Você sabe como fazer consulta de imóvel rural?

Gostou? Compartilhe!

A consulta de imóvel rural serve para vários objetivos. Um deles, é se certificar se a propriedade está regular e apta para exercer algumas atividades.

Ter sua propriedade em dia com os órgãos reguladores como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a mantém valorizada. Ainda, se desejar vendê-la em algum momento, não precisará sair correndo de última hora para ajustar todos os documentos.

 

Como fazer consulta de imóvel rural?

No próprio site do MAPA é possível fazer a consulta de imóvel checar. No endereço do Sistema Nacional de Cadastro Rural, inserindo os dados indicados, a situação da propriedade é conhecida.

Aproveite e verifique se o Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR) está em dia.

Agora, se você está para fechar um negócio, antes faça uma vistoria para checar se não terá prejuízos.

Te contamos melhor nas linhas abaixo.

Confira se a propriedade rural não está improdutiva

Um problema que afeta milhares de produtores: ter uma propriedade rural improdutiva. Vários fatores podem impedir que o negócio não tenha a produtividade esperada. É possível reverter a situação fazendo uma consulta do imóvel rural e identificando os principais motivos que levam o negócio a não obter sucesso.

Você já analisou a qualidade do seu pasto? A forrageira pode ser deficiente em algum nutriente essencial para a engorda dos bovinos. Entender o que está em falta e potencializar no cocho, garante um boa produtividade.

Algumas empresas particulares fazem esse tipo de serviço, mas as vigilâncias sanitárias locais também podem fazer essa análise.

Fazer uma adubação adequada também é importante, assim como a escolha da forrageira. Para manter a qualidade do pasto em dia, confira a dica: Como manter a qualidade da pastagem. 

 

Mão de obra

 

Escolher bem os trabalhadores que estarão na lida com você impacta diretamente na sua produtividade. Ter uma equipe engajada, que cumpre as normas e regras determinadas pelo gestor é a proposta de todo negócio de sucesso. Sabemos e temos consciência que a rotatividade na área rural é muito grande, mas se o contratante der estímulos, os profissionais farão questão de ficar e contribuir para o crescimento da propriedade. Se esse é um problema pontual que atinge diretamente seu negócio, confira mais detalhes: Falta de mão de obra rural. 

 

Falta de nutrição no cocho

 

Seu gado só vive de pasto e água? O problema pode estar aqui. Por mais que a pastagem seja a base alimentar mais importante do gado, não é suficiente para ter uma engorda expressiva e atingir o peso adequado para venda estipulada pelo mercado.

Por isso, não descuide da nutrição no cocho. Ela dá o reforço necessário que garante a engorda esperada. E o mais importante, protege o organismo do gado de dentro para fora. Aqui, explicamos a diferença entre os dois tipos de sal mais usados para que você entenda. É só clicar no link: Diferenças entre o sal comum e o sal mineral. 

 

consulta imóvel rural
Transforme sua propriedade rural improdutiva em negócio de sucesso. – Foto: Gir das Colinas

Escolha de insumos caros para ração 

 

Não foque apenas no milho e na soja. Existem várias alternativas que podem te ajudar a melhorar a engorda. No confinamento, há diversas opções como sorgo, farelos, caroço de algodão. Você ainda pode até mesmo plantar alguns ingredientes da ração para economizar. Para saber mais, acesse: O que oferecer no lugar de caroço de algodão. 

Outra forma de economizar é a silagem de pastagem. Feita no período das águas, quando o pasto está na fase mais nutritiva, auxilia na economia e também é uma boa fonte de alimentação.

 

Não se preparar para o período da seca 

 

Infelizmente, esse é um erro muito cometido em milhares de propriedades. O período da seca é um momento crítico para a nossa pecuária. O ganho de peso estaciona, o pasto fica seco, e é ai que a dificuldade se encontra. O ideal é que o gado seja suplementado o ano todo, não apenas na seca. Assim, chegará em um peso adequado e não sofrerá com quedas bruscas na balança. Se ainda existem dúvidas a respeito do tema, clique: Sal proteinado na seca: quando iniciar o fornecimento. 

Essas são apenas algumas dicas para que sua propriedade tenha a melhor produtividade possível. Nós da Boi Saúde sabemos que a pecuária não é uma atividade simples. Requer esforço, muito trabalho e dedicação. Por isso, você pode contar com nossas dicas. E caso ainda tenha alguma dúvida, é só deixar nos comentários.

Convidamos você para tornar a pecuária brasileira a mais produtiva do mundo! Vamos juntos? Acesse nosso canal: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

6 pensou em “Você sabe como fazer consulta de imóvel rural?”

  1. Fabio Atarão disse:

    Parabens, pela matéria, muito relevante. Estou sempre escutando as dicas. Abraço.

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Fabio, obrigado por nos acompanhar. Conte sempre com a Boi Saúde. Abraço!

  2. Luiz Henrique disse:

    Um dos maiores problemas na minha região é o curto período das águas. Durando aproximadamente 3 meses e o restante sol intenso.
    Abraço José e grato pelas dicas!

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Luiz Henrique, obrigado por nos acompanhar, nos temos excelentes dicas de manejo de pasto no período da seca, acesse o link a seguir: https://dicas.boisaude.com.br/manejo-de-pasto-no-periodo-da-seca/ Abraços!

  3. david luiz da silva disse:

    As maior dificuldade que venho encontrando á a infestação da pastagem por ervas daninhas

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá David, obrigado pelo comentário, no link a seguir terá dicas de como acabar com ervas daninhas, acesse: https://dicas.boisaude.com.br/como-acabar-com-ervas-daninhas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*