Boi magro para engorda: o que oferecer de suplementação

É considerado boi magro o bovino que pesa até 12 arrobas. Muitos produtores, ao adquirirem novos animais, preferem a compra do boi magro para engorda. Mas quais são os suplementos mais indicados para potencializar o ganho de peso desse animal?

 

 

Mesmo com o pasto sadio nas águas e com ração a base de bons ingredientes na seca, a engorda precisa de uma ajuda para ser potencializada. Ainda mais, quando se trata de boi magro para que tenha condições de ganhar as arrobas necessárias para o momento certo para comercialização.

Desde já, amigo produtor, fica o lembrete sobre a importância de fornecer os suplementos em todas as épocas do ano. Muitos pecuaristas abastecem o cocho, principalmente com sal proteinado apenas na seca, mas durante o período das chuvas, o gado precisa fortalecer o organismo com os nutrientes ausentes no pasto. Assim, chegará ao período mais crítico do ano, com as arrobas esperadas para enfrentar a seca.

Sobre o sistema adotado na propriedade, muitos pecuaristas aderem o confinamento quando optam pelo boi magro. E mesmo assim, os suplementos são fundamentais e aliados das rações oferecidas em formato de grão e silagem.

 

Suplementos indicados para boi magro para engorda

 

Sal proteinado 

Vamos começar pelo mais conhecido. Esse composto repõe no cocho tudo o que o gado precisa para a engorda. Cálcio, fósforo, cobalto, entre outros elementos podem ser os ingredientes.

Para servir, a porção ideal é 1 grama do sal para cada peso vivo do gado.

O melhor é que você pode fazer na propriedade e reduzir os custos. Para facilitar, a Boi Saúde oferece uma receita gratuita. Para adquirir a sua, clique AQUI.

 

Sal Mineral 

Provavelmente, você já ouviu falar sobre ele. Esse tipo de sal auxilia no fornecimento de elementos minerais para os bovinos. Quando um boi consome corretamente suplementos a base de minerais, tem a produção de carne garantida.

A quantidade ideal de consumo de sal mineral para boi magro é entre 60 e 90 gramas por animal adulto por dia. No momento da compra, confira a composição, pois existem diferentes tipos de minerais. Escolha um que atenda as necessidades nutricionais da sua propriedade, de acordo com a qualidade do seu pasto.

É possível, inclusive, misturá-lo com fubá para potencializar o consumo da ração, quando há rejeição pelos bovinos. Ou até mesmo quando o preço dos insumos estiver muito alto com impacto no seu orçamento.

 

Sal mineral + Sal proteinado 

Esses dois tipos de suplementos podem ser usados juntos. Para boi magro, pode auxiliar no ganho de peso esperado pelo produtor. Com a ingestão de vitaminais e minerais, a saúde estará reforçada e também protegida contra doenças que comprometem a produtividade bovina.

 

Boi magro para engorda: o que oferecer de suplementação
Boi magro para engorda: o que oferecer de suplementação – Foto: Pixabay.

Virginiamicina 

Quando o boi magro é adquirido, o produtor espera resultados rápidos no peso. E entre os facilitadores está a virginiamicina. Com esse princípio ativo, segundo estudos científicos, é possível aumentar o peso do gado 15% ao mês. Se você quiser implementar o método Boi 777, a virginiamicina é um ótima aliada, ainda mais na fase da cria.

O Boi 777 é baseado em metas produtivas para se alcançar 7 arrobas na cria, 7 arrobas na cria e 7 arrobas na terminação. É sinônimo de engorda acelerada com alcance de metas dentro de um período estipulado na propriedade. Caso sua pecuária seja adepta do investimento em boi magro e se interesso pelo método, te explicamos mais na dica: Como alcançar o Boi 777.

 

Como servir ureia para o boi magro para engorda

Na seca, principalmente, auxilia muito na prevenção da perda de peso. O objetivo é promover uma nutrição ainda maior no gado. E quando se trata de boi magro, o uso auxilia o ganho de arrobas.

A dosagem diária é 30 gramas a cada 100 quilos do animal. Aliás, essa quantidade é a limite para consumo. O produtor deve ter muita precaução no uso da ureia para não causar intoxicação no gado que a consumir. A mistura ideal ao servir esse suplemento tem a seguinte proporção: 30% de ureia, 67% de sal mineral e 3% de sulfato de amônia. Lembre-se sempre de usar ureia pecuária e cobrir o cocho quando iniciar o oferecimento.

 

Não esqueça do manejo adequado do boi magro para engorda

 

Não importa a fase dos seus bovinos e o sistema (pasto, confinamento, semi-confinamento), o manejo adequado é fundamental para sua pecuária.

Animal bem alimentado, não apenas com a quantidade ideal, mas também com alimentos e suplementos de qualidade tem engorda garantida. O pasto também precisa estar sempre em bom estado nutricional e na seca, uma boa dica é oferecer em formato de silagem e também fazer a vedação de pasto ainda nas águas.

Não esqueça das vacinas. Ter o calendário sanitário em dia promove segurança não só ao gado, mas ao seu investimento. Gado doente não produz, pelo contrário, pode dar prejuízos não só com tratamentos, mas até com óbitos. Por isso, deixe programado os meses de compra e aplicação de vacinas. Para saber mais, acesse: Calendário sanitário para bovinos: como planejar. 

Água é fundamental para todos os seres vivos. Oferecê-la em quantidade ideal e em locais de fácil acesso garante a hidratação e bom funcionamento do organismo.

Limpeza e higiene garantem um produto de boa qualidade. Lama, lixo, moscas e insetos devem ficar de fora da sua porteira.

 

Cuidados na escolha do gado no momento da compra 

 

Quando for inserir novos animais no seu rebanho é preciso escolher com cuidado. Ter conhecimentos e até indicação sobre o vendedor evita surpresas que podem resultar em prejuízos.

Verifica se o couro não tem marcas de parasitas e lesões, se há aprumos que dificultam a locomoção e se há registros da genética do gado.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*