Posso fazer sal de gado na propriedade?

Gostou? Compartilhe!

Já que o sal de gado é essencial para manter a engorda, além de comprar pronto, será que é possível fazer o preparo na propriedade? Além de produzir um sal que atenda exclusivamente o que o gado precisa, pode ser uma alternativa para economizar.

O pasto é uma boa fonte de alimento para o gado. Assim como fonte de engorda. Porém, ali não são encontradas todas as fontes de sais e vitaminas necessárias para que o organismo funcione de uma forma que facilite a engorda. Sendo assim, a reposição no cocho facilita essa nutrição.

 

Posso fazer sal de gado na propriedade?

 

Pode sim, amigo produtor.

Nada melhor do que fazer seu próprio sal e não ter o trabalho de comprar. Ainda, sabendo quais são os nutrientes em falta no seu solo e pasto, fica mais fácil para fazer um adequado para o seu gado.

Existem três tipos de sal muito utilizados na pecuária. São eles: mineral, proteinado e proteico energético.

Para saber a diferença entre eles, clique aqui: Tipos de sal bovino: qual o melhor para o gado?

Hoje, você vai aprender como fazer o sal de gado proteinado.

Antes, por que você precisa oferecer sal proteinado?

O sal de gado pode ser oferecido o ano todo. Na seca, há uma deficiência maior de proteínas. Entretanto, isso não impede o oferecimento durante o ano todo.

 

sal de gado
Posso fazer sal de gado na propriedade? – Foto: reprodução:@pecuariasustentavel

Como fazer o sal de gado proteinado? 

 

A lista de ingredientes é baseada nos itens abaixo. Como são mais que fundamentais para o organismo, não só de bois adultos, mas para vacas de cria, no preparo, fique atento para produzir a quantidade adequada.

  • Cálcio;
  • Enxofre;
  • Ferro;
  • Fósforo;
  • Magnésio;
  • Potássio.

A dose é de 1 grama de peso vivo do animal por dia.

Para facilitar sua vida, preparamos um material único para que você possa até imprimir e compartilhar com seus peões e amigos.

Então, é só clicar: quero receber a receita de sal de gado proteinado. O passo a passo vai chegar no seu e-mail gratuitamente, sem nenhum custo. Portanto, você só ganha com isso!

É um presente da Boi Saúde para que juntos, o Brasil se torne o maior produtor de carne do mundo.

 

Complemente a nutrição 

 

Além do sal, a orientação é complementar a nutrição com aditivos. Você já usa ou ouviu falar sobre a virginiamicina?

Não importa a fase do seu gado. Ou se são vacas ou bois. E ainda o regime adotado: pasto ou confinamento.

A virginiamicina é um aditivo que facilita a digestão e trabalha na prevenção de doenças como acidose e timpanismo. Com isso, faz com que a absorção de nutrientes seja mais efetiva. O resultado? Mais arrobas ao fim da safra.

O uso da virginiamicina não impede o oferecimento do sal de gado. Os dois podem ser oferecidos no cocho sem nenhum problema. Saiba mais no link: Uso da Virginiamicina na fase de engorda de bovinos de corte.

 

Essa é apenas uma dica sobre como melhorar seu desempenho na pecuária. No nosso canal de vídeos, você encontra muitas outras orientações sempre com foco em aumentar seu lucro. Acesse agora mesmo: Boi Saúde no YouTube.

 
banner banner
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*