fbpx

Como cuidar do seu bezerro hoje?

 
banner banner
 

Os cuidados com os bezerros são diários para que você conquiste as metas da sua propriedade. Não importa se eles serão comercializados ainda na fase de cria ou serão produzidos até a terminação. A forma como você cuida do seu bezerro hoje será o resultado de toda a sua venda.

 

 

Neste conteúdo, você terá acesso aos temas:

 

 

Como cuidar do meu bezerro hoje?

 

Os cuidados avançam a partir do desenvolvimento do bovino. Desde o nascimento passando pela  fase da recria, a partir dos 9 meses de idade, chegando ao abate com um bom rendimento de carcaça e boi acima de 450 quilos.

 

Quais os cuidados com os bezerros?

 

Os cuidados com os bezerros começam logo no nascimento. Inserir a vaca em um pasto reservado, proporciona conforto para a matriz e a cria e ainda, facilita o acompanhamento pelo produtor ou peão responsável pela atividade.

Nesse espaço, ofereça ração e água. Se for um pasto, separe uma área com forrageira abundante. Se for galpão, cubra o chão com forragem ou feno para evitar contato direto.

Assim que o bezerro nascer, monitore o consumo do colostro. Esse leite garante a imunidade contra infecções e bactérias enquanto as vacinas e alimentação não são introduzidas.

Ainda, temos outros como:

  • Cura do umbigo;
  • Cuidados com a diarreia;
  • Introdução alimentar;
  • Proteção contra infecções e verminoses;
  • Aumento de peso e monitoramento do desenvolvimento saudável.

 

O que é bezerro estufado?

 

Entre os problemas mais comuns está o estufamento de bezerros. Essa situação acontece quando o animal está com excesso de gases no estômago e nãoo consegue eliminá-los.  Esse acúmulo causa uma distensão no abdômen do bovino.

Desenvolve dificuldade de respiração e circulação de sangue. Quando não tratado a tempo, e apresentado em casos graves, infelizmente, leva o animal a óbito.

Os riscos de desenvolver o timpanismo são maiores em animais confinados. Ou seja, se você atua com confinamento de bezerros, amigo produtor, a atenção deve ser redobrada. Isso porque esse acúmulo de gases acontece devido a alta concentração de grãos e feno na alimentação fornecida exclusivamente no cocho.

 

bezerro hoje
Os cuidados que você oferece ao seu bezerro hoje são determinantes para as fases seguintes do bovino. – Foto: Fazenda Nova Jurema

Para evitar ao máximo esse problema, ofereça uma ração balanceada e indicada para a idade da cria. Equilibrar o oferecimento de grãos com as fibras garante uma proteção extra contra esse acúmulo de gases.

Com isso, calcule a seguinte proporção: 60% volumoso e 40% de concentrado. E além de prevenir o timpanismo, essa mistura garante proteção contra a acidose ruminal.

 


banner banner
 

Como tratar bezerro estufado?

 

Nos casos mais extremos, salvar a vida daquele animal é a missão do produtor. Para isso, utilize uma sonda para liberar esses gases do animal. Ao liberar esse excesso, o animal terá a vida normalizada, voltando ao pasto e consumindo os alimentos de forma saudável, sem correr riscos de morte.

Essa sonda é inserida da boca até o estômago para facilitar a saída desses gases que causam o estufamento.

Em alguns casos, o uso de medicamentos próprios para tratar o problema é indicado. Para isso, consulte o veterinário de confiança. Além de antibiótico, remédios para aliviar a dor, geralmente são indicados.

 

Diarreia: problema muito comum em bezerros debilitados

 

Além do estufamento, a diarreia é outro problema que ronda as propriedades rurais. Nos primeiros dias de vida, é muito comum, até porque o animal nasce sem imunidade. Entretanto, com o seguir dos dias, o estado das fezes deve se normalizar.

Caso isso não aconteça, a desidratação acontece, deixando o bezerro fraco e mais exposto a infecções e outras doenças mais graves que, se não tratadas, levam o animal à morte.

Assim que se deparar com um bezerro com diarreia, comece um tratamento imediatamente. Além de sofrer com dores, o animal fica fraco, sem desenvolvimento adequado e sem se alimentar.

Os principais sinais para preocupação são:

  • Diarreia prolongada, aquela que acontece por dias seguidos;
  • Forte odor e apresentação de sangue nas fezes e cor esbranquiçada.

O tratamento inicial é oferecer um soro caseiro para trazer força e evitar a desidratação ao máximo.

Prepare a solução com os seguintes ingredientes. Com certeza, você tem a maioria deles na sua propriedade:

  • 1 litro de água;
  • 4 colheres de sopa de açúcar;
  • meia colher de sopa de sal de cozinha;
  • 1 colher de café de bicarbonato de sódio.

A dosagem é entre quatro e sete litros por dia. Para facilitar, deixe o líquido em um balde para acesso dos bezerros. Caso o animal esteja em um estado mais debilitado e não consiga levantar, ofereça diretamente na boca dele, mas de forma cuidadosa para evitar ao máximo o estresse.

A Boi Saúde espera que essa dica fortaleça a sua propriedade e te deseja muito sucesso na propriedade. Para mais dicas, acesse nosso canal: Boi Saúde no YouTube.

 

Referência

O que é timpanismo? Quais são as causas, os sintomas e o tratamento do timpanismo? Perguntas Frequentes. Gado de Corte. Embrapa.

 
banner banner
 

2 pensou em “Como cuidar do seu bezerro hoje?”

  1. Edilson de Souza matos disse:

    Como evitar curso nós bezerros?

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Edilson, a resposta para essa e outras dúvidas, você encontra no blog da Boi Saúde: https://dicas.boisaude.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×