Milho para gado de corte: quais cuidados ao oferecê-lo

O milho é muito utilizado como alimentação do gado no Brasil. Como pode ser oferecido de várias formas e tem fácil manejo, o milho para gado de corte pode ser a primeira opção para muitos produtores. Ainda mais no período da seca. Mas existem cuidados que precisam ser levados em consideração. Aprenda com a Boi Saúde e alcance a produtividade esperada no seu negócio.

Independentemente do formato oferecido, a qualidade do grão precisa estar em primeiro lugar. Seja, silagem grão moído, inteiro ou farelo.

 

Cuidados ao oferecer milho para gado de corte

 

Complemente com volumoso

São alimentos baseados em alto teor de fibras (mais que 18% em sua composição) e baixo teor energético. Para o organismo do animal, os alimentos volumosos são fontes de cálcio de microminerais.

Entre as sugestões, está a cana, em suas diversas formas de consumo: bagaço, in natura ou silagem. O feno também é um alimento considerado volumoso e pode ser oferecido até para bezerros.

 

Evite oferecê-lo sozinho

Unir o milho ao farelo de soja é uma ótima opção. O farelo de soja é a fonte de proteína mais usada na alimentação de animais. No formato de farelo, representa 79% do grão da soja. No comércio, os valores de proteína bruta do farelo variam entre 44% a 48%. Outro fator positivo, é que pode ser usado como fonte única de proteína nas rações.

 

Silagem

A silagem de milho tem seus cuidados específicos. Preparamos uma dica exclusiva sobre o assunto e de quebra, te ensinamos o preparo. É só clicar aqui: Silagem de milho para gado e até mesmo a silagem com grão úmido.

 

gado de corte
Gado de corte precisa ter cuidados ao consumir milho. – Foto: Guzerá Jovem

Não esqueça do pasto e dos suplementos 

Por mais que o milho seja uma boa alternativa, não podemos esquecer que o pasto é a principal fonte de engorda do gado. Claro, que junto aos sais mineral e proteinado. Esse combo fortalece qualquer plantel, promovendo a engorda, mesmo no período da seca, para que chegue nas águas com peso esperado para a venda.

Sabemos que na seca, o pasto fica muito debilitado e uma forma viável de oferecê-lo o ano todo é em formato de silagem. Ou ainda, fazer a vedação do pasto. E desde já, reforçamos que a suplementação no cocho deve ser feita o ano todo, não apenas na seca.

Para saber como iniciar, confira as dicas no texto:  Qual suplementação devo oferecer no periodo das águas?

 
Boi Saúde Logo Preto - Milho para gado de corte: quais cuidados ao oferecê-lo

Total Corte Premium:
Suplemento vitamínico e mineral com virginiamicina!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami