Como cuidar de bezerros recém-nascidos

Acolher bem um animal desde o nascimento é essencial para criar um vínculo de respeito. Ao nascer, o bezerro não tem imunidade. Precisa de cuidados específicos logo após o parto. Neste texto, vamos te explicar como cuidar de bezerros recém-nascidos. Assim, toda sua produtividade terá sentido. Portanto, sua propriedade atuará de acordo com o conceito de bem-estar animal.

É importante ressaltar que os cuidados começam antes mesmo do bezerro nascer. Garantir uma boa alimentação à matriz é certeza de que o animal nascerá sadio.

Por isso, fazer a complementação no cocho desde o diagnóstico da gravidez é essencial. O resultado será ossos desenvolvidos de forma adequada. Assim como os órgãos.

Se precisar de um reforço, confira como alimentar a vaca nessa fase: Ração para vaca de cria.

Seus funcionários precisam ser orientados. E o tratamento dos bezerros feito de forma cuidadosa. Não tem como cuidar de um bezerro recém-nascido sem acolhê-lo logo após o parto.

Os bovinos mais violentos são os que sofreram traumas. Esse comportamento é resultado de maus tratos. Por isso, todos os animais precisam ser bem tratados. Certamente, desde o primeiro contato com o homem.

 

Como cuidar de bezerros recém-nascido

 

Pasto-maternidade

Assim que a vaca der os primeiros sinais do parto deve ser direcionada ao pasto-maternidade. O local deve ser limpo, arejado, com fenos. Acima de tudo, sem proliferação de lixo e insetos. O ideal é mantê-lo sem contato com os demais bovinos. Na mesma linha, com outros animais da propriedade.

Quer saber como planejar esse espaço? Acesse a dica: Pasto maternidade: conheça as instalações.

 

Logo após o nascimento 

A interação e intervenção entre homem e bezerro deve acontecer apenas após a matriz reconhecer a cria. E terminar as lambidas das secreções do parto.

Porém, quando a vaca terminar, a limpeza da boca e narinas pode ser feita pelo tratador para auxiliar na mamada.

 

Colostro

O colostro deve ser exclusivo do bezerro. O primeiro leite da mamada é essencial para a nutrição nos primeiros momentos de vida. Tem anticorpos de defesa necessários para que o animal tenha um desenvolvimento sadio. Quando a matriz perde a vida, o produtor pode substituir o colostro para bezerro por uma receita. A fórmula que poderá suprir as necessidades nutricionais do animal recém-nascido.

A receita é uma mistura de ingredientes simples. Por exemplo, ovo, água, leite integral e óleo. O líquido é oferecido ao  animal durante os três primeiros dias de vida. A frequência é três vezes ao dia.

Receita do colostro para o bezerro

  • 1 ovo batido
  • 300 ml de água
  • 1 colher de sopa de óleo vegetal
  • 600 ml de leite integral

Sobre colostro, confira as dicas:

bezerro recem nascido - Como cuidar de bezerros recém-nascidos
Como cuidar de bezerros recém-nascido – Foto: Reprodução Internet

Cura do umbigo 

O bezerro foi lambido pelo matriz e realizou a primeira mamada do colostro? Está na hora de fazer a cura do umbigo. O objetivo é evitar infecções.

É necessário aplicar tintura de iodo 10% ou uma solução de álcool iodado a 70%.

Em primeiro lugar, com essa mistura, o umbigo precisa ser molhado uma vez ao dia. Em segundo lugar, para efetivar o desinfecção, deixe o algodão com o líquido por um minuto no umbigo.

Essa ação é para garantir a limpeza.

Geralmente, o umbigo costuma cair entre o quarto e quinto dia após o nascimento. Desde o parto até essa queda, o umbigo precisa ser tratado com a solução.

 

Identificação 

Caso a propriedade use brincos de identificação, aguarde de três a sete dias para inserir no animal. Dessa forma, para identificação, use um colar em volta do pescoço o bezerro e da matriz. O furo por agulha pode causar infecção. Nessa fase, os animais têm baixa resistência de anticorpos.

Ainda, nunca o separe da matriz. Não só nas primeiras horas. Mas nos primeiros dias de vida. O contato visual é importante para o recém-nascido. Assim, como a identificação pelo cheiro.

Para saber a melhor forma, acesse: Como fazer a identificação de bezerros.

 

Analise as fezes 

Analise as condições das fezes. A cor e o estado podem indicar o estado de saúde do animal. Quando o bovino nasce, a imunidade é baixa. Então a diarreia em bezerros nos primeiros dias de vida é normal. Porém, se o produtor se deparar com fezes esbranquiçadas, sangue ou forte odor, é necessário consultar um veterinário. A desidratação pode matar o animal.

Confira: Diarreia em bezerros deve ser eliminada: saiba como.

 

Como cuidar de bezerros recém-nascido: Descorna 

A idade indicada para descorna em bezerros é dois meses. Hoje, no Brasil, duas técnicas são mais comuns:

1 – Química: consiste na colocação de uma solução líquida cáustica no botão de chifre do animal. Muitas propriedades utilizam essa técnica. Portanto, pode ser feita entre a segunda e terceira semana de vida do animal.

2 – Térmica: a mais utilizada no Brasil. Consiste em utilizar o ferro quente que cauteriza o botão córneo do animal. O tempo ideal é entre três e quatro semanas de idade. Ou seja, quando o chifre está um pouco saliente. Não coloque o ferro quente muito fundo. Mas apenas cauterizar a ponta. Dessa forma, já é suficiente para inibir o crescimento. O uso da pomada cicatrizante é fundamental para evitar lesões.

A época ideal é no outono. E também no inverno. Para ambas as técnicas. É quando a proliferação de moscas e parasitas é bem menor que no verão. Evite fazer o procedimento em épocas de chuvas. Lembre-se sempre: bem-estar animal em primeiro lugar.

 

Não pare seus conhecimentos aqui, amigo produtor! Confira a dica Manejo correto de bezerras: do nascimento a maturidade.

Quer ter acesso a mais dicas sobre pecuária? Visita nosso canal de vídeos: Boi Saúde no YouTube. 

 
Ração para Bezerros - Como cuidar de bezerros recém-nascidosRação para Bezerros mobile - Como cuidar de bezerros recém-nascidos
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*