Silagem ou cana-de-açúcar in natura para o gado?

A cana-de-açúcar é uma boa opção para a alimentação dos bovinos. Pela facilidade de plantio, o produtor pode fazer o cultivo sem grandes custos.

Nesta dica, você vai entender sobre a viabilidade econômica de usar de cana-de-açúcar in natura ou silagem.

Você certamente já se perguntou o que compensa mais: a silagem de cana ou a cana in natura?

Neste post vamos abordar o aspecto financeiro do assunto para uma melhor decisão.

Mas também, a escolha entre essas duas opções depende da estrutura disponível na propriedade.

A cana-de-açúcar é um excelente alimento para todos os animais e o maior investimento que o produtor faz é na alimentação e nutrição.

É utilizada por ter uma quantidade de açúcar muito boa, o que dá energia para o gado. É um alimento que dá em qualquer solo brasileiro e você consegue plantar e colher 120 toneladas por hectares.

Ambas formas de oferecimento proporcionam um resultado positivo. Certamente, com bom desenvolvimento para elevação de um plantel de qualidade.

Além disso, é possível fazer uma ração com a cana como base. Para saber como, confira no link: Receita de Volumoso de Cana de Açúcar.

Além do nosso texto escrito, você tem a oportunidade de obter o conhecimento por vídeo do nosso consultor, José Carlos Ribeiro:

 

 

Vantagens da cana-de-açúcar in natura

 

Para servir a cana in natura é preciso de maquinário. O trator, por exemplo.

Acima de tudo, é imprescindível que o produtor tenha uma estrutura que não gere alto custo ao extrair essa cana e servi-la ao gado.

Por ser um alimento volumoso, rico em fibras, pode ser oferecido com sal.

Um cuidado que é preciso tomar é evitar o acúmulo de abelhas no cocho. Como a cana atrai esse tipo de inseto, os bovinos podem se afastar. O prejuízo é a falta de consumo.

No entanto, é possível resolver o problema com uma simples medida. Te explicamos na dica: Como evitar o acúmulo de abelhas no cocho de animais?

 

Não deixe de ler:

 

Silagem ou cana de açúcar? Tira sua dúvida
Silagem ou cana de açúcar? Tira sua dúvida. – Foto: Reprodução Internet

Silagem

 

Por fim, caso não tenha a estrutura citada acima, na silagem você terá um custo maior para mantê-la. Porém, ao servir aos animais, não há necessidade de mão de obra.

Quer saber a resposta para a dúvida? Se há disponibilidade de mão de obra e maquinário suficiente para extrair a cana e servi-la aos seus animais, opte pela cana in natura, pois será mais barata.

É claro que é necessário que você avalie a estrutura atual da propriedade. E também se está apto a investir. E dessa forma, decidir qual a melhor forma de alimentar o gado com cana.

Então, quer saber como produzir a esse tipo de silagem? Acesse: Como fazer silagem de cana para bovinos

 

Para complementar a dica, conheça mais sobre o assunto: suplementação barata para o gado: como fazer.

Existe também a possibilidade oferecer em forma de bagaço. Você confere as informações na dica: Bagaço de cana para bovinos: nutrição e economia.

Acompanhe nosso blog e implemente nossas dicas na sua propriedade! Caso prefira dicas em formato de vídeo, acesse nosso canal: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

A cana-de-açúcar é boa para o gado?

A cana-de-açúcar é uma boa opção para a alimentação dos bovinos. Pela facilidade de plantio, o produtor pode fazer o cultivo sem grandes custos.

Como oferecer cana in natura para o gado?

Para servir a cana in natura é preciso de maquinário. O trator é um exemplo. É imprescindível que o produtor tenha uma estrutura que não gere alto custo ao extrair essa cana e servi-la ao gado.

Como fazer ração com cana-de-açúcar para gado?

A ração pode ser como base a cana e ter a mistura de sal mineral, sal proteinado e até da virginiamicina. Como tem baixo teor de proteínas e minerais, fazer essa combinação é o mais indicado. Você pode também fazer uso da ureia, desde que tome todas as medidas para evitar a intoxicação. E não esqueça da cobertura no cocho.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*