fbpx

Vaca prenha: como preparar para o parto?

 
banner banner
 

Ter uma vaca prenha na propriedade é sinônimo de prosperidade. Um novo animal estará chegando em breve e cabe ao produtor tratar essa matriz com todos os cuidados necessários, desde antes da monta até a fase pós-parto para evitar problemas de saúde e antecipar o próximo cio.

Como o nascimento é um processo importante, neste conteúdo vamos explicar como fazer o preparo dessa vaca para que o parto aconteça sem nenhum problema e que matriz e cria se desenvolvam como o esperado.

Quando bem preparada para o parto, problemas comuns como retenção de placenta, metrite e distocia bovina acontecem raramente. Por isso, a importância de um bom protocolo desde antes da monta para que a matriz passe por toda a gestação da forma mais tranquila e saudável possível.

 

Neste conteúdo, você terá acesso aos temas:

 

 

Como preparar vaca prenha para o parto

 

Em primeiro lugar, selecionando as que estão em melhores condições antes da monta. As que não estiverem com o escore corporal adequado para a gestação, é possível tratá-las com suplementos para que recuperem as condições essenciais para promover uma reprodução adequada. Saiba como avaliar: Seleção de matrizes bovinas: escore corporal.

Geralmente, a reprodução acontece no período das águas por dois motivos:

1 – Há mais pasto de qualidade e em quantidade adequada para nutrir as matrizes nas fases pré e durante a gestação, o que dá mais condições de boa formação do bezerro;

2 – Quando a gestação é programada nas águas, o bezerro nasce na seca. Por mais que essa época não tenha pasto, logo após o nascimento, o bezerro se alimenta do leite e no momento da introdução alimentar, uma ração própria para bezerro. E o risco de adoecer por alguma doença transmitida por parasitas é muito menor, já que nessa época, a incidência é reduzida quando comparado com as águas.

 
banner banner
 

Em segundo lugar, quando bem nutrida e suplementada, as chances de produzir um bezerro maior é mais alta. Por isso, preparar uma alimentação adequada com uma nutrição que a complemente é o mais indicado. Na fase pré-monta, quando a vaca está se preparando para a gravidez, se alimenta dos melhores pastos, verdes e cheios de vitamina. Na fase da seca, não existe essa possibilidade.

 

Ração para vacas de cria

Os ingredientes selecionados alimentam a vaca com tudo o que é necessário para manter o organismo em bom funcionamento. Afinal, o corpo da matriz estará atuando por dois: pelo dela e do novo animal que está se formando.

É um erro oferecer qualquer alimento disponível na propriedade para a vaca prenha, principalmente, se o foco é aumentar a sua produtividade e garantir uma boa saúde para essa futura mãe.

Para oferecer essa ração, separe um pasto, de preferência que seja a parte com mais quantidade e qualidade, e instale um cocho para essa ração exclusiva para vacas de cria.

Alguns ingredientes da mistura de ração para vaca de cria são:

  • Sal mineral, essencial para todos os bovinos;
  • farelo de soja e de algodão;
  • milho moído.

Quando se trata de vaca prenha, não pode ser oferecida qualquer ração. Balancear os ingredientes é a chave do sucesso para evitar acúmulo de gordura no úbere. Ainda, o fósforo e o cálcio são base da formação óssea do novo bezerro.

 
banner banner
 

 

Qual o melhor suplemento para vaca de cria?

Alguns suplementos e aditivos devem fazer parte da rotina de uma propriedade, mesmo que não atue com reprodução. No caso das vacas de cria, a nutrição é fundamental para evitar doenças comuns no parto e também manter a vaca forte e sadia.

A virginiamicina, utilizada antes mesmo da monta, melhora o status energético, o que aumenta consideravelmente as chances de prenhez.

Ainda, esse aditivo melhora a produção de leite e aumenta o peso na fase da desmama. Auxilia também na recuperação pós-parto, contribuindo na reposição dos nutrientes perdidos no parto.

Leia mais:

 

Pasto-maternidade para vaca prenha

Para melhor conforto, bem-estar e acompanhamento das vacas em trabalho de parto e recém-paridas, separe uma espaço da propriedade para ser a maternidade. O local precisa estar sempre limpo, arejado, protegido contra umidade e vento, frio e calor extremos.

Neste espaço, instale um cocho e bebedouro e ao inserir as vacas que entram em trabalho de parto ou as que estão próximas a ele. Espalhe palha seca como um forro. Isole a área para que outros animais, mesmo os domésticos, não entrem lá.

 

vaca prenha
Quando melhor preparada para o parto, maior o bem-estar da vaca prenha. – Foto: Fazenda Haras São Vicente

Sinais de trabalho de parto de vaca prenha

Você sabe quais são os sinais? Algumas mudanças no comportamento da vaca prenha indicam que o nascimento está próximo. São eles:

  • Liberação de muco viscoso pela vagina;
  • Redução do consumo da alimentação;
  • Sinais agitados e rugidos fora do comum;
  • Contração abdominal;
  • Próximo ao nascimento, a vaca se deita.

Algumas propriedades que acompanham o cio e a monta inserem as vacas dias antes do parto no pasto-maternidade.

O parto é um processo natural e não precisa de apoio humano. Mesmo assim, monitorá-lo e ficar de prontidão para qualquer imprevisto evita grandes problemas, como a não expulsão da placenta, por exemplo.

Um caso de retenção de placenta acontece quando a vaca não expele esse órgão naturalmente até 12 horas após o parto. Ao passar desse período, o risco de infecção grave é alto. Saiba o que fazer nesse caso: O que fazer quando há retenção de placenta em vacas.

 

Período seco da vaca de cria

É quando nenhum feto está em formação no útero da vaca, ou seja, quando ela não está prenhe. Esse período é importante para a recuperação. O aparelho digestivo e as mamas entram em fase de descanso e regeneração.

O feno de gramíneas é uma boa opção nessa fase para reposição corporal dos nutrientes perdidos no parto, entre eles, gordura, proteína e minerais.

Uma informação importante: no período pós-parto, a vaca tende a consumir 65% do nível máximo. Isso ocorre entre de 9 a 13 semanas após o parto. Por isso, o reforço nutricional nessa época é fundamental. Dessa forma, a vaca estará recuperada em breve para uma nova estação de monta.

Para conteúdos sobre uma pecuária de alta produtividade, inscreva-se grátis no nosso canal de vídeo: Boi Saúde no YouTube.

 

Referências

Procedimentos para o manejo correto da vaca gestante, no pré-parto, ao parto e pós-parto. Embrapa.

Boletim Técnico Nutrição na Cria. Phibro Animal Health Corporation.

 
banner banner
 

2 pensou em “Vaca prenha: como preparar para o parto?”

  1. Ana Claudia Fernandes dos Santos disse:

    Como eu acabo com os carrapatos meus animais estão infestados não sei mais oque fazer .

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Ana Cláudia, contate-nos pelo WhatsApp dizendo qual receita precisa que te enviaremos, temos uma receita com produtos naturais para o combate de parasitas que pode lhe ajudar na sua propriedade, basta clicar no link a seguir: https://bit.ly/3te52yd

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×