Quais são suplementos mais usados em bovinos?

Os suplementos são fundamentais para otimizar a pecuária. Os gados de corte e de leite necessitam destes componentes para efetivar a nutrição e proporcionar a engorda, de acordo com o esperado. Ainda, tem papéis essenciais na prevenção de doenças graves e mantém o peso na seca. Nesse texto, vamos te indicar quais são os suplementos mais usados em bovinos, assim como as forma de uso e os cuidados.

Utilizá-los no cocho, misturados na ração e outros alimentos, os suplementos mais usados em bovinos tem o manejo de forma prática, sem promover muito trabalho no dia a dia.

Cada suplemento proporciona um benefício específico. Com as pastagem muito variáveis em nosso solo, o capim não proporciona tudo o que o gado necessita, por isso, os suplementos mais usados em bovinos tem boa aceitação no mercado agropecuário brasileiro. E não importa o tamanho da propriedade e de cabeças de gado. Todos tem necessidade de uso, da mesma forma.

Vamos em frente? Confira nosso conteúdo produzido exclusivamente para você, amigo produtor. Você levará sua propriedade a outro patamar, em pouco tempo.

 

Suplementos mais usados em bovinos

 

Virginiamicina:

 

É um composto antimicrobiano que melhora a produtividade e desempenho do gado. Estudos indicam aumento de 15% do peso vivo ao mês. O composto é uma tecnologia que permite ao animal uma melhor performance dentro das condições oferecidas pelo produtor e com entrega de um bom resultado. Ainda, melhora a imunidade. Isso significa que proporciona proteção contra parasitas. A virginiamicina pode ser usada com segurança em bezerros. 

Com o uso da virginiamicina com a monesina sódica, o ganho de peso no pasto pode ser de até 150 gramas ao dia, por cabeça.

Cuidados: deve ser misturada com fontes de cálcio, fósforo e outros macroelementos e microelementos minerais.

Como servir: Adicionar 0,5 kg do produto em 25 kg de sal mineral e oferecer o produto final após a mistura à vontade aos animais.

 
Boi Saúde Logo Preto - Quais são suplementos mais usados em bovinos?

Total Corte Premium:
Suplemento vitamínico e mineral com virginiamicina!


 

Monensina sódica:

 

É um aditivo que tem como característica a modificação da fermentação do rúmen. Com isso, melhora a conversão alimentar. Tem uso muito frequente e positivo em gado de leite.

Cuidados: cavalos não podem usufruir da montesina, pois podem ter reações que os levam a morte. Deixar sempre o bebedouro próximo ao cocho, que deve ser preferencialmente coberto.

Como servir: adicionar 0,5kg do produto em 25kg de sal mineral e fornecer o produto final após a mistura à vontade dos animais.

 
Boi Saúde Logo Preto - Quais são suplementos mais usados em bovinos?

Total Leite Premium:
Suplemento completo para gado de leite!


 

Sal Mineral:

 

São compostos suplementares para complementar a alimentação e nutrição dos bovinos não encontradas na pastagem e ração. O papel principal é evitar a perda de peso e também manter o gado sadio a ponto de estimular e aumentar a quantidade de leite produzido. É uma mistura de cálcio, cloro, enxofre, fósforo, magnésio, potássio e sódio, cobalto, cobre, ferro, iodo, manganês, molibdênio, selênio, zinco. Todos elementos essenciais para proteger o gado de doenças e dar força no organismo.

Cuidados: O sal mineral úmido ou molhado tem consumo menor. Toda vez que o sal mineral é molhado, algumas moléculas das substâncias que o compõem se separam e se juntam a outras, o que inibe o resultado esperado pelo produtor. Além disso, o cocho deve ter sete centímetros lineares por animal, próximo ao bebedouro. E também fracione um cocho a cada 50 hectares dentro da propriedade.

Como servir: geralmente, a dosagem ideal é o produtor servir entre 60 gramas a 90 gramas por animal adulto por dia. E entre 20 a 30 gramas de sal mineral para os bezerros.

 

Suplementos mais usados para bovinos auxiliam na manutenção de peso, engorda e na prevenção de diversas doenças.
Suplementos mais usados para bovinos auxiliam na manutenção de peso, engorda e na prevenção de diversas doenças. – Foto: Reprodução Internet

Ureia: 

 

Usada para as matrizes durante a seca, a ureia é uma ótima aliada ao produtor. Porém, é preciso cautela no uso. A ureia deve ser sempre oferecida misturada a algum outro elemento e nunca ser oferecida aos animais em jejum. Portanto, oriente os responsáveis pela tarefa a oferecerem outra alimentação, após longos períodos de manejo.

