fbpx

Doença no casco de bovinos diminui a produtividade

Doença no casco de bovinos: prevenção de baixo custo auxilia no bem-estar do animal.

 

 

As doenças do casco são muito comuns em bovinos no Brasil devido às repentinas mudanças climáticas. As chuvas deixam os pastos com lama, principalmente em regiões com grandes concentrações de tempestades e umidade. A enfermidade faz com que o produtor perca muita produtividade. O animal deixa de se locomover em busca do alimento dentro da propriedade.

São muitas as causas que podem levar às doenças no casco: a podridão do casco, algum tipo de trauma e infecção, entre outras.

 

Doença no casco de bovinos diminuem a produtividade
Doença no casco de bovinos diminuem a produtividade – Foto: Reprodução Internet

No entanto, é muito fácil identificar a doença do casco, pois o bovino começa a mancar ou mudar a posição de apoio ao caminhar. Caso o animal possua alguma ferida, o produtor deverá enfaixar a pata para evitar qualquer tipo de hemorragia. Além disso, manejá-lo para algum lugar que não tenha barro para facilitar a cicatrização dessas feridas no casco.

 

Solução para prevenir a doença no casco de bovinos

 

Para prevenir a doença, basta criar uma solução chamada de pedilúvio. O animal passará por ela todos os dias e deverá ser implantada depois de um aqualúvio (local com apenas água limpa). Funciona como um lava-pés, local onde os pés são limpos antes da entrada em piscinas, comuns em clubes. Porém, o foco aqui é o bovino.

Sendo assim, a solução deverá conter os ingredientes abaixo que deverão ficar em um tanque lava-pés para evitar as doenças no casco na sua propriedade:

  • 5 litros de formol
  • 5 kg de sulfato de cobre
  • 90 litros de água

Contudo, nunca esqueça que manter os animais sadios e proporcionar um bem-estar animal é fundamental para que ter uma produção de qualidade e lucratividade em ascensão.

Por fim, para saber como implementar na sua propriedade, continue no blog. Acesse a dica abaixo, clicando no link: Bem-estar animal.

 

Laminite bovina: inflamação que ataca os cascos

 

Existe outra doença que atinge o gado quando não é feito o manejo adequado dentro da propriedade. Estamos falando da laminite bovina.

Mas o que é laminite bovina? Trata-se de uma inflamação que também ataca os cascos.

Popularmente conhecida pelos produtores de aguamento, a laminite bovina tem entre seus sintomas dor e até mudança na estrutura do casco. Além disso, existe a claudicação intensa. Não podemos deixar de citar as hemorragias da sola e fissuras. Em casos avançados, a olho nu, o casco fica quente e com sinal de inflamação.

Existem algumas causas para o aparecimento da inflamação. Entre elas estão: ambiente, sanidade, genética e nutrição. Sobre a nutrição, fica o alerta para a quantidade de grãos oferecida aos bovinos, amigo produtor! Aqueles que consomem grande quantidade de concentrados e poucas fibras estão propensos a desenvolverem a laminite bovina.

A boa notícia é que existe tratamento para esse problema. Aqui no blog, temos um conteúdo especificamente sobre o assunto. Leia agora e saiba mais: Laminite bovina: inflamação que ataca os cascos.

Para complementar seus conhecimentos sobre esse e outros assuntos, te convidamos para conhecer o canal da Boi Saúde no YouTube. Clique: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

6 pensou em “Doença no casco de bovinos diminui a produtividade”

  1. Excelente as orientações para não usar cama de galinha.
    Obrigado pelas receitas de ração para equinos e bovinos em terminação.
    Raul Aguiar
    Orobó -PE

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Raul, obrigado por nos acompanhar. Conte sempre com a Boi Saúde!

  2. Gleison Costa Lima disse:

    Muito bom saber disso posso para minha região tem muito esse problema principalmente no macho

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Gleison, obrigado pelo comentário, continue nos acompanhando!

  3. Parabéns pelos conteúdos apresentados. De grande valia em.nossos dia a dia.
    Abraços

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Balmis, obrigado pelo elogio, continue nos acompanhando!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×