Preciso usar inoculante para silagem de capim?

Gostou? Compartilhe!

Essa pergunta já passou pela sua produção? Bom, amigo produtor, aqui você encontrará a resposta sobre o uso do inoculante para silagem de capim. Se você atua com esse formato de alimentação, principalmente na seca, não deixe de se informar.

Em primeiro lugar, precisamos te explicar o que é.

O inoculante para silagem de capim é um produto facilmente encontrado em casas agrícolas e pecuárias. A principal função desse aditivo é atuar no desenvolvimento daquilo que compõem a silagem.

O processo de fermentação é extremamente importante para a produção desse tipo de alimento para o gado. As bactérias atuam preservando os nutrientes, evitando que boa parte do material seja mofada.

No entanto, infelizmente, algumas partes da silagem podem apodrecer. E, por isso, de jeito nenhum podem serem servidas aos animais. Sendo assim, basta retirar essas partes assim que o silo for aberto.

Todo esse processo acontece enquanto o capim já está no silo. Ou seja, a aplicação de inoculante para a silagem é apenas um passo na produção.

Em segundo lugar, vamos abordar nas próximas linhas se é realmente necessário para a sua produção.

 

Preciso usar inoculante para silagem de capim?

 

O uso não é obrigatório, no entanto é indicado. Mas sem as bactérias, fica difícil a preservação da qualidade e nutrientes do capim.

Afinal, se o propósito da silagem é alimentar os animais, não basta matar a fome. O material precisa conter qualidade nutricional para manter a saúde dos animais em dia.

Ou seja, a preservação dos nutrientes da silagem é um dos objetivos em todo o processo de produção.

Dessa forma, desde o planejamento, escolha espécies de forrageiras adequadas para a tipo de alimentação, por exemplo.

Para ter uma base de produção, indicamos a leitura: Produção de silagem para o gado.

 

inoculante para silagem de capim
Preciso usar inoculante para silagem de capim? – Foto: Marcos Lafalce/reprodução Embrapa

Estratégia no uso da silagem 

 

Além da escolha da melhor espécie de forrageira, faça um calendário.

Quando o pasto estiver abundante e com boa qualidade, é o momento de se preparar para a seca.

Como esse é um período sem alimento para o gado, estar preparado te garante para manter uma produtividade em alta. Vai que nos meses seguintes acontece uma alta nos preços dos grãos?

Sendo assim, se preparar evita também prejuízos no lado financeiro. Já pensou ter que gastar acima do esperado com ração?

Por isso, se planejar é a chave do sucesso. Assim como a silagem, você também pode preparar seu próprio sal proteinado. O passo a passo da receita, você encontra aqui: Como fazer sal proteinado para o gado: a receita

Então, não deixe para a última hora, amigo produtor. Tenha um estoque razoável.

Além disso, tenha muito cuidado no armazenamento. As sacas não podem estar em contato direto com o chão. Use estrados de madeira. O local também deve estar sempre ventilado e livre de roedores.

Como já escrevemos, além do capim, é possível fazer silagem de grãos. A escolha fica a critério do seu método de produção e estratégia de engorda.

Por fim, quer mais dicas para melhorar seu desempenho na pecuária?

Assista os nossos vídeos. O conteúdo é gratuito e pode ser acessado sempre que você quiser. Clique aqui: Boi Saúde no YouTube.

 

Referência

O uso de inoculantes no melhoramento da silagem. Fundação Roge.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*