Cuidados: Apenas utilize a ureia pecuária na alimentação dos bovinos. Pois a ureia agrícola é proibida para fins de alimentação animal. O cocho precisa ser coberto. Essa cobertura evita que a água se acumule no cocho e em contato com a ureia, a torne intoxicante, a ponto de levar o animal à óbito. Uma orientação é fazer furos no cocho, que permite o escoamento da água ou até mesmo deixá-lo inclinado;

Dosagem da ureia para bovinos:  se for servir com o sal mineral, a mistura correta é:

  • 30% de ureia para bovinos;
  • 3% de sulfato de amônia;
  • 67% de sal mineral .

Caso sirva no sal proteinado, quando o consumo é de um grama por quilo vivo do animal, misture 12% de ureia.

 

Sal proteinado: 

 

O sal proteinado nada mais é que um suplemento enriquecido com proteínas, que além desse macronutriente, oferece minerais complementares para manter ou repor a deficiência no organismo do animal como: cálcio, ferro, zinco, fósforo, vitaminas A e E, entre outros.

Cuidados: O cocho onde é oferecido esse sal proteinado deve estar protegido de água como chuvas, calhas ou irrigações de plantações e ter tamanho adequado para que todos os animais tenham acesso ao componente e ração ao mesmo tempo e de forma adequada.

Como servir: Para oferece-lo ao gado, divida em três porções diárias. A primeira será servida às 7h da manhã. A quantidade será de 30% de toda a matéria que será oferecida por dia. A segunda porção sairá às 13h30, com 20% de toda matéria seca. Entre meio-dia e 15h, é o período de maior irradiação solar e o gado tem um consumo menor. E a última porção será às 16h, com 50% de toda a nutrição seca do dia, que irá também sobrar para o período da noite.

 

Prebióticos e probióticos: 

 

Não muito conhecidos quanto os sais e a virginiamicina, os prebióticos e probióticos estão também entre os suplementos mais usados em bovinos. Juntos proporcionam uma melhor conversão alimentar com todos os nutrientes servidos na alimentação do gado. Seja ração, seja sal mineral ou matéria seca. O ganho de peso e o aumento da produtividade leiteira do gado também são efeitos do uso em conjunto desses dois aditivos.

Probióticos: são aditivos compostos por microrganismos vivos que compõem a flora ruminal dos animais. São considerados bactérias boas do organismo. Em grande quantidade, essas bactérias consideradas do bem promovem uma intensa conversão alimentar no organismo do animal. E faz com que tenha um ganho de peso e produtividade leiteira muito melhor.

Prébióticos: são compostos por fibras alimentares que produz a fabricação dos aditivos probióticos. O prébiótico no organismo do animal garante uma grande taxa dos aditivos probióticos.

Além disso, sempre usufrua de suplementos com as seguintes composições: 

  • Biotina: fortalece o casco e cicatriza os sulcos já existentes e previne para que não apareçam novos;
  • Gordura protegida: passa pelo ruminante direto saindo na lactação. Proporciona um leite com uma taxa maior de gordura, pois não é absorvida pelo organismo da vaca. É um suplemento que eleva a classificação do leite devido aos componentes e qualidade.
 
Boi Saúde Logo Preto - Quais são suplementos mais usados em bovinos?

Sal Proteinado:
Receba grátis uma receita de sal proteinado.


6 pensou em “Quais são suplementos mais usados em bovinos?”

  1. Jamacy Andrade da Nobrega disse:

    Que dizer que o Sal Proteínado não pode colocar a vontade para o gado solteiro que esta nas capoeiras???

  2. Edson Vasconcelos disse:

    Sou também criador de cabras leiteiras, estes produtos servem para as cabras?

    1. Olá Edson, obrigado por nos acompanhar, sim, temos tratamentos que podem ser servidos para cabras leiterias também, para saber mais contate-nos pelo WhatsApp, número: (17) 4141-3292.

  3. wilson solino disse:

    as dicas são boas mas pergunto sevi para todas as regiões do Brasil ou tem diferença pois moro no sul do maranhão em Balsas.

    1. Wilson, os suplementos servem p/ todo Brasil sim. Destaco o uso da Virginiamicina, pois promove ganho de peso o ano todo, inclusive no período de seca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo