Virginiamicina: vacas de cria manejo pré e pós-parto

Reforçar a nutrição para vacas de cria no manejo é fundamental para garantir uma boa gestação e prevenir problemas para a matriz e bezerro. Nesta dica, você aprenderá a importância da virginiamicina em matrizes.

 

O que é?

 

A virginiamicina é um composto antimicrobiano. Foi descoberto na Bélgica na década de 50. É um princípio ativo que melhora a produtividade e desempenho do gado. Estudos indicam aumento de 15% do peso vivo ao mês. O composto é uma tecnologia que permite ao animal uma melhor performance dentro das condições oferecidas pelo produtor e com entrega de um bom resultado. Ainda, melhora a imunidade. Promove crescimento quando utilizado em baixas doses. Além de melhorar a eficiência alimentar.

 

Antes da monta

 

Geralmente, a alimentação é baseada em nutrientes, água, proteína e minerais. A pastagem precisa ser composta de 10% de proteína bruta, 60% de nutrientes digestíveis e 2% de mineral. Além disso, observar se o sal servido tem alto teor de cálcio e fósforo, elementos fundamentais para garantir uma boa reprodução.  O cálcio evita a retenção de placenta e auxilia na formação óssea dos bezerros. Já o fósforo trabalha na nutrição do gado e previne o cio irregular da vacada. E ainda, a virginiamicina misturada na alimentação, ao adicionar 0,5 kg do produto em 25 kg de sal mineral e oferecer o produto final após a mistura à vontade aos animais.

Para saber os meses mais adequados para a estação de monta, acesse: Estação de monta: quais são os meses certos. 

 

Vaca de cria manejo pré-parto

 

A vantagem é manter o peso da matriz, já que a tendência é o animal ficar abaixo do peso após o parto. Ainda, vacas que fazem uso do composto aumentam a produção de leite, assim como redução do ácido. A virginiamicina pode ser oferece em todas as fases da gestação.

O essencial é manter uma boa nutrição até mesmo antes da vaca ser fecundada. Dessa forma, não só o organismo dela, mas também do bezerro que será formado, estarão assegurados.

Ainda, vacas estressadas que atuam na reprodução, não produzem bem. Por isso, sempre atue de acordo com o bem-estar animal.

Uma fase da gestação precisa de uma atenção mais especial. Os três últimos meses são decisivos. Quando se fala da reprodução na pecuária, devemos focar não só nas matrizes, mas também nos bezerros. O colostro é essencial para garantir a boa imunidade do animal nos primeiros dias de vida. Por isso, nesse período final, seque a vaca. Assim, a qualidade do leite será superior e todos os nutrientes direcionados ao bezerro.

 

Virginiamicina em matrizes 1024x682 - Virginiamicina: vacas de cria manejo pré e pós-parto
Virginiamicina: vacas de cria manejo pré e pós-parto – Foto: Pixabay

Vaca de cria manejo pós-parto 

 

Esse período é importante para matriz e bezerro. O pasto maternidade precisa estar limpo, com alimentação e nutrição adequadas e água fresca. A virginiamicina em matrizes no período pós-parto tem como objetivo recuperar o score corporal nessa fase.

 

Para aprimorar seus resultados, ofereça uma alimentação equilibrada em todas as fases da matriz, desde novilha. Confira uma receita GRATUITA. Acesse Ração para vacas de cria.

 
Ração para Vacas de Cria - Virginiamicina: vacas de cria manejo pré e pós-partoRação para Vacas de Cria mobile - Virginiamicina: vacas de cria manejo pré e pós-parto
 

6 pensou em “Virginiamicina: vacas de cria manejo pré e pós-parto”

  1. Olá, na minha fazenda a maternidade contempla tanto vacas paridas e vacas a parir em breve ( faltando um mês), então não posso ministrar virginiamicina?
    Afinal, li que ela não pode ser ministradas em vacas prenhas, correto?

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Thais, obrigado pela pergunta, sugiro que envie um e-mail para “contato@boisaude.com.br” para que possa obter uma resposta completa! Continue nos acompanhando, abraços!

  2. Posso oferecer virginamicina para gado de leite?

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Cid, obrigado por nos acompanhar, pode sim, porém temos um tratamento específico para gado de leite, para saber mais contate-nos pelo WhatsApp, número: (17) 4141-3292.

  3. Marcus Franco disse:

    Não encontro virginiamicina em minha cidade, apesar de ser uma capital (Aracaju). Há outro nome? É produto desconhecido?

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Marcus, tudo bem? Agradecemos o seu comentário! Para mais informações de como adquirir a Virginiamicina acesse o link a seguir: http://bit.ly/2l6Xg8u

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*