Qual a melhor forma de marcar bovinos?

 

Marcar bovinos é uma atividade muito antiga para identificação do animal, não só dentro da propriedade, mas fora dela também. A forma mais usual é a marcação com ferro. Mas hoje, existem outras formas. Principalmente, as que vão de acordo com o bem-estar animal. Por isso, nesta dica vamos te orientar sobre qual a melhor forma de marcar bovinos.

Muitos produtores ainda utilizam a marcação com ferro, na verdade, a maioria dos pecuaristas no Brasil. Ainda, infelizmente, é a forma mais barata, por isso, o grande número de adeptos.

Mas hoje, há outras opções para fazer a marcação de bovinos. Esses novos métodos não estressam os animais e provocam riscos de infecções.

 

Qual a melhor forma de marcar bovinos
Qual a melhor forma de marcar bovinos? Descubra nas linhas a seguir.

Qual a melhor forma de marcar bovinos?

 

Brincos: os brincos são numerados. Podem ter cores de acordo com a idade e funcionam bem na identificação do gado no manejo da pesagem e vacina. Há necessidade de cuidados na hora da aplicação para não machucar o animal. A limpeza e higiene do instrumento de aplicação precisam ser impecáveis. Por serem inseridos na orelha, a identificação fica até mais visível que na traseira do animal.

Brincos eletrônicos: muito mais que a marcação, tem diversas funcionalidades, como o rastreamento. Além de monitorar o gado, o brinco eletrônico vem com um chip, no qual são armazenadas todas as informações sobre animal. Claro que ainda não é a realidade para todos os produtores. Mas é algo que pode ser já pensado como investimento, pois facilita e muito o manejo.

Colares: os colares são direcionados aos bezerros logo que nascem. Assim, não á necessidade de marcação a ferro ou perfuração da orelha. Lembre-se que ao nascer, o animal não tem uma imunidade alta e qualquer infecção pode ocasionar sérios danos à saúde do bezerro.

A sugestão aqui é inserir um colar no pescoço do bezerro e da mãe. Ambos da mesma cor. Dessa forma, os peões saberão identificar a matriz de determinado bezerro. Essa forma de identificação funciona muito bem. Ainda mais em propriedades que atuam com reprodução e pasto-maternidade.

Se você ainda não saber como acolher um bezerro recém-nascido na sua propriedade, acesse a dica: Como cuidar de um bezerro recém-nascido.

 

Receba em seu E-mail:
Ração para recria, obtenha mais rápido as primeiras 7 arrobas!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

topo
Bitnami