Conheça sobre a produção de búfalo no Brasil

Gostou? Compartilhe!

A criação e consumo de carne de búfalo está em crescimento no Brasil.

O produto tem cerca de 40% colesterol a menos que a bovina e também menos calorias. Os derivados do leite de búfalo também estão em ascensão.

No Centro-oeste há a maior concentração de rebanho desse animal, com mais de 18 mil cabeças.

O manejo é o mesmo direcionado aos bovinos de outras espécies, por exemplo. Assim como as vacinas que também devem ser administradas para evitar doenças.

No estado do Amapá, 85% do rebanho é de búfalos. Nesse estado, a produção foi iniciada em 1950.

Esses dados são da Federação da Agricultura do Estado (Faeap).

No Brasil, existem quatro raças de bubalinos: jafarabadi, mediterrâneo, carabao e murrah.

 

Búfalo tem potencial de crescimento de produção e consumo no país.
Búfalo tem potencial de crescimento de produção e consumo no país. – Foto: Búfalos Metelia.

Dicas para quem desejar produzir búfalo

 

  • Confira o mercado local. Muitos produtores encontram dificuldades na venda do produto devido à desvalorização da pureza do produto;
  • Produtos muitos conhecidos no mercado brasileiro e já com alta média de consumo são considerados boas propostas para iniciar a produção. Entre os produtos estão a mussarela de búfala, requeijão, variações de queijo como cottage e fresco;
  • Com o aumento da procura por alimentos mais saudáveis, a carne de búfalo tem 55% calorias a menos que a dos bovinos;
  • Tem custo de criação mais baixo que os bovinos por ter maior resistência a doenças. Problemas no casco são raros e são resistentes à parasita;
  • As fêmeas podem dar até 25 crias ao longo da vida, com primeiro parto em torno dos três anos;
  • Sobre a produção leite, a média é entre sete e oito litros por dia. A porcentagem de gordura é maior que a do leite de vaca, por exemplo. Ou seja, um bom rendimento para a produção de queijos.

Quer conhecer as raças bovinos mais produzidas no Brasil? Acesse a dica: Conhecendo um pouco mais das raças da pecuária brasileira.

 

Cuidados na criação e manejo 

 

Além das vacinas que já citamos no início do texto, os cuidados diários precisam ser dispensados na criação de búfalo.

Então isso inclui o pasto que sempre deve estar em quantidade e qualidade adequadas.

O cocho com ração ideal para uma boa engorda e nutrição. Os suplementos para dar aquela força extra e evitar a perda de arrobas.

Para saber sobre a importância, confira:

E ainda uma receita de sal proteinado que pode ser feita na propriedade: Como fazer sal proteinado para o gado: a receita.

Além disso, outro ponto importante é o controle de parasitas. Isso porque o impacto negativo que esse problema causa na pecuária pode ser grande.

Então o foco não deve ser apenas prevenir a perda de produtividade. Mas o sofrimento que os animais sentem quando são acometidos.

As instalações também precisam ser adequadas. Portanto, fique atento caso o gado não esteja com um rendimento adequado.

Por fim, para melhorar seu desempenho, confira as dicas em formato de vídeo. No nosso canal, você adquire conhecimento de forma rápida e prática. E ainda, o acesso é 100% gratuito. Clique: Boi Saúde no YouTube.

É possível criar búfalos no Brasil

Sim. Já temos produtores que criam búfalos com resultados positivos em nosso país.

Quais as características da carne de búfalo?

O produto tem cerca de 40% colesterol a menos que a bovina e também menos calorias.

É possível produzir laticínios com leite de búfala?

Já existem produtos muitos conhecidos no mercado brasileiro, considerados boas propostas para iniciar a produção. Entre eles, estão a mussarela de búfala, requeijão, variações de queijo como cottage e fresco

Pequenas e médias propriedades podem produzir búfalos?

Sim. O tamanho da propriedade e de cabeças de gado não influencia no sucesso do sistema, mas sim a alimentação e suplementação oferecidas

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*