fbpx

Milho para bovinos: grão inteiro ou moído?

Você já se perguntou o que é a melhor forma de oferecer milho para bovinos, amigo produtor? Esse alimento faz parte da pecuária brasileira e auxilia na produtividade. Para te ajudar na escolha, vamos explicar a diferença entre os dois: grão inteiro ou moído.

Muitos pecuaristas baseiam as escolhas da alimentação de acordo com o valor no mercado. Na época da seca, quando os pastos estão sem as forrageiras, é preciso buscar boas alternativas para não ter uma perda de peso considerável. E o milho para bovinos é uma ótima alternativa.

Independentemente do tipo de grão e a forma como será oferecido no cocho para o gado, não esqueça dos suplementos fundamentais para manter o gado bem nutrido com uma engorda em constante crescimento.

 

Grão

 

Entre as formas de oferecimento do grão de milho inteiro, está no confinamento sem volumoso. Utilizado na terminação, o milho auxilia no estímulo da ruminação.

Fique atento na qualidade do milho: sirva milho graúdo, grão inteiro, com umidade máxima de 13%. Ainda, você deve servir o milho com o cocho de 40 cm  a 50 cm por animal.

 

milho para bovinos
Milho para bovinos é boa fonte de alimento. Foto: Simone Perazza. 

Milho para bovinos moído

 

É uma ótima forma de se oferecer na fase de recria. É muito utilizado em receitas para engorda. Ainda, é a melhor forma de se iniciar o oferecimento de milho aos bezerros, para facilitar a digestão. Pode ser usado na época de desmama, quando o produtor inicia a alimentação dos animassem torno das oito semanas de idade. Misturado ao farelo de soja, tem uma alta taxa de digestão:

A proporção da mistura ideal com soja para bezerros é:

  • Proteína bruta (entre 16% a 20%). Pode ser milho com farelo de soja, na composição de 21%. Ou milho com ureia, que deve ter o uso com cautela, na porcentagem entre 3% e 4%;

Já para animais adultos, é possível corrigir a deficiência de pastagem especificamente no período da seca. Prepare uma mistura caseira para amenizar os danos, conformo abaixo:

  • 12kg de ureia;
  • 25kg de sal branco;
  • 10kg de sal mineral;
  • 40kg de farelo de soja;
  • 30kg de milho moído.

 

Para continuar no assunto de grão, a gente te orienta sobre uma dieta que causa dúvidas na pecuária: Dieta do alto grão: como funciona e em quais raças aplicar.

 
banner banner
 

6 pensou em “Milho para bovinos: grão inteiro ou moído?”

  1. Boa noite José Carlos
    Parabenizo vc pelo trabalho oferecido, pode ter certeza, tem me ajudado muito e a muitos outros produtores.
    Começamos um trabalho a 3 anos, eu, meu irmão e nosso pai, um negócio b familiar, com 12 novilhas mestiças e 1 touro Tabapuã. Hoje temos algumas crias, e mais algumas matrizes. Temos 6 machos os quais estão com um peso médio de 8 a 9 arrobas. Gostaria de uma orientação sua, se possível quanto ao manejo desses garrotes! Gostaríamos de acelerar o ganho de peso desses animais introduzindo algo mais nutritivo e ao mesmo tempo aproveitar a pastagem em abundância nesse período. Seria possível utilizar o grão inteiro, em uma forma de semi confinamento, oferecendo uma vez ao dia? Seria essa uma boa opção? Ou existe outra possibilidade, talvez melhor, que poderíamos utilizar?
    Agradeço pela atenção e novamente por passar informações tão importantes as quais não encontramos na porteira de curral algum. Todas as pessoas tem segredos, e não os compartilham, são detentores de seus conhecimentos…

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Adriano, obrigado pela pergunta, sugiro que envie um e-mail para “contato@boisaude.com.br” para que possa obter uma resposta completa! Continue nos acompanhando, abraços!

  2. Rodrigo Trevenzoli disse:

    Olá. Mas qual das duas forma é melhor para a engorda do gado em fase final?
    Milho em grão ou farelo?

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Rodrigo, obrigado pela pergunta, sugiro que envie um e-mail para “contato@boisaude.com.br” para que possa obter uma resposta completa! Continue nos acompanhando, abraços!

  3. Germano zaina junior disse:

    Parabéns pelas matérias técnicas , levando exclarecimento nas práticas de manejo

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Germano, obrigado pelo elogio, continue nos acompanhando!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×