Retenção de placenta pode ser evitada com suplementação


Essa dica demonstra como prevenir a retenção de placenta na criação de bovinos.

Uma das maiores infecções que acomete os animais em todo o país, a retenção de placenta é caracterizada quando esse órgão não é expelido até 12 horas após o parto. As causas dessa retenção, que acontece no útero, são muitas. A principal é a deficiência nutricional da matriz.

Nos últimos meses de gestação, o organismo da vaca transfere muitos nutrientes para o filhote que está em formação. O cálcio é o principal deles, que será utilizado na formação óssea do bezerro. Essa deficiência nutricional da mãe é refletida no momento do parto. E principalmente após esse procedimento, pode acontecer uma redução muito grande na produtividade leiteira e até infertilidade.

Retenção de placenta pode ser evitada com suplementação
Retenção de placenta pode ser evitada com suplementação

O que fazer em caso de retenção de placenta

  • Nunca force a placenta manualmente;
  • Sempre recorte a parte externa, lave a parte superior do animal com água e sabão;
  • Entre com um produto antibacteriano para prevenir qualquer tipo de infecção por bactérias e germes.

Para prevenir o problema

Insira na alimentação das matrizes aditivos prebióticos e probióticos. Esses suplementos farão a conversão alimentar, seja matéria seca, seja sal mineração ou ração. Os animais mais nutridos irão reduzir  o índice de retenção de placenta a números toleráveis que são entre 3% a 5% dentro de uma propriedade.

Independentemente da vaca ser matriz ou não, a mantenha sempre com a suplementação adequada. Com a nutrição ideal e o organismo e imunidade funcionando adequadamente, o animal não desenvolve nenhuma doença. Acompanhar o dia a dia dessas vacas também é adequado. Qualquer comportamento diferenciado, o produtor ou vaqueiro pode suspeitar que algo não vai bem. Acionando o veterinário de confiança logo no início, além de evitar um possível sofrimento, os custos com o tratamento serão menores.

Para saber mais sobre aditivos prébióticos e probióticos, acesse:

Aditivos probióticos e prebióticos

topo
Bitnami