Como ter lucro com gado?

Podemos dizer, amigo produtor, que a pecuária é uma arte. Lidar com os bovinos todos os dias e ainda ter uma boa produtividade é tarefa apenas para os fortes. Seu negócio precisa ser avaliado constantemente para você ter conhecimento se a sua rentabilidade está de acordo com suas expectativas. Para isso, neste post, vamos te dar dicas sobre como ter lucro com o gado.

Algumas simples orientações, que se seguidas à risca, trarão muita lucratividade para seu negócio. Sabemos que o mercado do agronegócio tem diversos fatores de influência e indicadores econômicos que determinam o preço desde a carcaça até o litro do leite. Porém, cabe a nós produtores, mantermos nosso padrão de qualidade. Ter em mente que a cada reação positiva do mercado, os fornecedores procuram os melhores produtos.

 

 

Não basta focar apenas no ganho de peso. Diversos fatores contam para um produto de qualidade. E para você não ficar de fora, conte com as nossas dicas!

 

Lucro com gado: qualidade do pasto 

 

O solo brasileiro é muito rico em nutrientes e sais minerais. Porém, por ser um pais de extensões continentais, o Brasil tem uma grande diversidade de clima e solo, de acordo com a região. Manter o pasto abundante e verde durante todo ano é uma tarefa difícil, mas existem diversas técnicas que são usadas como alternativas para que o gado não perca peso.

Entre as técnicas estão:

Feno em pé: Divida sua propriedade em duas partes, 50% do pasto será fechado e vedado para ser usado somente no período da seca. Feito de maneira correta, a propriedade terá um pasto com alto teor nutricional e em grande quantidade. Antes da vedação,  o pasto precisa ter no máximo 15 cm e passar por adubação. Os capins indicados para esse processo são: braquiária decumbens, gramas estrela, marandu, piatã e tiftons.

Esses 50% vedados serão divididos em três partes:

  • Uma será fechada no mês de fevereiro, por volta do dia 15 e será reaberta somente no mês de maio. Essa pastagem maio estará com bom volume e um ótimo valor nutricional;
  • As outras duas pastagens serão vedadas no mês de março para reabri-la em julho. Esses 2/3 serão trabalhados até o fim da seca.

Cana: Pode ser usada como bagaço, silagem ou in-natura. A cana é uma ótima fonte de fibras longas em dietas de alto concentrado. É preciso saber armazená-la e concentrá-la corretamente no cocho do animal para que se obtenha o efeito esperado. Segundo a Fapesp, as fibras do bagaço da cana contêm, como principais componentes, cerca de 40% de celulose, 35% de hemicelulose e 15% de lignina, sendo este último responsável pelo seu poder calórico. Ainda, o bagaço é considerado o maior resíduo da agroindústria brasileira.

 

Lucro com gado: suplementação 

 

Sem suplementação, não existe sucesso na criação de gado. Essa é a realidade. Além da engorda, os suplementos protegem a saúde dos bovinos de dentro pra fora. Parasitas, verminoses, cálcio, fósforo, todos esses itens e muitos outros que não são encontrados no pasto.

Você pode suplementar seu gado no cocho com:

Virginiamicina: É um composto antimicrobiano que melhora a produtividade e desempenho do gado. Estudos indicam aumento de 15% do peso vivo ao mês. O composto é uma tecnologia que permite ao animal uma melhor performance dentro das condições oferecidas pelo produtor e com entrega de um bom resultado. Ainda, melhora a imunidade. Isso significa que proporciona proteção contra parasitas. A virginiamicina pode ser usada com segurança em bezerros.

Monensina sódica: É um aditivo que tem como característica a modificação da fermentação do rúmen. Com isso, melhora a conversão alimentar. Tem uso muito frequente e positivo em gado de leite.

Sal Mineral: São compostos suplementares para complementar a alimentação e nutrição dos bovinos não encontradas na pastagem e ração. O papel principal é evitar a perda de peso e também manter o gado sadio a ponto de estimular e aumentar a quantidade de leite produzido. É uma mistura de cálcio, cloro, enxofre, fósforo, magnésio, potássio e sódio, cobalto, cobre, ferro, iodo, manganês, molibdênio, selênio, zinco. Todos elementos essenciais para proteger o gado de doenças e dar força no organismo.

