Como será o futuro do agronegócio?

Você se fez essa pergunta, amigo produtor?  Com a tecnologia invadindo cada vez mais o campo e nos auxiliando na lida com bons resultados, como será o futuro do agronegócio? Alguns têm opiniões positivas ou negativas. E nesta dica, a Boi Saúde te convida para avaliar o cenário atual como um todo e a refletir para os caminhos que nossa atuação seguirá nos próximos anos.

 

 

Bom, vamos começar pela leitura desse texto. Você pode estar lendo este blog pelo computador ou pelo celular. Isso sim já é algo impactante. Até 100 anos atrás, essa ação era realmente impensável. Quem iria que mesmo nas zonas mais afastadas do centro urbano teríamos não só luz, mas telefone e agora sinal de internet? É algo realmente que impactou nosso segmento de forma positiva. Mas como isso?

 

O impacto da tecnologia na pecuária 

 

Não tem como negar que a tecnologia impactou e muito a pecuária. Isso desde a compra de insumos pela internet, acompanhamento de leilões, negociações e vendas por e-mails, contratação de profissionais, sem contar na praticidade do manejo. E ainda, até comprar propriedade rural pela internet é possível. Será que nossos bisavós esperavam por isso?

Pois bem, hoje também temos diversos aplicativos que auxiliam o manejo do gado. Sem contar com troncos mecânicos que, além de proporcionar mais conforto aos animais, facilitam o fechamento e a operação para os peões.

Temos também os brincos eletrônicos. Esse item traz todas as informações do bovino e auxilia na prevenção de doenças como a data das vacinas, mas também no acompanhamento da engorda. Sobre esse tema, te orientamos com mais detalhes na dica: Qual a melhor forma de marcar bovinos?. 

Ainda existem programas e aplicativos próprios para gado de corte e de leite que acompanham a produção, calendário sanitário, o consumo no cocho, quantidade por animal e por aí vai… E a previsão do tempo, com indicação de raios e tempestades?

Sem contar nas pesquisas e estudos que são auxiliados pela tecnologia com foco na alimentação e nutrição. Sem eles e com o prazo mais rápido de resultados, estaríamos ainda em um patamar inferior ao que estamos hoje.

 

Futuro do agronegócio: nova geração 

 

A nova geração de produtores rurais, filhos/as, netos e netas dos pecuaristas que construíram a nossa atividade no país de forma plena está implementando a tecnologia no campo. Além disso, a informação está mais acessível. Antigamente, infelizmente, nem todos tiveram a oportunidade de se aprimorar e promover processos que aumentassem a produtividade. Até faculdade à distância e muitos cursos de entidades renomadas e reconhecidas podem ser feitos sem a necessidade de estar em uma sala de aula.

Todas essas tecnologias reunidas mais a força do pecuarista brasileiro torna o Brasil o maior exportador de carne do mundo. Esse dado é da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne. É um título e tanto.

E por aí vai… esses são apenas alguns exemplos, viu? Tem muito mais por aí. E daqui para frente, o que será que no reserva?

Já que citamos sobre a nova geração, ter uma sucessão familiar muito bem estabelecida é garantia de sucesso do negócio. Saiba mais na dica: Sucessão familiar em propriedade rural.

 

futuro do agronegócio 1024x683 - Como será o futuro do agronegócio?
Futuro do agronegócio está nas mãos dos milhares de produtores e produtoras rurais que se dedicam a alimentar o país com muita dedicação. – Foto: Boy Fotógrafo

Futuro do agronegócio: como será na próxima década? 

 

Parece que 10 anos é pouco tempo para uma avaliação. Mas com a velocidade de novas descobertas a cada dia, é um período realmente pequeno.

A Boi Saúde acredita que cada vez mais produtores terão acesso a todos esses programas citados acima. Com isso, a qualidade da nossa carne e do nosso leite será cada vez melhor. Evoluímos muito em pouco tempo. E mais que ter acesso à tecnologia, os pecuaristas estão cada vez mais conscientes sobre a necessidade uma pecuária focada no bem-estar animal, de alta genética e prevenção de doenças por meio do calendário sanitário e medidas diárias.

O futuro do agronegócio não será mais fácil, mesmo com todas as tecnologias citadas acima. Existem um componente necessário que se chama dedicação. E é por meio dela que as mesas dos brasileiros são abastecidas todos os dias. Com certeza, você já ouviu a famosa frase: “Você se alimentou hoje? Agradeça a um produtor rural”.

Por mais tecnologia implementada na propriedade, os cuidados com a seleção do gado que irá compor o rebanho, no abastecimento, condições e limpeza dos cochos e bebedouros, o acompanhamento e ronda diária para checar o desenvolvimento, o acolhimento de um bezerro recém-nascido, são feitos ali pelas mãos dos homens e das mulheres que compõem essa grande e intensa pecuária brasileira.

 

Não abra mão do conhecimento 

 

Quanto mais bem informados, maiores os frutos que serão colhidos. Não deixe nunca de estudar. Como já citamos, existem diversas formas à distância de se adquirir conhecimento. Mesmo sem condições de pagar por cursos e faculdades, diversos canais, como a Boi Saúde, disponibilizam dicas e orientações gratuitas para que todos nós, juntos, possamos tornar o Brasil a maior produtor de carne do mundo.

Aqui no nosso blog, disponibilizamos dicas por texto e também receitas gratuitas que para potencializar os seus resultados, além do nosso canal com vídeos rápidos e focados na produtividade:

Receitas Gratuitas: /receitas/

Canal do YouTube: https://www.youtube.com/boisaude

 

Não podemos encerrar esse texto sem querer saber a sua opinião. Como você acha que será o futuro do agronegócio? Deixe seu comentário e faça parte dessa rede de empenho e dedicação da pecuária brasileira.

 
Virginiamicina - Como será o futuro do agronegócio?mobile Virginiamicina - Como será o futuro do agronegócio?
 

3 pensou em “Como será o futuro do agronegócio?”

  1. Everaldo Faro disse:

    Parabéns pela matéria, sucinta, objetiva e muito útil. É sempre bom relembrar as boas práticas.

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Everaldo, obrigado pelo comentário, continue nos acompanhando!

  2. João Jose Alves de Alvarenga disse:

    Acho que ainda tem muito a acontecer na engenharia genética, os transgênicos poderão ser animais com capacidade de produzir mais hormônios de crescimento acelerando o gano de músculos (peso) a clonagem pode chagar a nível de fazendas, drones baratos com capacidade de voo mais longos capazes de contar grandes rebanhos detectando animais com problemas de saúde e até prenhes transferindo estes dados para o escritório.
    vacinas perenes que não precisam serem aplicadas todos os anos, produtos biológicos que darão resistência ao rebanho contra parasitos internos e externos. fertilizantes com liberação mais controladas e custo viáveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*