A importância do brete na propriedade rural

O brete faz parte da lida. Caso sua propriedade conte com um curral, certamente você sabe da importância desse componente. Mas, se ainda não tem conhecimento, não se preocupe.

Nesta dica, a Boi Saúde irá reforçar qual a melhor estrutura e porque ter um brete na sua propriedade.

O brete pode fazer parte do curral. Inclusive, esse local é um dos mais importantes da propriedade.

É ali que boa parte do manejo e da lida é exercida.

Você já pesquisou se o modelo atual da sua propriedade é o adequado?

Se estiver procurando orientações a respeito, te indicamos a leitura:

O brete também é conhecido por outros nomes. Cada região do país tem uma forma de chamá-lo. Em alguns locais, o nome é tronco de contenção.

 

Medidas adequadas do brete 

 

Os bovinos devem ter conforto suficiente ao passar pelo brete. Quando o corredor é menor que o tamanho, o produtor pode ter problemas ao inserir o animal naquele espaço.

Se você ainda não sabem quais são os espaços ideais, saberá agora mesmo!

As medidas adequadas do brete, segundo recomendação da Embrapa, são:

  • Altura deve ser: 1,60m
  • Largura de 0,90 m;
  • Plataformas laterais com 0,75m de altura;

Na parte interna, o brete deve ter 1,00 m na parte superior. Já na parte interior, a medida deve ser de 0,35 m. As paredes internas precisam ter até 0,90 m.

Os pisos não devem ser totalmente juntos. Ter um vão mesmo que pequeno para que os dejetos  se acumulem é o indicado. Esse espaço tem que ser equilibrado e não pode ser muito grande.

As patas, por exemplo, não podem passar por esse vão. Uma medida ideal é 0,025 m entre uma tábua e outra. Ou pranchas, dependendo do material e formato que você vai utilizar.

 

brete 1024x1024 - A importância do brete na propriedade rural
Além de ser prático, o brete precisa ser confortável para os bovinos. – Foto: Fazenda Pororoca

Portões 

 

Os portões permitem que determinado boi fique em um espaço de forma individual. Neste local, o produtor pode executar o manejo, como vacinas, leitura de brincos eletrônicos, aplicação de vermífugos, entre outros.

O ideal é o portão corrediço. Aquele que é aberto pela lateral. Assim não atrapalha a altura e deixa o bovino passar tranquilamente.

 

Fechamento do gado 

 

Antes de inserir o gado no curral, alguns cuidados precisam ser tomados.

Em primeiro lugar, o bem-estar animal precisa ser respeitado. Conduza o gado com calma.

Nesta dica, você pode ler mais informações: Bem estar animal: fechar bovinos sem estresse.

E não esqueça de manter o calendário de vacinas em dia. Não aplicar todas no mesmo dia faz parte do processo.

Você saber mais sobre isso aqui: Como vacinar gado: posso aplicar todas no mesmo dia?

Sobre fechar o gado, a tecnologia já chegou no campo. Você já pensou em usar o tronco eletrônico?

Há várias vantagens na aquisição. Entre elas, a facilidade de contenção do animal.

É algo a se pensar para um futuro próximo, não é mesmo? Te explicamos melhor no link: Tronco para vacinação de gado: posso usar o eletrônico?

 

Essa foi apenas mais uma dica da Boi Saúde. Aqui no blog, você encontra muitos outros temas com foco na melhoria e aumento da sua produtividade.

Afinal, quem não quer ter mais arrobas a cada nova safra?

Se preferir dicas em vídeo, nós temos um canal recheado com assuntos sobre pecuária de corte e de leite. Nosso consultor José Carlos Ribeiro pode te orientar a resolver aquele problema que está impedindo o sucesso do seu negócio. Confira: Boi Saúde no YouTube.

 
Referência:

Embrapa Gado de Corte. Principais componentes.

 
Sal Proteinado - A importância do brete na propriedade ruralSal Proteinado mobile - A importância do brete na propriedade rural
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*