagem, você confere o quanto cada animal progrediu em determinado período.

Esse acompanhamento pode ser diário. O produtor fazendo o monitoramento diário consegue ter condições se há engorda ou emagrecimento a olho nu, em casos extremos.

Além disso, verificar se o comportamento dos animais estão adequados. Não só no consumo de ração. Mas também existem reações que podem indicar doenças graves.

 
Complemente o conteúdo:

 

Então, amigo produtor, essa dica fará a diferença na sua pecuária? São cuidados que não fogem da nossa lida diária. E quando aplicados de forma bem organizada, garantem uma boa manutenção de peso.

Se você gostou desse conteúdo, deixe seu comentário. E ainda, compartilhe com um amigo. Vamos tornar nossa pecuária cada vez mais forte, a partir do conhecimento.

E caso prefira dicas em vídeos, acesse nosso canal. Lá você encontra dicas simples e fáceis de serem aplicadas: Boi Saúde no YouTube.

 
Virginiamicina - Cuidados para manter o peso de um boimobile Virginiamicina - Cuidados para manter o peso de um boi
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*