Como o preço do boi gordo afeta a sua produção?

Gostou? Compartilhe!

Se tem algum fator que o produtor que cria gado de corte precisa estar atento diariamente é o preço do boi gordo.

Ter essa informação te auxilia em vários sentidos: desde a compra de novos animais para que você aumente seu plantel, mas principalmente para a venda e negociação com os frigoríficos.

Há mais de 20 anos, existe a cotação da arroba no Brasil, que começou em 1998. Contudo, a cada ano cresce mais ainda. Em todo esse período, em apenas quatro anos que houve retração.

Houve uma alta de 700% na cotação da arroba durante todo esse tempo. Isso significa que é um bom investimento.

Se você é novato/a na pecuária e está começando a estudar a área agora, nós te explicamos. Em primeiro lugar, o boi gordo é o bovino macho que tem em média 16 arrobas ou até mais e com a idade de 42 meses.

E essa definição não é da Boi Saúde. É de uma das principais instituições de agronegócio do país, a CEPEA/Esalq.

Em segundo lugar, o preço do boi gordo pode variar de acordo com a época e também com as influências não só aqui no Brasil, mas de outros países, principalmente pela nossa pecuária ser uma das maiores exportadoras de carne bovina do mundo.

Contudo, quando se trata de projeções econômicas, não deixe de acompanhar diariamente esse número que muda todos os dias.

Existem diversas instituições e portais focados em pecuária que divulgam balanços diários que impactam diretamente seu bolso. Por isso, além do preço do boi gordo, é possível acompanhar a cotação de insumos para a ração e grãos.

Ou seja, ficar informado sobre o que acontece na nossa atividade te garante melhores condições de negociar. Além disso, te ajuda também saber no que investir naquele momento.

 

Preço do boi gordo

 

Impactos que influenciam 

  • Aumento do consumo interno e externo – algumas épocas como Natal, Ano Novo, campeonatos de futebol como Copa do Mundo têm influência;
  • Aumento de exportação – entre os nossos maiores compradores está a China;
  • Condições climáticas – chuva em condições favoráveis para o pasto;
  • Quando há mais ofertas e menos demanda de animais disponíveis – o que pode acontecer na entressafra – período de transição entre a seca e as águas;

 

Impactos negativos

  • Condições climáticas – muita chuva a ponto de causar alagamentos ou quando há falta dela, período que causa seca dos pastos e também de suprimentos, causando aumento dos preços dos insumos;
  • Quando há muita oferta e pouca demanda do mercado – ou seja, número maior de animais disponíveis e poucos compradores;

 

Segurar o gado para esperar a melhor do preço é indicado? 

 

Alguns produtores tentam e até conseguem segurar o boi gordo esperando o melhor preço do mercado. Mas a transação do comércio na pecuária não é algo que acontece por período.

Não importa se é seca ou época das águas, há consumo de carne o ano todo. Sendo assim, negociação durante os 12 meses do ano.

Em alguns períodos, a variação e demanda por boi gordo pode aumentar, assim como também acontece com o boi magro.

Para aprimorar suas vendas e negociação com os frigoríficos, acesse:

 

O preço do boi tem influências externas e internas que fazem com que o valor seja maior ou menor. – Foto: Boy Fotógrafo.

 

Como produzir boi gordo 

 

Bom, para vender seu gado a preço de boi gordo, é preciso ter esse boi gordo.

O produtor que deseja produzir o boi de 16 arrobas precisa ter o cuidado desde antes da estação de monta.

Quando as vacas estão preparadas para gerar bezerros maiores, bem suplementadas com fósforo e cálcio, tem melhores chances de gerarem animais acima do peso já na fase da cria: Como produzir bezerros de qualidade e maiores?

Após o nascimento, ofereça alimentação balanceada, quantidade adequada de volumoso e concentrado para promover aumento de peso, sem causar doenças como acidose e timpanismo.

Caso o seu sistema de criação seja baseado em confinamento, com ração focada em grãos, os aditivos são aliados para evitar esses problemas de saúde citados acima e ainda melhorar o desempenho do trato digestivo.

Ao criar gado de corte a ponto de ter uma boa oferta no preço do boi gordo não deixe de contar com os benefícios que os suplementos como o sal proteinado e a virginiamicina podem trazer para a sua produção.

 

Boi magro 

 

Além do boi gordo, existe também a opção de cria de boi magro, que é o bovino que pesa até 12 arrobas.

Os dois formatos têm boa rentabilidade, a decisão é sua para agir de acordo com o mercado e da época que esse gado será comercializado.

O boi magro tem um giro mais rápido. Já com o boi gordo, há um melhor rendimento de carcaça.

Você pode fazer um comparativo com as seguintes dicas:

 

Quer saber mais sobre o tema? Confira um vídeo com um comparativo entre o preço do boi gordo e do boi magro, com José Carlos Ribeiro, consultor da Boi Saúde: Vender boi gordo ou boi magro? 

Esperamos que essa dica auxilie no seu manejo diário e mais ainda a conquistar a liberdade financeira a cada nova safra.

Por fim, se você gostou desse conteúdo, não deixe de comentar e indicar a leitura aos seus amigos.

A Boi Saúde oferece mais de 700 dicas focadas na pecuária de leite e de corte para que todos os produtores tenham condições de alcançar o sucesso.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*