Cuidados nas primeiras horas de vida do bezerro

Se você atua com reprodução na sua propriedade, precisa ter consciência sobre os cuidados que o bezerro demanda desde a formação no útero da matriz até as primeiras horas de vida. Sim, amigo produtor, esse tipo de cuidado garante uma proteção extra para o animal recém-nascido e também previne óbitos e, consequentemente, fortalece seu plantel.

A partir do momento que uma vaca é selecionada para a reprodução na sua propriedade, este animal precisa receber alimentação e nutrição específicas para que tenha um bom desempenho durante a gestação. Para efetivar um bom processo de formação do fetos, sem imprevistos, te indicamos a leitura da dica: Nutrição ideal para vacas prenhas. 

Estar atento durante todo o desenvolvimento da gestação previne problemas como a retenção de placenta: Retenção de placenta pode ser evitada com suplementação.

Ainda, programe a reprodução da sua propriedade para o período das águas com nascimento para a seca. Sim, amigo produtor, é a melhor época para um bezerro nascer na sua propriedade. É nessa época que a incidência de parasitas e doenças comuns ao gado, principalmente aos bezerros, é menor. Esses animais nascem com baixa imunidade e estão sujeitos a todo tipo de infecção.

 

Cuidados nas primeiras horas de vida do bezerro

 

Assim que a matriz indica sinais de parto, é preciso isolá-la dos demais animais em um local tranquilo, limpo, ventilado e sem trânsito de outros animais. Inclusive, durante todo esse processo, o bem-estar animal deve estar acima de tudo.

Alguns sinais comportamentais indicam que o parto está próximo. Para as vacas leiteiras, é comum o úbere estar sempre cheio, porém, próximo ao parto, ele fica mais rígido e ainda maior. A cauda fica relaxada. E o principal indício que ocorre nos dias próximos é a liberação de um muco viscoso pela vagina. Esse líquido tem aspecto de clara de ovo. Bem próximo ao parto, horas antes do animal nascer, a vaca apresenta sinais agitados. Rugidos e contrações abdominais são apresentados pouco antes do nascimento.

 

Pasto maternidade para o bezerro

 

Caso sua propriedade tenha espaço disponível, faça um piquete reservado para as vacas prenhes. Essa ação facilitará o trabalho do produtor. Outra vantagem é que haverá a garantia de se certificar se as vacas estão se alimentando bem e de forma adequada. Pois não haverá concorrência com animais mais novos. A vaca e o bezerro devem permanecer na maternidade até quinze dias após o nascimento, segundo orientação da Embrapa.

 

Primeiro contato humano 

 

A interação e intervenção entre homem e bezerro deve acontecer apenas após a matriz reconhecer a cria e terminar as lambidas das secreções. Porém, quando a vaca terminar, a limpeza da boca e narinas pode ser feita pelo tratador para auxiliar na mamada.

 

bezerro - Cuidados nas primeiras horas de vida do bezerro
O bezerro precisa ser bem acolhido nas primeiras horas de vida para não desenvolver medo de humanos. – Foto: reprodução/Pixabay. 

Colostro

 

Após o nascimento do bezerro, a vaca produz uma substância chamada colostro, rica em anticorpos e proteína. O colostro, o primeiro leite da mamada do bezerro, é essencial para a nutrição nos primeiros momentos de vida, pois tem anticorpos de defesa necessários para que o animal tenha um desenvolvimento sadio.

 

Diarreia em bezerro

 

Analise as condições das fezes. A cor e o estado podem indicar o estado de saúde do animal. Quando o bovino nasce, a imunidade é baixa, então a diarreia em bezerros nos primeiros dias de vida é normal. Porém, se o produtor se deparar com fezes esbranquiçadas, sangue ou forte odor, é necessário consultar um veterinário. O animal pode se desidratar e até morrer caso não seja tratado adequadamente. A desidratação causada pela doença pode ser amenizada com soro específico para bezerros. Se quiser aprender uma receita caseira e barata, acesse: Desidratação dos bezerros é tratada com soro; veja receita. 

 

Umbigo

 

O bezerro foi lambido pelo matriz e realizou a primeira mamada do colostro? Está na hora de fazer a cura do umbigo para evitar infecções. É necessário aplicar tintura de iodo 10% ou uma solução de álcool iodado a 70%. Com essa mistura, o umbigo precisa ser molhado uma vez ao dia. Para efetivar o desinfecção, deixe o algodão com o líquido por um minuto no umbigo para garantir a limpeza. Geralmente, o umbigo costuma cair entre o quarto e quinto dia após o nascimento. Desde o parto até essa queda, o umbigo precisa ser tratado com a solução.

 

Identificação 

 

Caso a propriedade use brincos de identificação, aguarde de três a sete dias para inserir no animal. Para identificação, use um colar em volta do pescoço o bezerro e da matriz. O furo por agulha pode causar infecção devido a baixa resistência de anticorpos.

Ainda, nunca o separe da matriz. Não só nas primeiras horas, mas nos primeiros dias de vida. O contato visual e por cheiro é extremamente importante para o recém-nascido.

Após a fase do nascimento, a introdução de alimentos sólidos deve ser feita com cuidados, assim como a suplementação. A desmama e a descorna são fases críticas e estressantes aos animais e devem ser feitas com manejo diferenciado. Para aprender e entender como funciona um processo de desmama adequado, clique na dica: Desmama de bezerros correta evita estresse

 

Não pare seus conhecimentos aqui, amigo produtor! Confira a dica Como cuidar de um bezerro recém-nascido

 
Ração para Vacas de Cria - Cuidados nas primeiras horas de vida do bezerroRação para Vacas de Cria mobile - Cuidados nas primeiras horas de vida do bezerro
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*