Feeder: o que é e como aplicar na pecuária?

O conceito Feeder é uma boa prática para os produtores que atuam com o sistema de confinamento. É uma forma de avaliação que padroniza as condições do manejo e promove resultados satisfatórios.

O significado literal é:

  • F= fabricação;
  • E= estresse;
  • E= esterco;
  • D= dieta;
  • E= estrutura;
  • R= rotina.

Nesta dica, vamos explicar como cada item é aplicado na produção, assim como a importância para o confinamento de bovinos de corte.

 

Feeder na pecuária: como aplicar 

 

Fabricação 

A primeira letra trata da fabricação da ração que é oferecida no cocho. E não estamos falando só daquilo que o gado consome, mas todo o aparato que envolve a produção da alimentação.

Isso contando com a estrutura física, mão de obra e também maquinário.

O que não pode ficar de fora é como é feito o armazenamento. Esse item é muito importante e deve ser feito com cuidado.

A preservação dos nutrientes do que será servido é fundamental, assim como evitar bactérias, fungos e também roedores que causam o botulismo e outras doenças.

Quer evitar todos esses prejuízos? Acesse: Sal mineral, proteinado e ração: saiba como armazená-los.

Checar todos os processos que envolvem a fabricação da dieta pode parecer simples, mas é essencial, tanto que fazer parte do Feeder.

Para saber mais sobre alimentação, confira:

Estresse 

Você já parou para pensar em quais situações o seu gado fica mais estressado? Para os produtores, algumas ações de manejo da rotina podem ser simples, mas os bovinos podem ter altos picos de estresse. E isso acontece não apenas quando o gado é fechado para vacina ou no momento do transporte. Existem diversos fatores que implicam no estresse:

Tudo isso resulta no consumo da alimentação adequada e também na liberação do cortisol, hormônio do estresse que impacta drasticamente a produção.

 

feeder - Feeder: o que é e como aplicar na pecuária?
Feeder: o que é e como aplicar na pecuária? – Foto: Reprodução/Internet

Esterco 

Já pensou em avaliar o andamento do confinamento pelo esterco? Pois bem, é possível saber informações como a saúde geral. Quando o gado está com problemas digestivos, um dos sinais são as fezes anormais. Sem contar que quando o animal está com uma fermentação ruminal inadequada, também afeta o intestino.

 

Dieta 

Nesse quesito, são envolvidos todos os aspectos da formulação da dieta, que envolve ração, suplementação e consumo de água.

As rações baseadas em ingredientes volumosos tendem a uma variação maior da composição. E o monitoramento é necessário, além do formato como o armazenamento, conforme já citamos anteriormente.

Está em dúvida sobre o que servir? A Boi Saúde tem diversas receitas de ração que podem atender as necessidades do seu gado: Receitas de alimentação para o gado.

Como o gado confinado faz consumo de dieta baseada em alta concentração de energia, a acidose ruminal pode ser sintoma presente. E o pior que esse problema de saúde proporciona impacto direto na engorda.

A suplementação com virginiamicina não pode ser deixada de lado no confinamento por evitar a acidose, adequar o ácido láctico e também manter a fermentação ruminal em bom funcionamento.

Confira todos os detalhes na dica: Virginiamicina e a eficiência na alimentação de gado de corte.

A água é outro ponto que é essencial na engorda e em todo o processo de produtividade. Não basta ter um bebedouro.

Ele precisa estar em um local acessível, com água em condições adequadas para consumo e com limpeza com período regular. Tudo isso para preservar a saúde, já que algumas doenças podem ser transmitidas pela água.

A temperatura é outro quesito que não pode ser deixado de lado: Qual a temperatura ideal da água para os bovinos?.

 

Estrutura 

Antes iniciar a implementação do confinamento na sua propriedade, faça uma adequação para ter uma estrutura adequada que atenda a todas as necessidades do sistema. Um bom formato reduz o estresse, proporciona um bem-estar animal aos bovinos e também facilita o manejo dos profissionais envolvidos na operação. Isso inclui:

 

Rotina 

A rotina é a base de sucesso que rende alta produtividade. Os bovinos, inclusive, são animais de rotina. Ter uma agenda para que todas as atividades sejam realizadas no mesmo horário em todos os dias, facilita a adaptação e os hábitos deles, incluindo, abastecimento do cocho.

Mais que programar o organismo dos bovinos a consumirem naquele mesmo horário, é possível evitar a rejeição.

Você sabia que em horários mais quentes e frios do dia o bovino não costuma de alimentar com a quantidade adequada? A Boi Saúde te orienta na dica: Melhor horário para abastecer o cocho.

 

São ações que têm seu valor em paralelo, mas que integradas, realmente impactam a produtividade.

O conceito FEEDER é uma prova de que a dedicação, monitoramento e um bom planejamento proporcionam um bom rendimento para a pecuária. E consequentemente, o lucro esperado.

A Boi Saúde deseja muito sucesso para a sua propriedade. Não deixe de escrever seu comentário! Continue acompanhando o nosso conteúdo: Boi Saúde no YouTube.

Referência:

Confinamento de gado de corte. Boletim Técnico Phibro Animal Health Corporation.

 
Virginiamicina - Feeder: o que é e como aplicar na pecuária?mobile Virginiamicina - Feeder: o que é e como aplicar na pecuária?
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*