Tudo sobre ordenhadeira para gado de leite

Gostou? Compartilhe!

A ordenhadeira é fundamental para a pecuária leite. A máquina para ordenhar a vaca ganha mais espaço em nossa pecuária. Será que você sabe tudo o que precisa sobre o funcionamento para uma alta produtividade? Nesta dica, você terá acesso às principais informações sobre esse aparelho.

Quando utilizada de forma incorreta, a ordenhadeira impacta diretamente na qualidade e quantidade do leite. Além disso, o uso errado proporciona lesões e machucados nas vacas de leite. E o pior, espalhar doenças que causam prejuízos.

 

Tudo sobre ordenhadeira para gado de leite

 

Sobre a sala de ordenha 

 

Em primeiro lugar, você pode ter a melhor e mais cara ordenhadeira do mundo. Mas tudo isso será em vão, se a sua sala não estiver adequada e seguir as regras básicas de higiene. Além da segurança, dos profissionais que atuam ali e dos animais.

Sobre a estrutura:

  • Local ventilado e arejado;
  • Piso limpo, de material de fácil higienização, ter bom escoamento. E que quando molhado, não cause escorregões. Afinal, evitar quedas faz parte de uma boa pecuária.
  • Não deixe que animais de outras espécies entrem no espaço. Mesmo os domésticos.

Existem vários modelos de sala de ordenha. Portanto, escolha um que atenda suas necessidades e esteja de acordo com a suas condições e orçamento atuais:

 

Verifique os equipamentos antes 

 

Não toque o gado, sem antes de checar se tudo está funcionando normalmente. Isso inclui a máquina de ordenha e o tanque de refrigeração. E não só a parte técnica, mas a higiene desses equipamentos também.

Ou seja, ao aderir um novo maquinário para sua produção, consulte sempre o manual do fabricante. Ali constam informações importantes sobre manutenção, procedimentos de higiene, além do funcionamento. Afinal, a maneira como se usa no dia a dia impacta muito na durabilidade do equipamento.

Ainda, todos os itens utilizados na ordenha precisam estar já prontos e preparados para o uso. Desde a caneca usada para o teste até o papel toalha para secagem dos tetos após a desinfecção, por exemplo.

Os materiais de higiene utilizados pelos ordenhadores são outras ferramentas essenciais. Luvas e aventais fazem parte. Além dos produtos de desinfecção.

Proteja-se: Como garantir a saúde do ordenhador. 

Os passos anteriores foram feitos e tudo está correto? Então, vamos tocar as vacas para a ordenhadeira.

 

Toque as vacas com calma para a sala de ordenha 

Não é frescura, amigo produtor! Quando acuadas e com medo, o leite não desce. Como resultado, a produção daquele dia pode ser 20% menor que o esperado.

Por isso, nada de gritos, empurrões ou movimentos bruscos, durante a condução.

Estabeleça uma rotina de horário e a cumpra todos os dias. Afinal, as vacas são animais de hábito. E mudanças bruscas, de um dia para o outro, também reduzem a quantidade de leite.

 

Início do uso da ordenhadeira 

 

Feita toda a higienização necessária, ligue a ordenhadeira entre um minuto e um minuto e meio após esse processo.

Ao colocar as unidades nos tetos, tome cuidado para não entrar ar no sistema. Você pode fazer isso ao dobrar a parte inferior da teteira, por exemplo.

Cada unidade da máquina de ordenha contém quatro teteiras, uma mangueira e um coletor.

Analise todas as vacas para checar se as teteiras estão bem colocadas. Além disso, nunca coloque objetos nelas. Qualquer problema com o equipamento, acione a assistência técnica. Qualquer atitude sem orientação causa danos nos tetos das vacas. E problemas mais sérios na máquina.

Após a ordenha, desligue a máquina. Não deixe o equipamento funcionando. Faça novamente a desinfecção, o pós-dipping. E solte as vacas para o pasto e consumo de ração.

 

ordenhadeira
Tudo sobre ordenhadeira para gado de leite. – Foto: Pixabay

Evite as lesões nos tetos 

 

Essas lesões acontecem quando, no uso da máquina, existe um excesso de vácuo. Ou ainda, a higienização antes e depois da ordenha.

Esses processos são conhecidos como pré-dipping e pós-dipping. São tão importantes e fundamentais que produzimos uma dica só sobre eles:  Pré e Pós Dipping são boas escolhas na pecuária leiteira?

 

No descanso das vacas 

 

Após encerrar o uso da ordenhadeira, leve as vacas para a área de descanso. O importante é que elas não se deitem de imediato. Como os orifícios do teto ficam abertos, quando entram em contato com alguma bactéria, podem desenvolver a mastite.

Em outras palavras, uma forma de prevenção é oferecer água e ração nesse momento. Dessa forma, as vacas ficarão em pé para consumo.

E sobre ração, os ingredientes que fazem parte dela impactam diretamente na produção. O que é consumido, se transforma em leite. Portanto, ofereça uma alimentação que atenda as expectativas de qualidade e quantidade.

Confira uma receita aqui mesmo no blog: Ração para gado de leite: aprenda como fazer.

Outra forma de potencializar sua produção é o uso de aditivos. Na pecuária leiteira, o uso da monensina sódica é indicado para prevenção de alguns problemas de saúde. Facilita a digestão e o rúmen.

Então, para entender mais, acesse: Monensina para gado de leite.

 

Limpeza do equipamento 

 

Por fim, enquanto as vacas se alimentam, faça a limpeza da ordenhadeira e da sala.

Para a limpeza da máquina, siga as instruções do fabricante, desde como limpar até os produtos indicados que não prejudicam o desempenho.

Já a sala, limpe o piso e as paredes. O objetivo, acima de tudo, é retirar todos os dejetos e sujeira. Incluindo fezes, urina, restos de leite e o papel toalha utilizado para secagem.

 

Mais dicas sobre produtividade leiteira e aumento do lucro na pecuária estão disponíveis no nosso canal. Assista gratuitamente: Boi Saúde no YouTube.

 

Referência

Como obter leite de qualidade utilizando ordenhadeira mecânica. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Gado de Leite Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*