Alimentação gado de corte: primeiras chuvas

Entre as centenas de dúvidas que a Boi Saúde recebe mensalmente, um produtor nos questionou sobre qual a melhor alimentação para o gado de corte nas primeiras chuvas. É uma época difícil para muitos produtores, pois o pasto ainda está seco e os brotos não estão maduros para o consumo. E então, o que oferecer para o gado neste período? Não se preocupe, amigo produtor, iremos te ajudar!

Uma das grandes dificuldades do produtor na criação de gado é a alimentação. O que é oferecido no cocho é responsável por 80% do sucesso de toda uma produtividade que atua com bovinos. Os demais 20% são o ambiente, manejo e o bem-estar animal. Além do período da seca, que é um dos mais difíceis, e a transição entre essas fases, realmente é complicada.

A alimentação de bovinos nas primeiras chuvas tem uma única salvação que está naquilo que você oferece no cocho. Além da ração, suplementos devem ser oferecidos. Pois não é só no período da seca que o gado precisa de um reforço. O organismo do animal precisa estar nutrido de dentro para fora o ano todo. Só assim, será possível manter um planejamento de engorda, de acordo com suas expectativas. Porém, alguns ingredientes misturados na ração podem auxiliar.

 

sal mineral para bovinos 1024x768 - Alimentação gado de corte: primeiras chuvas
Alimentação para bovinos nas primeiras chuvas pode ser alavancada com suplementação, soja e cana. – Foto: Iepec

Cana de açúcar e alimentação do gado de corte

 

Cana in natura: Se a cana será servida in natura é importante o produtor ter mão de obra diária e maquinário como trator. É imprescindível que o produtor tenha uma estrutura que não gere alto custo ao extrair essa cana e servi-la ao gado.

Bagaço de cana: O bagaço de cana in natura para os animais, seja gado de corte, seja gado de leite, tem baixo valor nutricional. Porém, é uma ótima alternativa. A cana é uma ótima fonte de fibras longas em dietas de alto concentrado. É preciso saber armazená-la e concentrá-la corretamente no cocho do animal para que se obtenha o efeito esperado.

Segundo a Fapesp, as fibras do bagaço da cana contêm, como principais componentes, cerca de 40% de celulose, 35% de hemicelulose e 15% de lignina, sendo este último responsável pelo seu poder calórico. Ainda, o bagaço é considerado o maior resíduo da agroindústria brasileira.

Sirva 30% no cocho, misturados ao concentrado. Se quiser, esse bagaço pode ser triturado. Essa dica é mais uma alternativa para a alimentação dos seus animais.

 

Alimentação do gado de corte: Soja

 

Considerada um alimento não tradicional  para bovinos, a soja tem alta quantidade de gordura (20%) e proteína (40%).  Uma informação importante é não servir a soja para animais com menos de quatro meses de idade.

O grão de soja é uma ótima forma de alimento para vacas leiteiras. E como engorda para novilhos mestiços. Pesquisas indicam boa aceitação dos animais, sem prejuízos à saúde.

Já o farelo de soja é a fonte de proteína mais usada na pecuária brasileira, sendo utilizado unicamente nas rações. Quando seca, conhecida como resíduo de limpeza de soja, o grão passa a ter 20% de proteína bruta.

 

Alimentação do gado de corte: Mistura nas primeiras chuvas: 

 

Voce ainda pode fazer uma mistura com os ingredientes citados acima:

  • 12kg de ureia;
  • 25kg de sal branco;
  • 10kg de sal mineral;
  • 40kg de farelo de soja;
  • 30kg de milho moído.

Poderá ser utilizado um misturador. Faça com que essa mistura fique bem homogênea com esses ingredientes. Sirva ao gado na proporção de 0,2% do peso do animal. Isso significa se seu animal pesa 500kg, você deverá servir 1kg do alimento por dia.

 

Suplementos

 

Sal proteinado: Esse tipo de sal aperfeiçoa o aproveitamento dos nutrientes, reduz o tempo para o abate e promove excelentes resultados na pecuária de leite e corte, além de evitar queda na produtividade e o uso é necessário.

Virginiamicina:  É um composto antimicrobiano que melhora a produtividade e desempenho do gado. Estudos indicam aumento de 15% do peso vivo ao mês. O composto é uma tecnologia que permite ao animal uma melhor performance dentro das condições oferecidas pelo produtor e com entrega de um bom resultado. Ainda, melhora a imunidade. Isso significa que proporciona proteção contra parasitas.

Sal Mineral: São compostos suplementares para complementar a alimentação e nutrição dos bovinos não encontradas na pastagem e ração. O papel principal é evitar a perda de peso e também manter o gado sadio a ponto de estimular e aumentar a quantidade de leite produzido. É uma mistura de cálcio, cloro, enxofre, fósforo, magnésio, potássio e sódio, cobalto, cobre, ferro, iodo, manganês, molibdênio, selênio, zinco. Todos elementos essenciais para proteger o gado de doenças e dar força no organismo.

Todos esses suplementos auxiliam na manutenção de peso, garantem a sanidade animal, protegendo e nutrindo-o de carrapatos, parasitas e bactérias.

Ainda não conhece a virginiamicina citada no texto? Clique na dica e conheça mais sobre o composto: Virginiamicina

 
Total Corte Premium - Alimentação gado de corte: primeiras chuvasTotal Corte Premium mobile - Alimentação gado de corte: primeiras chuvas
 

4 pensou em “Alimentação gado de corte: primeiras chuvas”

  1. Ademir carvalho disse:

    Otimas dicas gosto muito de poder ter acesso a todas estas dicas muito bom mesmo.

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Nós que agradecemos por nos acompanhar! Conte sempre com a gente!

      1. Francisco Carlos R Marcondes disse:

        Faz 2 anos do inicio da pecuária em minha propriedade, tudo k fiz foi baseado nas opiniões de vcs, mto obrigado pelas orientações, valeu, um abraço.
        Francisco Marcondes.

        1. José Carlos Ribeiro disse:

          Olá Francisco, ficamos felizes em ajudar, continue nos acompanhando e sucesso na propriedade! Abraço de toda equipe Boi Saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*