Principais raças de gado leiteiro

A pecuária leite movimenta muito o agronegócio brasileiro. E para que você embarque nessa onda de forma certeira, vamos explicar neste texto, as principais raças de gado leiteiro. Assim, sua propriedade poderá fazer um investimento certeiro e alcançar a produtividade esperada.

Para comprovar o grande interesse na pecuária brasileira, confira alguns dados da Embrapa:

  • Apenas em 2017, o Brasil produziu 35,1 bilhões de litros de leite;
  • Em quatro décadas, produção nacional quadruplicou;
  • Os negócios relacionados a queijos superam R$ 18 bilhões por ano.

Agora que você tem motivos suficientes para iniciar sua produção ou aumentar sua produtividade, vamos focar no assunto que mais te interessa aqui. Neste texto, vamos pontuar as cinco principais raças e se durante a leitura surgir qualquer dúvida, é só deixar seu comentário lá no fim do texto, combinado?

 

Principais raças de gado leiteiro

 

Holandesa 

É a raça campeã de produção de leite em nível mundial. De origem europeia, podem produzir de 6 mil a 10 mil quilos de leite em um período de 305 dias. Porém, os produtores que escolhem esse tipo de raça precisam ter consciência que um bom manejo é necessário para todo esse resultado.

 

raças de gado leiteiro
Entre as raças de gado leiteiro, a Holandesa é a mais produtiva. Foto: reprodução Orlei de Freitas Genética

Girolando 

Outra referência mundial quando o assunto é pecuária leiteira. A média de produção é em torno de 5.061 kg em 283 dias. É considerada uma raça mestiça, pois é originaria do cruzamento entre a Holandesa e a Gir.

 

Jersey 

Tem diversas habilidades e características que garantem uma boa produção. Entre elas, boa taxa de fertilidade e de longevidade, além da precocidade sexual. É apontada como a segunda melhor raça para pecuária leiteira, com alto teor de gordura. Inclusive, se você quer saber como ter um leite concorrido no mercado, independentemente da raça, acesse a dica: Como aumentar a gordura do leite?. 

 

Pardo Suíço 

Como o nome já diz, tem origem na Suíça e é considerada uma das raças bovinas mais antigas do mundo. A boa aptidão para o leite é devida aos tetos serem de tamanho médio, formando um úbere adequado para a produção. As novilhas dessa raça podem ser cobertas em torno dos dois anos de idade. Para saber mais sobre a primeira monta das novilhas, confira o texto: Peso ideal para a primeira monta de novilhas. 

 

Caracu 

Chegou ao Brasil na época que éramos totalmente agrícolas, na colonização portuguesa. É uma boa raça para o clima tropical. E além do leite, pode ser utilizada como gado de corte também.

 

Nutrição do gado leiteiro 

 

Mais que escolher a raça com mais aptidão para a cultura escolhida, manter um manejo adequado e também nutrição e alimentação corretas é o que garante um bom desempenho na produção de leite. Por isso, amigo produtor, nunca descuide dos suplementos do seu gado leiteiro. A monensina sódica é essencial. Se você ainda não a utiliza, confira o que é e os benefícios para sua propriedade: Monensina para gado de leite. 

 
Boi Saúde Logo Preto - Principais raças de gado leiteiro

Total Leite Premium:
Suplemento completo para gado de leite!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami