Boas práticas leiteira: como garantir a saúde do ordenhador

Não é só a saúde do gado que precisa estar em dia. Os trabalhadores que atuam com a pecuária leiteira precisam se prevenir e atuar de acordo com boas práticas. E é aqui que você saberá como garantir a saúde do ordenhador.

Além de cumprir os horários e manter a ordenha de forma adequada, manejo adequado e o formato da ordenha seja mecânica, seja manual, seguir algumas regras para que o procedimento não ocasione problemas de saúde, é essencial. Atuar em atividades com animais é considerado alto risco pelo risco de contaminação de doenças. As medidas de controle sanitário precisam atingir as vacas, os ordenhadores e toda estrutura.

Evitar contaminações e também não estar em contato direto com os produtos utilizados protegem a pessoa responsável pela tarefa.

 

Como garantir a saúde do ordenhador

 

  • Não fumar no local da ordenha;
  • Manter unhas e cabelos bem cortados;
  • Sempre lavar as mãos antes e depois do procedimento, além de usar luvas;
  • Se a propriedade estiver localizada em região de temperaturas altas, utilizar boné e camisa de manda comprida para proteção do sol.
  • Uso de uniformes e roupas limpas;
  • Uso de máscaras;
  • Utilização de botas;
  • Antes das refeições, sempre reforçar a lavagem das mãos.

Já que o gado leiteiro está sujeito a doenças, como a mastite, por exemplo, o ordenhador estará a salvo de contaminação de bactérias, caso siga as orientações de higiene.

 

saúde do ordenhador 1024x679 - Boas práticas leiteira: como garantir a saúde do ordenhador
Saúde do ordenhador precisa estar segura durante o manejo. – Foto: Pixabay

Procedimentos de higiene na ordenha 

 

Antes da ordenha 

  • Os utensílios devem ser lavados com cloro antes e depois do uso;
  • Lavar bem as mãos com água corrente e sabão neutro antes de manusear os utensílios;
  • Amarre a causa das vacas para que não espalhe sujeira durante a retirada do leite;
  • Os tetos devem ser lavados com água limpa. Apenas o tetos. O úbere deve ser mantido seco;
  • Após a lavagem, os tetos devem ser desinfetados. Você pode utilizar três diferentes tipos de solução: iodo a 0,3% ou hipoclorito de sódio a 2% ou clorexidina a 0,3%. Não importa a solução que utilizar, todas devem agir por 30 segundos sob os tetos antes de serem secos;
  • Os tetos devem ser secos com papel toalha descartável.

 

Durante a ordenha 

  • Os profissionais devem usar aventais limpos;
  • Os bezerros podem acompanhar a ordenha. Caso ainda esteja em fase de desmame, podem mamar logo após a ordenha.

 

Após a ordenha 

  • Os tetos também devem ser lavados após a ordenha. Para desinfetá-los, utilize uma das soluções: iodo a 0,5% ou gluconato de clorexidina a 0,5% ou hipoclorito a 3%.
  • Todas as vezes que a ordenha for terminada, alimente seus animais. Isso faz com que o gado permaneça em pé. O contato do teto com o solo logo depois da ordenha facilita a contaminação. E durante essa alimentação em pé proporciona o fechamento natural do orifício, bloqueando a mastite.

Para completar o tema, confira a dica: Estrutura adequada para fazenda de vaca leiteira.

 
Boi Saúde Logo Preto - Boas práticas leiteira: como garantir a saúde do ordenhador

Ração para Gado de Leite:
Receita gratuita de ração para gado de leite!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

whatsapp