Água na pecuária leiteira: quantos litros oferecer por dia

Você produz gado de leite? Então, essa é dica é para você! Mais que ter toda estrutura adequada, essa produção precisa estar atenta ao fator muito importante. Já tem uma ideia de qual seja? A dica de hoje é sobre água na pecuária leiteira.

Será que sua propriedade está oferecendo esse líquido de forma adequada?

E não é apenas para matar a sede dos animais. Em primeiro lugar, a água é a base do leite, sendo composto por 87%. Em segundo lugar, influencia na quantidade e na qualidade do que é produzido.

De acordo com a Embrapa Gado de Leite, a água na pecuária leiteira é o alimento mais necessário, no sentido de quantidade. Ou seja, tudo o que é oferecido, a água é o elemento mais importante. Lembre-se disso!

Porém, existe outro ponto importante: não esqueça de oferecer uma ração muito bem balanceada. Lembre-se que a pecuária de sucesso é resultado de uma série de ações bem implementadas. E a alimentação é uma delas.

Depois disso, se você precisar de orientação, confira a receita: Ração para gado de leite: aprenda como fazer.

 

A importância da água na pecuária leiteira 

 

Bom, para começar, as vacas em lactação

Se o bovino perde de 10 a 12% da água do corpo, eles podem morrer.

Tem a função de repor a água que é perdida na urina e nas fezes. A água é perdida também na saliva, no suor e transpiração.

Sem contar com na tentativa de manter a temperatura interna do corpo e dos órgãos. Portanto, além da água na pecuária leiteira, fique atento a sombra.

Nos meses mais quentes do ano, a umidade aumenta. Consequentemente, as vacas tendem a beber mais água. E com isso, urinam mais.

Gado que fica exposto a altas temperaturas passa por estresse térmico. Como resultado, não se alimenta bem e pode até afetar a reprodução.

O consumo adequado varia de acordo com algumas características. Entre elas, estão a raça, estado fisiológico, consumo da matéria seca. Da mesma forma que a produção de leite e até o peso.

 

Picos de consumo na água na pecuária leiteira 

 

Em algumas situações, as vacas leiteiras consomem mais água.

Consumo de matéria seca;

Após a ordenha;

Nessas duas situações, para manter que o consumo seja feito, deixe os bebedouros em pontos estratégicos.

Caso tenha espaço para descanso pós-ordenha, deixe-os no caminho ou até nesse local mesmo.

Por exemplo, vacas em lactação consomem  62,5 litros de água por dia, em média.

 

água na pecuária de leite - Água na pecuária leiteira: quantos litros oferecer por dia
A água na pecuária leiteira é tão essencial quanto a ração. – Foto: Fernando Rubbertank

A temperatura afeta o consumo? 

 

Você já bebeu água quente? Matou a sua sede? Acreditamos que não.

Portanto, por que com as vacas de leite seria diferente?

Além de ser limpa, precisa ser fresca.

A temperatura ideal da água na pecuária de leite é entre 25 e 30 graus. Caso o consumo não esteja adequado, confira se está acima desse número. Ou até mesmo abaixo de 15 graus.

 

Como está seu bebedouro? 

 

As condições o seu bebedouro tem impacto direto na água na pecuária leiteira.

Se ele está sempre sujo, a água assim será.

Fique atento a concentração de sal. A quantidade de 2% parece bem pequena. Mas já pode ser considerada tóxica aos bovinos.

Renove a água duas vezes ao dia.

E assim como o cocho, o bebedouro deve ter tamanho adequado, de acordo com a produção. Ou seja, todos os animais devem ter condições de acesso à água ao mesmo tempo.

Continue a adquirir mais conhecimento. Acesse o canal de vídeo: Boi Saúde no YouTube.

 

Referência:

Instrução Técnica para o produtor de leite. Importância da água para bovinos de leite. Embrapa Gado de Leite.

 
Ração para Gado de Leite - Água na pecuária leiteira: quantos litros oferecer por diaRação para Gado de Leite mobile - Água na pecuária leiteira: quantos litros oferecer por dia
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*