Aditivos probióticos e prebióticos


Mas afinal o que são os aditivos probióticos e prebióticos? Nesse vídeo é explicado.

Os aditivos probióticos e prebióticos são utilizados para prevenir a retenção de placenta, porém têm muitos outros benefícios. Saiba a diferença entre eles e os benefícios do uso separadamente e em conjunto.

Sem título 43 300x200 - Aditivos probióticos e prebióticos
Foto: Rubens Ferreira

Aditivos probióticos

São aditivos compostos por microrganismos vivos que compõem a flora ruminal dos animais. São considerados bactérias boas do organismo. Em grande quantidade, essas bactérias consideradas do bem promovem uma grande conversão alimentar no organismo do animal. E faz com que tenha um ganho de peso e produtividade leiteira muito melhor.

Aditivos prebióticos

São compostos por fibras alimentares que produz a fabricação dos aditivos probióticos. O prebiótico no organismo do animal garante uma grande taxa dos aditivos probióticos.

Junção dos aditivos probióticos e prebióticos

O aditivo prebiótico em junção com o probiótico melhora a saúde dos animais. Juntos proporcionam uma melhor conversão alimentar com todos os nutrientes servidos na alimentação do gado. Seja ração, seja sal mineral ou matéria seca.

O ganho de peso e o aumento da produtividade leiteira do gado também são efeitos do uso em conjunto desses dois aditivos.

O produtor tem ligação com muitos fornecedores, clientes, amigos, vizinhos. Agora imagine todo esse círculo de pessoas em contato com os animais saudáveis, com bom aspecto estético, com pelagem brilhante, revigorados em uma única propriedade. Com certeza, todos essas características fazem a diferença no momento de venda dos animais e abrem as portas da propriedade para novos negócios.

E para ter todos esses resultados, basta usufruir dos aditivos probióticos e prebióticos na sua propriedade.

Para saber como fazer a retenção de placenta, citada no início do texto, acesse a nossa dica:

Como prevenir a retenção de placenta