fbpx

Bagaço de cana para bovinos: nutrição e economia

O uso do bagaço de cana para bovinos traz um ótimo aproveitamento e boa economia para a sua propriedade. Saiba como utilizar esse alimento muito popular no Brasil.

A cana é um alimento muito típico em nosso país, não apenas para nós, humanos, mas também para os animais. Em períodos de altas de preços e necessidade de se incluir fibras na nutrição, a cana torna-se uma alternativa muito positiva.

 
banner banner
 

Inclusive, a cana é uma opção como alimento volumoso para ração de gado.

 


 

Bagaço de cana para bovinos 

 
O uso do bagaço de cana para bovinos traz um ótimo aproveitamento e boa economia na sua propriedade.

O bagaço de cana in natura para os animais, seja para gado de corte, seja para gado de leite, tem baixo valor nutricional. Porém, é uma ótima alternativa, principalmente na seca. É nesse período que seu animal precisa de uma alimentação mais incrementada.

Pela falta de pasto, o produtor precisa focar 100% da alimentação no cocho do rebanho.

O custo do bagaço de cana para bovinos é muito baixo nas duas situações: plantio ou compra. E economizar em tempos de crise é o ideal para a sobrevivência do negócio.

 

Qualidades nutricionais da cana 

 
A cana é uma ótima fonte de fibras longas em dietas de alto concentrado. É preciso saber armazená-la e concentrá-la corretamente no cocho do animal para que se obtenha o efeito esperado.

Segundo a Fapesp, as fibras do bagaço da cana contêm, como principais componentes, cerca de 40% de celulose, 35% de hemicelulose e 15% de lignina, sendo este último responsável pelo poder calórico. Ainda, o bagaço é considerado o maior resíduo da agroindústria brasileira.

 

Bagaço de cana para bovinos: nutrição e economia
Bagaço de cana para bovinos: nutrição e economia – Foto: Iepec

Uso do bagaço de cana para bovinos

 

No momento de armazenar a cana, é importante que seja colocada em silos e não utilizar aditivos no bagaço. Por ser muito úmido, não há necessidade de secar esse bagaço.

Para servir na nutrição bovina, coloque o bagaço de cana, no máximo 30% da dieta oferecida normalmente.

Por ser de baixo valor nutricional, se ultrapassar esse volume, os bovinos podem não ter um rendimento de acordo com o esperado, no ganho de peso e na produção leiteira. Entretanto, sirva esses 30% no cocho, misturados ao concentrado.

 


banner banner
 

Se quiser, esse bagaço pode ser triturado para facilitar o consumo dos animais e no momento de servir. 

É possível que abelhas sejam atraídas ao cocho, misturar cal atua como um repelente para esses insetos e evita que o gado não consuma a ração devido o acúmulo de abelhas no local. Extrato de alho e de citronela também afastam as abelhas.

Todos são naturais e não agridem o ambiente e não impactam a população de abelhas, apenas impedem que elas se aproximem do cocho.

Para mais dicas e conteúdos sobre como aumentar o desempenho do gado, acesse nossos vídeos gratuitos: Boi Saúde no YouTube.

 

2 pensou em “Bagaço de cana para bovinos: nutrição e economia”

  1. ANTÔNIO GINACK JÚNIOR disse:

    Fantásticas estas dicas, se todo pequeno, médio ou grande produtor rural seguir a pecuária teria uma alavancagem impressionante. Super técnicas mas apresentada de uma forma simples e focada aos assuntos. Parabéns!!!

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Antônio, obrigado pelo elogio, continue nos acompanhando!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×