Vacina de gado: saiba tudo sobre a aplicação

A pecuária depende da execução de diversas ações para ter uma alta produtividade como resultado. A vacina de gado está entre elas. É uma forma eficaz e segura de manter seus animais protegidos, sem contar nos prejuízos que podem ser evitados.

O produtor que não vacina seus animais, além de correr o risco de ter alguma infestação por doenças graves, pode ter consequências econômicas.

Alguns fornecedores, principalmente quando se trata de carne para exportação, exige a comprovação para efetuar o negócio.

Inclusive, se quiser se adequar para atender esse mercado, a Boi Saúde te orienta na dica: Como produzir carne para exportação.

Será que você sabe tudo sobre a aplicação de vacina de gado?

Mais que vacinar o gado, é preciso que a aplicação seja feita de forma correta. E ainda, na data indicada.

Nesta dica de hoje, a Boi Saúde vai te orientar desde a época indicada para as vacinas até como aplicá-las.

Lembrando que a vacina é apenas uma parte das boas práticas da pecuária.

É um complemento das atividades de manejo, lida, alimentação adequada, oferecimento de água de qualidade, sombra, prevenção de doenças, entre outros.

Vamos lá?

 

Saiba tudo sobre vacina de gado 

 

Quais são as vacinas obrigatórias? 

 

Sim, existem as vacinas que são obrigatórias, exigidas pelos órgão reguladores como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Secretarias Estaduais de Agricultura e as vigilâncias sanitárias locais.

Nem todas são obrigatórias. Mas mesmo sim, a aplicação é recomendada.

As vacinas obrigatórias no Brasil hoje são: aftosa, brucelose, raiva e carbúnculo.

Sobre a aftosa, nem todos os estados determinam a obrigatoriedade. Santa Catarina é um deles. Inclusive, a aftosa teve a dosagem alterada recentemente. Antes, a dose da vacina era de 5 ml, atualmente é de 2ml.

Para saber sobre as vacinas obrigatórias com todos os detalhes, acesse: Principais vacinas para bovinos no Brasil.

Algumas vacinas como a de clostriodiose bovina não são obrigatórias. Porém, é uma boa prática para evitar a doença: Clostriodiose bovina: prevenção é feita com vacinas para gado.

 

vacina de gado - Vacina de gado: saiba tudo sobre a aplicação
Aplicação da vacina de gado em dia faz parte das boas práticas da pecuária. – Foto: Nelore Gironda S.A.

Quando aplicar? 

 

Cada estado tem seu próprio calendário. A maioria é em maio.

A orientação é sempre se informar de forma regional para não perder nenhuma data e evitar que contratos não sejam fechados por falta de vacina.

A cada ano, faça um calendário e se planeje para a aplicação e também para a compra, de acordo com a quantidade de bovinos.

Confira também se as ferramentas, como a pistola, estão adequadas.

Separe um dia antes da aplicação todos os instrumentos e oriente seus funcionários. Não permita cigarros para evitar a queima das patas dos animais.

Para não passar nenhuma vacina obrigatória, sabia como montar sua agenda: Calendário sanitário para bovinos: como planejar.

 

Como aplicar a vacina de gado? 

 

A aplicação não é complexa, mas precisa seguir algumas orientações para evitar desperdício da vacina, efetivar o efeito e não causar danos no gado.

A agulha não pode estar torta. Tenha sempre de reserva para não interromper a aplicação.

E foque sempre na tábua do pescoço do animal, melhor local para receber o medicamento que será injetado.

O que não pode ser deixado de lado de jeito nenhum é a higiene.

Para complementar o conteúdo, clique: Como vacinar o gado: confira 5 dicas.

A forma como a vacina é aplicada é muito importante para evitar lesões, incluindo abscesso que traz uma grande desvalorização da carne.

Por isso, não deixe de saber mais: Como evitar carne com abscesso?

 

Posso aplicar todas no mesmo dia? 

 

Não é recomendado. O limite é de três vacinas por dia.

Sabemos que aproveitar o gado fechado é uma boa oportunidade. Mas existe um limite.

Sem contar que nem todas podem ser aplicadas na mesma época, respeitando o calendário sanitário.

Para te orientar melhor, confira a dica: Como vacinar gado: posso aplicar todas no mesmo dia?.

 

O gado tem reação?

 

As vacinas são seguras e antes de serem colocadas à venda passam por rigorosos testes e pesquisas. Tudo isso não é em vão. A vacina tem o objetivo de proteger a saúde dos animais de doenças que causam dor e sofrimento.

Os cuidados na aplicação precisam ser seguidos e se os produtores acompanharem o gado vacinado seria uma boa atitude para conferir se há alguma reação da vacina.

Se quiser sentir mais segurança, não deixe de ler: Reação de vacinas em bovinos.

 

Preciso conservar as vacinas na geladeira? 

 

Não adianta comprar a vacina e se planejar para aplicá-la de acordo com o calendário, se a propriedade não a conserva e armazena como se deve.

Preservar o frasco de vacina é seguir à risca o conceito de bem-estar animal é um dos passos. Afinal, não adianta ter toda a preparação para aplicar, se a vacina não terá o efeito esperado.

Sem contar com o desperdício de dinheiro e tempo.

O primeiro passo depois de planejar seu calendário é ter uma geladeira exclusiva para o armazenamento só de vacinas.

Você aprende mais na dica: Saiba como conservar vacina para gado

 

Quer saber mais sobre vacina de gado?

 

E então, amiga e amigo produtor, esse conteúdo fez diferença para sua pecuária? Não deixe de comentar o que você achou, além de compartilhar a dica com seus amigos.

Caso prefira dicas em formato de vídeos rápidos e com boa informação, se inscreva no canal da Boi Saúde no YouTube.

 
Programa de Máxima Rentabilidade - Vacina de gado: saiba tudo sobre a aplicaçãoPrograma de Máxima Rentabilidade mobile - Vacina de gado: saiba tudo sobre a aplicação
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*