Como criar gado leiteiro com bons resultados?

Produzir gado leiteiro no Brasil pode ser um bom negócio. Exige dedicação e cuidados diários. No entanto, o resultado pode ser satisfatório.

Se você está pensando em investir nessa atividade, a Boi Saúde irá te auxiliar com dicas sobre como ter um alto desempenho.

No título você leu a pergunta. Nas linhas abaixo, saberá as respostas. Sim, são mais de uma. Selecionamos os principais fatores para que sua propriedade atinja o sucesso na criação de gado leiteiro.

São dicas práticas e que farão a diferença no seu negócio.

Vamos lá?

 

Como criar gado leiteiro com bons resultados

 

Escolha da raça 

Em primeiro lugar, a raça do seu gado leiteiro é bem importante. Acima de tudo, é preciso de uma que se adapte ao seu clima e região.

Como nosso país é muito grande e cada região tem climas específicos, fique atento.

Algumas raças têm mais desempenho que as outras, em alguns locais mais frios e mais quentes. Ou seja, tudo depende da origem e da forma de manejo.

Afinal, não adianta escolher a melhor raça de acordo com sua região e os demais processos ficarem para trás.

No Brasil, temos diversas opções com bons resultados.

Só não deixe de checar a genética. As vacas de cria são responsáveis pelo melhoramento do plantel. Então, exigem documentos e certidões que informe a procedência e dados do animal que será adquirido.

Se está na dúvida sobre qual raça escolher, te orientamos com as dicas:

 

Estrutura da propriedade 

 

Curral, sala de ordenha, pasto, sala de armazenamento do leite…

A propriedade vai precisar de tudo isso para manter a produção em dia.

Em segundo lugar, o conforto do gado leiteiro precisa estar entre o foco no momento da montagem da estrutura.

Não importa se o seu sistema adotado é pasto ou confinamento.

O curral precisa existir. Lá, boa parte do manejo é executada. A sala de ordenha nem precisamos comentar. Você saberá mais no tópico abaixo.

O pasto precisa ser nutritivo e estar em constante cuidado. Caso seja confinamento, pode ser oferecido como silagem.

Além disso, há outras estruturas que podem fazer parte da sua propriedade. O galpão, por exemplo, pode ser utilizado para direcionar as vacas após a ordenha. Nesse espaço elas serão alimentadas. A cobertura é ideal para proteger do sol quente.

Já que citamos o calor, você sabia que em altas temperaturas, a queda na produção de leite pode chegar a 20%?

Sendo assim, instalar climatizadores no galpão é uma alternativa. Plantar árvores e fazer corredores agroflorestais para proteger da exposição ao sol também.

Para implementar essas ações, siga com a leitura dos conteúdos abaixo:

 

Sala de ordenha 

 

É onde todo o processo de retirada de leite será feito.

Aqui, é importante manter a limpeza em dia. Por isso, tenha pisos fáceis de serem lavados. No entanto, escolha com cuidado. Ele não pode ser escorregadio para os animais e trabalhadores. Então, segurança sempre.

Sobre a sala, o local precisa ser escolhido com cuidado. Ou seja, arejado, com fácil acesso do gado. E também do transporte do leite que será retirado dali.

Em terceiro lugar, existem a ordenha manual e a mecânica. A escolha fica a critério do investimento e tamanho do rebanho. Vale a pena estudar os benefícios de cada uma e as desvantagens em relação a sua estrutura atual.

Independentemente do modelo escolhido, foque na mais adequada financeiramente para esta fase. Com o tempo, é possível modernizar o processo.

Não deixe de organizar bem a ordenha. O gado é um mamífero de hábitos. Ou seja, a ordenha precisa ser feita todos os dias nos mesmo horários. Cada propriedade pode estipular a agenda de ordenha. Caso faça mais deu uma por dia, o intervalo precisa ser de 12 horas.

Você pode saber mais na dica: Melhor horário para ordenha de leite em vacas.

 

gado leiteiro 819x1024 - Como criar gado leiteiro com bons resultados?
A criação do gado leiteiro precisa de cuidados diários e estrutura adequada para ser bem-sucedido. – Foto: Fazenda Ponte Alta

Sanidade animal 

 

Evitar doenças é um dos princípios básicos da pecuária. Afinal, animal doente sofre e não produz bem.

Então, por que não prevenir as principais doenças?

Além de seguir o calendário de vacinas, o produtor de leite precisa seguir o protocolo de prevenção de uma doença muito comum em vacas de leite. Suspeita qual é?

Se você pensou em mastite, acertou!

Infelizmente, acomete com frequência o gado leiteiro. No entanto, é possível prevenir com ações simples e prática. Como atinge as glândulas mamárias por meio de fungos e bactérias, a higiene nos utensílios da ordenha são fundamentais.

O tema é tão importante que temos dicas apenas sobre ele. Uma delas, é possível acessar pelo link: Mastite bovina: evite a queda na produção de leite. 

 

Alimentação e nutrição 

 

Deixamos o mais importante por último!

Produzir leite de qualidade demanda uma alimentação de qualidade.

O organismo do gado leiteiro passa por diversos processos de digestão, ruminação e nível metabólico.

Tudo isso precisa ser controlado a partir do que é oferecido no cocho.

Logo depois da ordenha, ofereça a alimentação já com suplementação. O equilíbrio com o volumoso é o ideal para manter a produção em dia. Ainda mais focando na quantidade.

Por fim, aceita uma sugestão? Confira nossa receita para vacas de leite: Ração para gado de leite: aprenda como fazer.

Além disso, a água é outro fator essencial para o gado de leite. Deixe sempre os bebedouros disponíveis, de fácil acesso e com água limpa.

 

Seguindo essas dicas, amigo e amiga pecuarista, sua propriedade será bem sucedida.

E já que você está pronto para começar sua produção de gado leite, acompanhe nosso canal de vídeos. Toda semana uma dica nova te espera.

O nosso objetivo é melhorar a sua produtividade, te proporcionando sucesso no seu negócio. Então, continue com a gente: Boi Saúde no YouTube.

Não vamos parar nosso contato por aqui! Deixe seu comentário sobre nosso conteúdo.

 
Ração para Gado de Leite - Como criar gado leiteiro com bons resultados?Ração para Gado de Leite mobile - Como criar gado leiteiro com bons resultados?
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*