Cruzamento industrial na pecuária: o que é

Gostou? Compartilhe!

Existem diversas formas de fazer o melhoramento genético do gado. O cruzamento industrial é uma delas.

A pecuária de corte e de leite podem ser beneficiadas. Portanto, se a sua intenção é ter melhores resultados a cada estação de monta, está no lugar certo.

Nesta dica, você vai aprender um pouco mais sobre o que é cruzamento industrial, além de conhecer outras técnicas para melhoramento genético.

No final do texto, não deixe de comentar o que achou das dicas. Caso tenha alguma dúvida, escreva pra gente também, combinado?

Então, vamos lá?

 

O que é cruzamento industrial?

 

Em primeiro lugar, o cruzamento industrial é a combinação de raças diferentes, pode ser até mais de duas, aproveitando as melhores características de cada uma.

Contudo, o foco principal é produzir animais com melhores resultados e rendimento, sem contar com a qualidade do produto final.

Entre os principais aspectos produtivos explorados nesse tipo de cruzamento, estão:

  • Carcaça;
  • Ganho de peso;
  • Fertilidade;
  • Precocidade;
  • Marmorização e maciez, no caso do gado de corte.

Para saber como produzir uma das carnes mais caras do mercado mundial, acesse: Como produzir a melhor carne premium.

 

cruzamento industrial
Cruzamento industrial promove boa melhora genética e qualidade na produção. – Foto: Agropecuária J França.

 

Cruzamento industrial na pecuária

 

Agora, respondendo a principal pergunta da dica…

O cruzamento industrial acontece quando dois animais de DNAs diferentes são unidos para a produção da heterose.

Essa heterose é baseada na potencialização dos genes positivos do bovino. Ou seja, o que cada um tem de melhor.

É uma via para produção de bovinos com qualificação necessária para atender o mercado e também as demandas de produtividade. No entanto, antes de promover o cruzamento, é importante fazer um programa.

Nesse programa, é preciso incluir quais animais estão aptos a participarem do cruzamento, de acordo com as habilidades e expectativas da propriedade, por exemplo.

Os bovinos escolhidos, além de desempenho acima da média, precisam ter três tipos de precocidade: sexual, crescimento e acabamento.

Por fim, uma dica: sempre que for realizar compra de animais, ainda mais quando se trata de reprodutores, faça uma avaliação do registro genealógico, além de uma boa análise visual.

Ainda sobre a importância do registro, você encontra informações aqui: Registro de gado genealógico.

 

Confira outras técnicas para melhoramento genético: 

 

E não termine essa dica sem deixar seu comentário. Afinal, a sua opinião é muito importante para o nosso trabalho.

 

Dicas e orientações em formatos de vídeos

 

Outra maneira de se atualizar e obter conhecimento sobre produção de gado é pelo nosso canal de vídeos no YouTube. Toda semana, uma nova dica é publicada focada sempre te proporcionar maior produtividade.

Todo o conteúdo disponibilizado por lá é totalmente gratuito. Pois é! Então, acesse agora: Boi Saúde no YouTube.

Aproveite e se inscreva no canal e não perca nossas atualizações.

Nos vemos na próxima dica. Então, até lá!

Referência:

BACCI, Rodolfo Almeida. Cruzamento Industrial na Pecuária de Corte Brasileira. Zootecnia-UFLA.

 
banner banner
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*