Mistura de fubá com sal mineral para o gado

Gostou? Compartilhe!

A mistura de fubá com sal mineral para o gado é muito utilizado na pecuária. Alguns produtores a oferecem na rejeição do consumo, outros para potencializar a ração. Mas o fubá tem outras funções, além de tornar o sabor mais agradável. Por isso, a Boi Saúde te convida para descobrir quais são essas funções na dica de hoje.

No final do texto, não deixe de comentar o que achou das dicas. Caso tenha alguma dúvida, escreva pra gente também, combinado? Assim que possível iremos te responder.

Então, vamos lá!

Em primeiro lugar, o fubá é usado por ser uma boa opção econômica na pecuária. Mas esse tipo de farinha também serve para evitar o que o sal empedre no cocho e também há uma melhora na consistência da ração ou sal mineral oferecido.

 

Rejeição da ração ou suplementos do sal mineral para o gado

 

O fubá com sal mineral é uma mistura muito oferecida quando há rejeição da mistura pelo gado. Afinal, o fubá deixa o sabor mais agradável e palatável. Ofereça a mistura diretamente no cocho, caso nos primeiros dias, o produtor observe que há uma grande quantidade ao fim do dia.

Além disso, ofereça a mistura apenas nos primeiros dias, nos demais, passe para o sal mineral bruto. Para saber a quantidade de sal correta, indicamos a leitura do texto:  Qual a quantidade de sal mineral para os bovinos?.

 

Para bezerros desmamados 

 

Veja a seguir o que a Embrapa Gado de Corte recomenda sobre a proporção para de fubá com sal mineral para bezerros desmamados com a intenção de suprir a falta de pasto. O indicado é oferecer a mistura na seca.

  • Suplementos à base de fubá ou rolão de milho (60% a 80%);
  • Farelo de soja (10% a 15%);
  • Ureia (5% a 12%);
  • Sulfato de amônio (0,3% a 0,6%);
  • Fosfato bicálcico (1% a 2%);
  • Sal mineral (8% a 10%).

Na fase de recria, a quantidade de consumo deve ser entre 1,5 kg/cab./dia a 3,0 kg/ cab./dia, dependendo da dose de sal e ureia da composição. Se você ainda tem dúvida sobre as fases da pecuária, confira nossa dica sobre o tema: Cria, recria e engorda: entenda as fases da pecuária. 

 

fubá no sal mineral
Fubá no sal mineral evita a rejeição do suplemento. – Foto: Fazenda Água Milagrosa.

Alimentação com volumoso

 

Por fim, para o gado de leite, o fubá pode potencializar muito a produção. Para isso, ofereça uma mistura específica.

Entre os ingredientes da receita estão fubá de milho, farelo de soja, ureia, sal mineral, monensina sódica ou virginiamicina e fosfato de cálcio. Ou seja, componentes fáceis de serem encontrados no mercado agropecuário.

A ração deve ser servida em duas porções: pela manhã e à tarde. Acima de tudo, a pastagem deve ser de boa qualidade sempre.

Contudo, amigo produtor, nunca deixe de oferecer alimentos e suplementos da melhor qualidade para o seu gado. Isso faz parte do conceito de bem-estar animal, além de garantir segurança de investimento que dará retorno.

O sal mineral deve ser consumido o ano todo, não apenas na seca, quando muitos produtores deixam para correr atrás do prejuízo. Por isso, tenha em mente que a preparação para o período da seca, começa meses antes. Assim, a produtividade no seu negócio será cada vez maior.

Outra maneira de se atualizar e obter conhecimento sobre produção de gado é pelo nosso canal de vídeos. Então, acesse agora: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

2 pensou em “Mistura de fubá com sal mineral para o gado”

  1. Vânia Franco disse:

    Qual mineral colocar no fubá pro gado comer no dia a dia?

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Vânia, essa dica pode lhe ajudar bastante, para saber mais acesse o link a seguir: https://dicas.boisaude.com.br/qual-o-melhor-sal-mineral-para-gado-de-corte-no-mercado/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*