Como fazer a descorna de bovinos


Entenda como fazer a descorna de bovinos.

A descorna de bovinos é um procedimento muito comum no Brasil. Evita alto índice de lesões em brigas no território, melhora o aproveitamento de espaço entre o cocho e também no transporte. E o principal, valoriza o animal em casos de venda.

As desvantagens é ter que conter o animal para o procedimento, o estresse e dependendo da  técnica, os cuidados dispensados para a recuperação do animal.

Quando for realizada a descorna em bovinos, faça em todo o rebanho. Assim o produtor otimiza o  tempo no processo e também a recuperação. O período ideal é entre o segundo dia de vida e os dois meses.

Sem título 58 300x182 - Como fazer a descorna de bovinos
Descorna evita lesões em brigas

Conheça os dois métodos de descorna de bovinos

1 – Químico: consiste na colocação de uma solução líquida cáustica no botão de chifre do animal. Essa técnica é muito utilizada e pode ser feita entre a segunda e terceira semana de vida do animal.

2 – Térmica: a mais utilizada no Brasil. Consiste em utilizar o ferro quente que cauteriza o botão córneo do animal. O tempo ideal é entre três e quatro semanas de idade, quando o chifre está um pouco saliente. O ferro quente não deve ser colocado muito fundo. Mas apenas cauterizar a ponta já é suficiente para inibir o crescimento. O uso da pomada cicatrizante é fundamental para evitar lesões.

A época ideal para ambas técnicas é entre outono e inverno, quando a proliferação de moscas e parasitas é bem menor que no verão.

Caso a descorna seja feita em animais adultos, quando o chifre é quebrado, o veterinário de confiança precisa ser acionado para conter o animal, aplicar a anestesia. A cirurgia nesse caso é necessária com uma incisão próxima ao chifre e deve ter a menor retirada de couro possível para auxiliar na recuperação.

Ao realizar qualquer procedimento, lembre-se do bem-estar animal. Os bovinos devem ser tratados com cuidados e evitar ao máximo dor e sofrimento. Fazer a descorna com anestesia e usar a pomada cicatrizante são fundamentais para inibir o estresse do animal.