Vermífugo bovino pode ser aplicado em bezerros?

A aplicação do vermífugo bovino faz parte da pecuária. O produtor precisa ter consciência sobre a importância da sanidade animal. Portanto, para produzir produtos de qualidade, é preciso aderir essa ação.

Como é um produto com substâncias, será que podemos aplicar em bezerros? Esse é o tema desta dica da Boi Saúde.

 

 

Você sabe por que devemos aplicar vermífugo bovino?

Bom, para começar, os bovinos são animais suscetíveis a vermes. Esses parasitas internos se alimentam de importantes elementos. Ou seja, usufruem do melhor do organismo do bezerro. Por exemplo, vitaminas, proteínas, minerais e até açucares.

Isso significa que quando acometido pela verminose, o animal deixa de ter esses nutrientes de forma adequada.

Além de combater a verminose interna, o vermífugo bovino previne a inflamação do umbigo. Dessa forma, a aplicação é uma atitude muito considerável. Sobre a cura do umbigo, confira: Cuidados nas primeiras horas de vida do bezerro

Outro benefício é a prevenção de parasitas. Esses pequenos destruidores causam grande prejuízos na pecuária.

 

Sintomas da verminose 

 

O bovino apresenta alguns sintomas que podem ser observados. Isso pode ser feito durante o monitoramento do gado:

  • anemia;
  • desidratação;
  • alimentação em pouca quantidade;
  • emagrecimento frequente;
  • barriga aumentada;
  • apetite depravado – consumo de plástico, terra e outros ítens não comestíveis.

Caso algum bovino apresentar algum desses sintomas, solicite a visita de um veterinário.

 

O vermífugo bovino pode ser aplicado em bezerros? 

 

Pode sim, amigo produtor. Porém, não é qualquer um.

Por exemplo, os permitidos são ivermectina e doramectina.

O controle pode começar entre o segundo e terceiro mês de vida. Indo até a fase de desmame.

O período ideal de aplicação é a cada 60 e 90 dias.

Agora, já a abamectina não é indicada para bezerros. Apenas para aqueles com idade acima de quatro meses.

A dosagem ideal é 1 ml para cada 50 quilos de peso vivo.

Inclusive, a partir dessa idade, o vermífugo de cocho é uma boa alternativa. Facilita o manejo e não há necessidade de fechar os animais.

Outra alternativa é o controle parasitário com produtos caseiros.

Para receber seu guia gratuito, clique: controle de parasitas.

 

vermífugo bovino
Nem todo vermífugo bovino pode ser aplicado em bezerros. Fique atento. – Foto: Fazenda Caiamar

Cuidados no manejo e controle da verminose 

 

Algumas recomendações precisam ser seguidas para se ter o melhor controle da verminose. E também para que o vermífugo bovino tenha o efeito esperado.

Acima de tudo, fique atento a dosagem indicada. Não ultrapasse a orientação. E também, não aplique menos. Como resultado, o efeito pode não ser o esperado.

Outro fator muito relevante é a qualidade e o local da água servida.

É um elemento mais que fundamental para a pecuária. Portanto tem que ser adequada para o consumo. Além disso, tem que ser sem cor, sem cheiro e limpa.

 

E não esqueça de manter seus animais bem nutridos. No entanto, quando estão com a saúde adequada, o risco de adoecerem de forma grave é menor.

Pelo foco dessa dica ser bezerros, que tal aprender uma receita para bovinos dessa fase?

Se topar, é só clicar: Receita de ração para bezerros. 

Continue a aprimorar seus conhecimentos sobre pecuária. Acesse nosso canal de vídeos. Lá, você encontra dicas fáceis que farão a diferença na sua produtividade: Boi Saúde no YouTube. 

Complemente esta dica com os conteúdos:

 

Referência:
Controle da verminose bovina. Embrapa Rondônia.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Black Week