Quais tipos de gado existem para produção?

A pecuária brasileira se destaca entre dois tipos de gado. Nesta dica, você vai entender quais são eles e como é a produção. Se você estiver em um momento de pesquisa para investimento no agronegócio, nossas dicas irão trazer um bom conhecimento para sua futura propriedade.

Não importa qual será a sua escolha entre os tipos de gado. O principal é focar muito bem nas suas escolhas. Começando pela raça. Estude qual é a mais adequada para a sua região. A que mais se adapta e a que tem mais rendimento.

Feito isso, pesquise o que é necessário de estrutura. Mais que decidir se irá produzir carne ou leite, existem alguns métodos, desde mais simples, até os mais tecnológicos. E não deixe, jamais, de administrar bem. Afinal, não basta ter animais melhorados geneticamente, os melhores profissionais e investir em insumos, se o básico não é feito.

Então, agora que você já sabe alguns princípios, vamos partir para os detalhes.

 

Quais tipos de gado existem para produção?

 

Gado de corte 

A produção de carne é baseada no gado de corte. Qualquer propriedade, não importa o tamanho, pode iniciar essa criação. O importante é ter uma estrutura adequada. E ainda, ter um planejamento alimentar que precisa ser seguido à risca. Como o objetivo é a engorda do gado, a alimentação é um dos principais fatores.

No entanto, não é qualquer engorda. Ter um equilíbrio entre o rendimento de carcaça e camada de gordura te coloca em um patamar que irá atrair vários compradores. Portanto, esteja sempre em dia com as tarefas de manejo.

 

Sistemas de produção 

Na produção do gado de corte, você escolhe entre pasto, que é a mais adotada no Brasil, confinamento ou semiconfinamento.

Caso o pasto seja sua opção, os cuidados também são diários. Começando pela escolha da forrageira. Existem várias espécies. E com certeza, tem uma melhor que se adapta à sua região e clima.

Além disso, mantenha os parasitas longe. E o solo sendo saudável, facilita o consumo de nutrientes pelo gado.

Sobre as estruturas adequadas, não deixe de ler:

Já no confinamento, a alimentação é 100% no cocho. Não ofereça qualquer tipo de ração. Mais que ingredientes de boa qualidade, tenha sempre nutrientes adequados para cada fase do seu rebanho.

Desde o nascimento, o bovino precisa ser bem nutrido. Ou seja, com o colostro, logo nas primeiras horas de vida e o início do oferecimento de alimentos sólidos. Para saber o que oferecer nessa fase, confira: Receita de ração para bezerros.

 

Gado de leite

Para a pecuária leiteira, a ordenha é a principal atividade. Mas até chegar a um resultado satisfatório, em quantidade e qualidade, algumas ações precisam ser feitas. Uma delas é o monitoramento da higiene em todas as atividades. Além de evitar a contaminação do produto, você evita doenças como a mastite.

Para a estrutura, existem vários modelos de sala de ordenha. O ideal é que a escolha seja feita de acordo com a sua propriedade e também, com o número de vacas que irá iniciar a produção. Te explicamos melhor aqui: Estrutura adequada para fazenda de vaca leiteira. 

Como a produção de leite também depende de uma boa alimentação, ofereça no cocho sempre alimentos que façam com que o gado mantenha a produção adequada.

E assim como o gado de corte, se o sistema for a pasto, mantenha a manutenção em dia. E mesmo assim, ofereça ração. Você pode preparar na propriedade, sem necessidade de compra. O passo a passo está disponível no link: Ração para gado de leite: aprenda como fazer.

 

tipos de gado
Quais tipos de gado existem para produção? – Foto: @aloofotos

Nos tipos de gado, não descuide de… 

 

Vacinas

Existe um calendário de vacinas que é obrigatório pelos órgãos reguladores. Entre eles, o do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O objetivo principal é evitar problemas de saúde nos animais e também aos consumidores dos produtos, como a carne e leite.

Portanto, monte seu calendário sanitário e não deixe passar nenhuma data. Muitos fornecedores, principalmente os que atuam com exportação, solicitam o comprovante da aplicação.

Então, se programe com as orientações disponíveis na dica: Calendário sanitário para bovinos: como planejar. 

Ainda, foque nos cuidados durante a aplicação. Não perca nenhum detalhe ao ler: Vacinação de bovinos: você sabe o que é necessário?

 

Suplementos para os tipos de gado

Mais que a ração adequada, os suplementos fazem parte da rotina de uma pecuária com alta lucratividade. Isso porque eles repõem todos os nutrientes não encontrados no pasto e reforçam a engorda no cocho.

No período da seca, a necessidade de reposição de nutrição é maior. Entretanto, a indicação é que sejam oferecidos o ano todo.

Se você ainda não os conhece, são eles: sal mineral, sal proteinado e sal proteico energético. Além disso, temos os aditivos: virginiamicina e monensina sódica.

Sendo assim, cada um, com sua função, protegem o organismo, dando uma força extra na engorda.

Inclusive, o sal proteinado, assim como a ração, também pode ser preparado pelo pecuarista. Te ensinamos: Como fazer sal proteinado para o gado: a receita.

 

Bem-estar animal 

Chegamos a um ponto bem importante. E que deve ser aplicado em todos os tipos de gado. Não importa a criação ou fase. O bem-estar animal é um conceito de zelar por um tratamento sem violência. Afinal, não custa nada tratar bem seus animais, amigo produtor.

Quando acometido a violência, com tratamento a choques, paus e outras formas de tortura, o gado fica com medo, arredio e estressado. Sabe quais são os prejuízos? Direto na engorda. Gado estressado não come direito.

E mais que tocar a lida de forma mais amigável, preste atenção em outras atividades. Por exemplo: oferecer água limpa, sombra no pasto e no confinamento e manter a propriedade e local onde o rebanho transita sempre limpos.

Por fim, esperamos que essa dica seja uma fonte de informação e conhecimento para seu negócio. Além do blog, a Boi Saúde tem um canal no YouTube, atualizado toda semana. O acesso é gratuito e feito exclusivamente para quem deseja ter um lucro cada vez maior. É só clicar aqui: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*