fbpx

Requeima em bovinos: como prevenir e tratar?

A requeima em bovinos é uma doença que caracteriza a sensibilidade do animal aos raios solares, ocasionando queimaduras, a partir de fotossenbilização pela ingestão de plantas. De todos os animais, os bezerros são os que mais sofrem com a requeima, principalmente na fase do desmame. Porém, bovinos de todas as idades estão sujeitos à doença. Se você cria gado, leia essa dica até o fim para evitar queda na sua produtividade!

 
banner banner
 

 


 

Quais são os sintomas da requeima em bovinos? 

 

Entre os sintomas da requeima em bovinos, estão as lesões causadas em áreas de pelagem menor e também as mais expostas à luz solar. Muitas vezes, essas lesões são acompanhadas por bicheiras e outras infecções. Além de baixo peso, o desânimo aparece, o que leva o animal a ficar deitado por muito tempo. Fezes secas também são apresentadas. Outros aspectos são rugidos de dor. Por isso é importante o produtor estar sempre atento ao rebanho e qualquer sinal de anormalidade, consultar um veterinário de confiança.

 

Causas da requeima em bovinos

 

A causa primária da requeima em bovinos é quando o animal consome a erva de São João ou esse animal passa por um tratamento com substância química ou medicamento, como a tetraciclina.

Já a causa secundária é quando o animal tem algum problema hepático, ou seja, nos rins. Se você tem animais jovens consumindo a braquiária sem adaptação, redobre a atenção. Esse tipo de capim solta uma toxina no fígado e esse animal passa a desenvolver a requeima em bovinos.

 

Como é o tratamento da requeima em bovinos

 
As medidas precisam ser tomadas logo após a identificação. Com isso, executa as seguintes ações:

  • Remover os animais doentes da pastagem;
  • Oferecer sombra para eles;
  • Tratar as lesões com pomadas cicatrizantes.

A dica para prevenir a requeima em bovinos na fase da desmama é não colocar o bezerro para consumir a braquiária diretamente. A adaptação é fundamental para evitá-la. O índice de mortalidade é de até 40% no Brasil. O ideal é servir a ração com um pouco de braquiária. Ao inserir a planta aos poucos no dia a dia da alimentação, o risco de intoxicação é menor.

 

Requeima em bovinos é causada por intoxicação.
A requeima em bovinos causa dor e desconforto nos animais. Foto: reprodução/internet

Doenças de pele em bovinos

 

Além da requeima, existem outras doenças sujeitas a acometer os bovinos, são elas: Verrugas da Figueira, Dermatofilose, Sarna e Tinhas. Aqui no blog temos uma dica completa explicando do que se trata cada uma dessas doenças, bem como quais são seus sintomas e tratamentos. Por isso, te convidamos para leitura: Doenças de pele mais comuns em bovinos

A boa notícia é que todas elas são totalmente preveníveis. E se você está se perguntando de que forma a resposta é simples, amigo produtor: oferecendo suplementos nutricionais não fornecidos no pasto, como o sal proteinado, resultando assim em animais protegidos de dentro para fora.

 


banner banner
 

Além disso, outro passo fundamental é manter a propriedade livre de lixos, lamas e plantas tóxicas. Ou seja, um pasto com uma limpeza impecável.

Não pare seus conhecimentos aqui, amigo produtor! Confira a dica: A silagem substitui o pasto?

Por fim, ainda temos dicas e orientações disponíveis em formato de vídeos em nosso canal no YouTube. Que tal dar uma passadinha por lá e continuar estudando sobre agro? Acesse agora: Boi Saúde no YouTube.

Nos vemos na próxima dica. Até lá!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×