Será que existe búfalo selvagem no Brasil?

Gostou? Compartilhe!

O búfalo selvagem é um animal que não pertence à fauna brasileira. Será que animais não domesticados estão presentes no Brasil?

Antes de prosseguir com a resposta, vamos te explicar alguns detalhes.

A região Norte do país detém o maior rebanho de búfalos em nosso país. A Ilha de Marajó é a maior criado dessa espécie. Muitos produtores focam não só na carne, mas no famoso leite de búfala. Hoje esse laticínio é facilmente encontrado no comércio.

Ao contrário do que muitos pensam, o búfalo não é uma raça de gado. É um espécie de mamífero, a bubalus bubalis e tem suas próprias raças.

 

Será que existe búfalo selvagem no Brasil?

 

Existe sim. Em 2016, exemplares de búfalo selvagem viviam soltos em Rondônia. O rebanho girava em torno de cinco mil cabeças. Entretanto, para conter o desequilíbrio ambiental, o Estado decretou abate devido à ameaça a segurança e saúde dos moradores locais. São animais de grande porte. Podem chegar até 1 metro e 70 cm de altura e três metros de comprimento. Atingindo 900 kg. 

Já pensou sair na rua e encontrar um?

O búfalo selvagem é aquele que vive solto, sem dono e nenhum manejo de controle sanitário. Vivem livremente no habitat natural. Dependendo da espécie de animal selvagem, pode ter instinto agressivo. Vivem em manadas de cinco a 500 indivíduos.

 

Curiosidades sobre búfalos no Brasil 

 

O tempo de vida de um búfalo é de 15 anos, em média.

O Brasil tem o maior rebanho de búfalos do Ocidente. Até 2019, chegava a um milhão e oitocentos animais.

Por aqui, quatro raças são as mais produzidas: Mediterrâneo; Murrah; Jafarabadi e a Carabao.

Chegou ao nosso país no começo de 1900.

A indústria é muito bem aquecida. Chega a faturar mais de R$ 1 bilhão por ano.

Os produtos são diferentes dos de origem bovina. O leite é mais gorduroso. Com ele se produz, além da mussarela, queijo frescal, ricota e burrata. Já a carne, é magra e saudável.

São mais resistentes aos carrapatos. Porém, mais suscetíveis aos piolhos.

O manejo não tem segredos. É o mesmo destinado aos bovinos.

O tempo de gestação é de 310 dias. Alguns produtores utilizam a IATF (Inseminação Artificial por Tempo Fixo) para a reprodução. A taxa de fertilidade considerada alta chega a 90%.

Se adaptam a climas mais quentes e úmidos. Tanto que aqui no país vivem no Norte.

A taxa de mortalidade é baixa, devido a ser um animal rústico. Tem condições de viver em áreas degradadas. Entretanto, para uma produção de qualidade, não descuide do manejo ideal. Alimentação suplementação, vacinas, controle de doenças são essenciais.

 

búfalo selvagem
Será que existe búfalo selvagem no Brasil? – Foto: Ronaldo Rosa

Ofereça sombra para sua criação de búfalos 

 

A pele e a pelagem do búfalo são pretas. Nem por isso eles podem ficar expostos a luz solar por longos períodos. Pelo contrário. O organismo da espécie absorve em torno de 70% a 90% de incidência solar. O resultado é o estresse término que é o inimigo de uma alta produtividade.

Isso indica que se tem búfalos na propriedade ou deseja criá-los, plante árvores no pasto, faça cobertura e galpões para proteção.

 

Quer complementar essa dica? Então acesse:

Para mais conteúdos, confira nossa canal: Boi Saúde no YouTube.

Referência:

Búfalos selvagens serão abatidos em RO para diminuir impacto ambiental. UOL, 2016.
Brasil tem o maior rebanho de búfalos do Ocidente. G1, 2018.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*