fbpx

Controle parasitário em bovinos previne doenças graves

O controle parasitário em bovinos previne doenças graves e deve ser uma das prioridades do pecuarista. Afinal, a prevenção evita que o gado fique sem nutrientes necessários para um bom desenvolvimento e usufrua da ração, pastagem e do sal mineral oferecidos com o aproveitamento esperado, a partir de uso de antiparasitário.

Por isso, na dica de hoje da Boi Saúde você confere como realizar o controle parasitário em bovinos. Acompanhe!
 

 

Muitos produtores possuem uma grande preocupação com a nutrição animal, o que é correto, afinal esse é o principal meio de alavancar a produtividade dos animais e muitos possuem custo elevado com sais proteinado e mineral de excelente qualidade, etc.

O fator que a maioria dos produtores deixa em segundo plano e por consequência prejudica o aproveitamento da nutrição animal é o controle parasitário. O animal quando está infestado de parasitas fica estressado e não consome os minerais deixados no cocho, por exemplo. Isso faz com que o produtor não obtenha o resultado desejado.

 

Controle antiparasitário feito com cuidado previne doenças.
Controle antiparasitário feito com cuidado previne doenças. – Foto: Reprodução Internet

Controle parasitário em bovinos: O tratamento

 

Em primeiro lugar, o controle parasitário em bovinos feito incorretamente deixa o gado sem disponibilidade para consumir água, ração, pastagem e sal. Por isso o controle deve ser uma das prioridades do produtor. Ao oferecer bem-estar, o animal consome os elementos nutricionais oferecidos e terá bons desenvolvimento e desempenho.

Em segundo lugar, não adianta oferecer ração e sal mineral de ótima qualidade e alto custo se o controle não for efetivo. O parasita consome todos os nutrientes que os animais necessitam para ter saúde, além de proporcionar estresse e sofrimento. Portanto, proporcionar uma vida agradável e evitar desgaste são fatores fundamentais na pecuária de leite e de corte.

Por fim, é importante alertar todos os profissionais envolvidos no manejo do gado para que fiquem atentos aos sintomas descritos acima. O tratamento precisa ser oferecido o mais rápido possível para não proporcionar prejuízos à saúde do animal. Assim custos com tratamentos veterinários podem ser evitados.

Contudo, não se esqueça de sempre consultar o veterinário ao sinal de qualquer doença. Ele é o profissional habilitado para tratar corretamente seu animal.

Para continuar no assunto, confira a dica que preparamos: Antiparasitário: tratamento a pasto

E antes de terminar essa dica, conte-nos, amigo produtor: como você faz controle parasitário em bovinos na sua propriedade? Vamos compartilhar conhecimento e fortalecer nosso agro!

Caso tenha alguma dúvida, basta deixar sua pergunta abaixo nos comentários. Será um prazer te responder!

 

Não pare seus conhecimentos por aqui!

 

Mais dicas sobre como melhorar a sua pecuária estão disponíveis no nosso canal. Vídeos atualizados e de fácil compreensão te esperam com acesso gratuito. Clique no link a seguir e assista diversas dicas e orientações do nosso consultor, José Carlos Ribeiro: Boi Saúde no YouTube.

Aproveite e se inscreva no canal. Assim você será notificado por e-mail toda vez que um vídeo novo for inserido em nosso canal. Combinado?

Esperamos que essa dica tenha sido uma fonte de informação e conhecimento para seu negócio.  Até a próxima dica!

 
banner banner
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

×