Como melhorar os índices reprodutivos em gado de corte

Como melhorar os índices reprodutivos em gado de corte é uma dúvida de muitos produtores do país todo. As propriedades com os melhores índices têm um segredo infalível. E claro que a Boi Saúde vai compartilhá-lo com você!

Acompanhe na dica de hoje!
 

 

Alguns pensam que o sucesso de um bom índice reprodutivo é resultado de alto investimento e de uma boa equipe. Claro que são fatores que auxiliam e agregam muito, mas não depende somente disso.

Os pequenos e médios produtores, até mesmo os que estão começando agora na pecuária, podem sim, ter bons resultados na reprodução. É possível igualar os índices reprodutivos com os das grandes propriedades. Conforme citamos acima, basta saber de um segredo que você também pode aplicá-lo.

Acima de tudo, antes, analise o desempenho da sua reprodução. Qual o desempenho que você tem hoje e qual gostaria de chegar?

 

Como melhorar os índices reprodutivos em gado de corte

 

Em primeiro lugar, para obter um bom índice, é indispensável que você tenha um período de serviços com o rebanho entre 65 e 87 dias. E um período de parto entre 345 e 365 dias. Repare nesses números. Com a sua análise feita, proposta aqui no texto, esses números batem com sua produtividade?

Se sua resposta for negativa, seu negócio precisa do segredo que estamos tanto falando por aqui. Está curioso? Mas o segredo nada mais é que manejo alimentar, amigo produtor! Pois é. Isso mesmo, não se assuste ou até ignore essa informação.

O manejo alimentar da maioria dos produtores com problemas com a reprodução não é feito de forma adequada. Basicamente, funciona assim: nutrientes, água, proteínas e minerais. Repare que esses quatro itens são características da alimentação dos seus animais.

 

índices reprodutivos em gado de corte
Saiba como melhorar o índice reprodutivo do rebanho. – Foto: Rodrigo Paniago

Como está sua pastagem?

 

A pastagem precisa ser composta de 10% de proteína bruta, 60% de organismos digestíveis e 2% de mineral. Além disso, é preciso observar na sua propriedade, se você está servindo um núcleo mineral ou sal mineral com alto teor de cálcio e fósforo. Quando se trata de reprodução, é indispensável que esses dois elementos façam parte da alimentação diária dos bovinos.

O cálcio trabalha na retenção da placenta no momento do parto e na formação óssea dos animais. E o fósforo trabalha na nutrição do gado. E evita o cio irregular da vacada. Para saber mais sobre retenção de placenta, acesse a dica a seguir: Retenção de placenta pode ser evitada com suplementação. 

É uma dica simples e que é aplicada diretamente no cocho dos animais, sem necessidade de um manejo trabalhoso.

Por fim, não pare seus conhecimentos por aqui, amigo produtor! Para complementar seus conhecimentos sobre esse e outros assuntos, te convidamos para conhecer o canal da Boi Saúde no YouTube.

Vídeos atualizados e de fácil compreensão te esperam com acesso gratuito. Então, acesse agora e desfrute de todo o conteúdo já disponível por lá: Boi Saúde no YouTube.

Esperamos que essa dica tenha sido uma fonte de informação e conhecimento para seu negócio. Nos vemos na próxima. Então, até lá!

 
banner banner
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

×