Ionóforos na pecuária de corte

Gostou? Compartilhe!

Você pode até utilizá-los, mesmo sem saber o que eles são. Os Ionóforos na pecuária de corte têm um papel muito relevante na produtividade. E pela importância, vamos falar neste texto o que são e como auxiliam a nutrição e engorda dos bovinos.

Uma das principais funcionalidades dos ionóforos é a prevenção do timpanismo e a acidose ruminal. Mas os benefícios vão além.

Por isso, amigo produtor, continue com a gente e tire todas as dúvidas. E caso essa dica não tenha atendido sua necessidade, é deixar um comentário. Combinado?

 

O que são os ionóforos?

 

São aditivos utilizados na alimentação de bovinos e ao contrário do que muitos pensam não são fonte de proteína e sais minerais.

Porém, proporciona diversos benefícios ao gado, como veremos no conteúdo abaixo.

Para que serve? Um dos objetivos é melhorar a eficiência alimentar e o metabolismo animal. E um fator muito importante na pecuária é auxiliar a engorda.

Como funciona? De forma simples, os ionóforos impedem o crescimento microoganismos que atrapalham, de certa forma, o rúmen bovino, por isso melhora a eficiência alimentar. Auxiliando, assim, a fermentação ruminal.

 

Ionóforos na pecuária de corte
Ionóforos na pecuária de corte potencializam a produtividade. – Foto: Boy Fotógrafo

Quais são os ionóforos utilizados na pecuária de corte? No Brasil, entre os mais populares estão a virginiamicina e a monsensina sódica. Para saber a diferença entre esses dois elementos, acesse: Diferença entre monensina sódica e virginiamicina. 

A virginiamicina é um aditivo que proporciona vários benefícios ao gado. Um deles é a prevenção de doenças que atacam o trato digestivo. Por exemplo, a acidose ruminal. Quando o gado essa doença, tem o desempenho abaixo do esperado. E com certeza, essa não é a sua expectativa certo?

Se a sua propriedade é adepta do Boi 777 é outra justificativa para o uso. Alcançar sete arrobas em cada fase é desafiador e quando se tem a virginiamicina como aliada, o processo passa a ser mais produtivo.

Entenda melhor aqui: Boi 777 e Virginiamicina: maior velocidade no giro do boi?

Como utilizar? Podem ser oferecidos no cocho em sistemas de pastos e confinamentos. Adicionar 0,5kg do produto em 25kg de sal mineral e fornecer o produto final após a mistura à vontade dos animais.

Mesmo com o uso dos ionóforos na pecuária, a ração e o uso de ração continuam indispensáveis. Assim como todos os outros protocolos que promovem um ganho de arroba de acordo com a expectativa. São eles:

  • Oferecimento de ração ideal para cada fase dos bovinos. Se precisar de receitas, aprenda como fazer na página: receitas gratuitas para gado: cria, recria e terminação;
  • O uso do sal mineral e do sal proteinado é muito importante. Mesmo com o uso dos ionóforos, continue o oferecimento;
  • Local onde o cocho e o bebedouro são instalados devem ser de fácil acesso aos bovinos;
  • Vacinas e prevenção aos parasitas uma tarefa constante e de acordo com o calendário sanitário.

Não pare seus conhecimentos aqui, amigo produtor! Confira a dica Gado de corte: confira tudo o que sobre a atividade.

Acesse nosso canal de vídeos e continue informado com as melhores orientações sobre pecuária: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*