Atividades e rotina do trabalhador rural

Ter uma equipe eficiente na fazenda faz toda a diferença para alcançar uma alta produtividade. Uma dúvida muito comum que a Boi Saúde recebe é por onde começar a organizar a propriedade? Aqui, você aprenderá como programar a rotina do trabalhador rural na sua fazenda.

 

 

Em primeiro lugar, toda propriedade precisa ter rotina. Assim, nenhuma atividade da lida que é extremamente necessária deixará de ser feita.

Infelizmente, muitas propriedades têm funcionários que não sabem qual tarefa deve ser feita e como executá-la. Porém, quando o proprietário está sempre perto da equipe e desenha uma rotina, fica mais fácil estabelecer atividades para todos.

A administração seguida à risca melhora todo o desempenho. Como resultado, passa a eliminar erros. Consequentemente, o lucro será maior a cada nova safra.

 

Rotina do trabalhador rural 

 

Entre as atividades que precisam ser estabelecidas, estão:

  • Horário de servir suplemento;
  • Atividades separadas por período: manhã, tarde e até noite;
  • Qual dia será feita a vacinação. Da mesma forma, que a pesagem dos animais.

Além de organizar a rotina, é preciso desenvolver um roteiro. Para isso, siga os seguintes passos:

  • Faça uma reunião todo início de semana. Chame todos os colaboradores. Ali, você dividirá todas as tarefas a serem feitas nos sete dias seguintes;
  • Passe a função de cada um. O que cada trabalhador rural deve fazer e como. Repassar as tarefas do dia a dia é muito importante. Evita erros e até desperdício.

São dicas simples e fáceis de se colocar em prática, não é mesmo? E os resultados são bem positivos.

Em primeiro lugar, nenhum colaborador fica sobrecarregado. Em segundo lugar, diminui os conflitos sobre a distribuição desigual das tarefas.

 

trabalhador rural 1024x1024 - Atividades e rotina do trabalhador rural
Manter a rotina do trabalhador rural é essencial para boa produtividade. – Foto: Nelore Santa Irene.

Tarefas que não podem ser esquecidas 

 

Por mais que sejam simples, não podem ser deixadas de lado.

Algumas delas são:

Abastecimento dos cochos. Você sabia que existem melhores horários para essa tarefa? A justificativa é o consumo dos bovinos. Leia mais: Melhor horário para abastecer o cocho para ração de bovinos.

Limpeza do cocho e do bebedouro. Não basta só abastecer. Ou seja, manter esses espaços limpos garante mais saúde. Além disso, previne doenças que podem ser transmitidas por água contaminada. Confira: Como manter a água limpa no bebedouro de gado

Manutenção do cocho. Não basta ter um cocho. Portanto, mantê-lo em condições adequadas para que os bovinos se alimentem bem é essencial. Como é uma estrutura que fica no tempo, a céu aberto, pode sofrer danos com o tempo. Clique: Cocho para gado: manutenção evita desperdícios.

Monitoramento do gado. Como saber se o gado está engordando? Se o desempenho e o pastejo estão adequado? Se há algum comportamento que possa indicar doenças? Com a simples tarefa de acompanhar os bovinos diariamente.

Avaliação do consumo da ração. Gado que não come, não engorda. Não tem como não concordar. Portanto, para saber se o consumo está adequado, dentro do esperado, basta avaliar o cocho. Isso tem que ser feito sempre. Com frequência. Dessa forma, caso esteja abaixo do ideal, o motivo deve ser investigado. Saiba mais: Como medir o escore de cocho?

 

Para potencializar sua gestão e administração rural, não deixe de ler:

 

Para mais dicas sobre pecuária, acesse nosso canal de vídeos. Gestão, pecuária de corte, pecuária de leite. Esses , e outros assuntos sobre melhorar sua produtividade estão disponíveis: Boi Saúde no YouTube.

 
Programa de Máxima Rentabilidade - Atividades e rotina do trabalhador ruralPrograma de Máxima Rentabilidade mobile - Atividades e rotina do trabalhador rural
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*