Como evitar a lama entorno do bebedouro para gado

Gostou? Compartilhe!

Em muitas propriedades, é comum o acúmulo de lama entorno do bebedouro para gado, o que muitas vezes impede o acesso do animal à água. Além disso, pode prejudicar a nutrição, ao impedir que o bovino consuma a quantidade ideal de água por dia.

Não importa a qualidade e quantidade de matéria seca e de nutrição que seu gado usufrui por dia, se a água está abaixo do consumo esperado, não só em relação aos litros, mas também no estado do líquido que é ingerido, a sua lucratividade não será a esperada.

Bovino hidratado não perde o peso, mas manter a saúde em dia evita diversas doenças.

Por isso, nesta dica, você vai aprender um pouco mais sobre como evitar a lama entorno do bebedouro para gado. Caso tenha alguma dúvida, escreva pra gente também, combinado?

 

 

A quantidade ideal que um bovino de leite deve ingerir por dia é de 4 litros de água para cada 1 litro de leite produzido. O gado de corte tem que consumir três litros de água para cada quilo de matéria seca consumida.

A lama atrapalha a mobilidade do animal, causando problemas graves. Entre as doenças, está o amolecimento do casco, que proporciona sérios prejuízos na saúde do rebanho. A enfermidade faz com que o produtor perca muita produtividade. Afinal, o animal deixa de se locomover em busca do alimento dentro da propriedade.

São muitas as causas que podem levar às doenças no casco: a podridão do casco, algum tipo de trauma e infecção, entre outras.

 

Cimentar a área do bebedouro para gado facilita o acesso
Cimentar a área do bebedouro para gado facilita o acesso. – Foto: Reprodução Internet

Como evitar a lama entorno do bebedouro para gado

 

O ideal é concretar o espaço em volta do bebedouro para que não aconteça o acúmulo de lama.

Outra sugestão é ter cochos e bebedouros móveis na propriedade. Assim, é possível mudá-los de lugar, e proporcioná-los uma nutrição adequada ao gado que terá livre acesso à ração e água. Dessa forma, a área atingida pela lama se recupera com o sol e a pastagem crescendo. Contudo, não atrapalha o trânsito dos animais.

A temperatura da água oferecida também merece atenção. Por isso, te convidamos para conferir a dica: Qual a temperatura ideal da água para os bovinos?

Talvez você também se interesse por esses conteúdos:

Consumo de água por cabeça de gado

Água na pecuária leiteira: quantos litros oferecer por dia

Qual a distância ideal do cocho ao bebedouro bovino?

Por fim, essa dica trouxe mais conhecimento para a sua pecuária, amigo produtor? Então compartilhe com a gente seu aprendizado! Sabe como? Deixando sua opinião aqui nos comentários!

 

Conteúdo em vídeo

 

Você sabia que a Boi Saúde tem um canal no YouTube com diversos materiais em formato de vídeos? Pois é!

Lá você terá dicas e orientações do nosso consultor, José Carlos Ribeiro. Todo o conteúdo disponibilizado é totalmente gratuito. Além disso, a cada semana tem vídeo novo. Aproveite e se inscreva no canal e não perca nossas atualizações.

Então, acesse agora e aproveite: Boi Saúde no YouTube.

Até a próxima!

 
banner banner
 

Como evitar a lama entorno do bebedouro para gado?

O ideal é concretar o espaço em volta do bebedouro para que não aconteça o acúmulo de lama. Outra sugestão é ter cochos e bebedouros móveis na propriedade.

Quais problemas a lama causa na propriedade?

A lama atrapalha a mobilidade do animal, causando problemas graves. Entre as doenças, está o amolecimento do casco, que proporciona sérios prejuízos na saúde do rebanho. A enfermidade faz com que o produtor perca muita produtividade. Afinal, o animal deixa de se locomover em busca do alimento dentro da propriedade.

Qual a quantidade de água que um bovino de leite deve ingerir por dia?

A quantidade ideal que um bovino de leite deve ingerir por dia é de 4 litros de água para cada 1 litro de leite produzido.

Qual a quantidade de água que o gado de corte deve ingerir por dia?

O gado de corte tem que consumir três litros de água para cada quilo de matéria seca consumida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*