Sal proteinado: O sal proteinado nada mais é que um suplemento enriquecido com proteínas, que além desse macronutriente, oferece minerais complementares para manter ou repor a deficiência no organismo do animal como: cálcio, ferro, zinco, fósforo, vitaminas A e E, entre outros.

 

gado de corte - Como ter lucro com gado?
Siga nossas dicas sobre como ter lucro com o gado. – Foto: @boyfotografo

Evite o estresse no gado 

 

Desestressar o animal dentro de uma propriedade rural é tarefa necessária. Alguns procedimentos do manejo diário causam grande estresse aos animais que liberam o hormônio cortisol, que prejudica diversos aspectos na saúde. Fechar o gado, vacinas, descorna, desmame são necessários, mas causam aspectos negativos na saúde emocional do animal, por isso precisam ser feitos com cuidados e atenção redobrada.

 

Ofereça boa alimentação e água abundante

 

Ração: Escolha sempre alimentar bem seu gado. O cocho deve ter medidas que favorecem a alimentação e o acesso do gado. No caso do sal mineral, deve se respeitar o limite de cinco centímetros por animal, com acesso aos dois lados. Por exemplo, se na propriedade, há 100 animais, deve ter cinco metros de comprimento.

A altura também deve ser observada. O tamanho ideal é de 40 centímetros para que todos os animais, seja adulto, seja bezerro, tenham acesso. É imprescindível reparar nesses detalhes para oferecer uma alimentação da melhor forma possível.

Água: Um animal adulto tem que consumir em torno de 45 litros de água por dia ou o gado de corte tem que consumir três litros de água para cada quilo de matéria seca consumida. Essa medida varia de acordo com o clima, umidade, variações da região onde está localizado. Já a quantidade ideal que um bovino de leite deve ingerir por dia é de quatro litros de água para cada um litro de leite produzido.

A qualidade da água oferecida aos animais precisa ser constantemente analisada pelo produtor. Mais que oferecer um sal mineral de qualidade, uma boa pastagem, praticar o manejo correto, se o gado não tiver uma água limpa, não haverá bom desempenho. Como o Brasil é um país rico em recursos hídricos, muitas propriedades possuem lençóis freáticos, córregos e até lagos. Mas nem sempre a qualidade dessa água é boa para consumo não só humano, mas para os animais.

 

Mantenha a sanidade animal em dia 

 

O produtor rural que possui gado de corte e leite deve ficar atento ao calendário de vacinas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e também das Secretarias Estaduais de Agricultura. Doenças que acometem animais, quando não prevenidas, causam grandes prejuízos ao proprietário desde consultas a veterinários, medicamentos e até mortes de todo rebanho, já que muitas são virais, transmitidas pela saliva, água e ar. Na dúvida, sempre consulte seu veterinário de confiança.Para conhecer todas as vacinas para bovinos, acesse nossa dica especial sobre o assunto: /vacinas-para-bovinos/

 

Lucro com gado: estude sobre pecuária 

 

Estude, amigo produtor! Sempre que tiver uma folga, separe duas horas da sua semana para aprimorar suas técnicas e conhecimento. Leia livros, jornais, site de notícias, mantenha-se informado! A Boi Saúde mantém diversos canais de dicas, além do blog, que é atualizado toda semana com novas orientações, sempre focadas na melhoria da pecuária. Afinal, nosso objetivo é tornar a pecuária brasileira, a mais produtiva do mundo. Vamos nessa?

 

Não pare seus conhecimentos aqui, amigo produtor! Confira a dica Propriedade de gado de corte: confira as instalações

 
Total Corte Premium - Como ter lucro com gado?Total Corte Premium mobile - Como ter lucro com gado?
 

2 pensou em “Como ter lucro com gado?”

  1. Adriana Chagas Pacheco disse:

    Muito bom… Gostaria de ter mais dicas de como aumentar a produção de leite das vacas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*