Cólicas em equinos são resolvidas com simples medidas

Gostou? Compartilhe!

Se você acompanha o blog da Boi Saúde com frequência sabe que bem-estar animal é fundamental para um pecuária de sucesso.

Por isso, na dica de hoje vamos abordar como eliminar cólicas em equinos com cinco dicas práticas. Para isso, acompanhe nosso conteúdo até o final.

Depois, compartilhe com a gente o que achou das dicas. Combinado?

 

 

Frequentemente, os equinos estão com as orelhas para trás, batendo os membros anteriores ao chão ou até mesmo rolando no pasto. Todos esses sintomas podem ser atrelados à cólica em equinos. Sendo assim, se o produtor não ficar atento, pode até perder o animal.

 

Cólicas em equinos são resolvidas com simples medidas
Cólicas em equinos são resolvidas com simples medidas – Foto: Reprodução Internet

Cinco dicas para evitar a cólicas em equinos

 

1- Em primeiro lugar, sempre que terminar um trabalho com o equino, nunca o alimente em seguida. Aguarde pelo menos uma hora. Deixe o animal em descanso e só após ofereça a matéria seca, seguida de água. Lembrando que equinos em repouso, precisam consumir 15 litros de água por dia. Os animais em trabalho precisam consumir uma quantidade bem maior.

2- Em segundo lugar, o cavalo possui um estômago menor que o tamanho corporal dele. Portanto, nunca sirva uma quantidade maior que 2,5 quilos de matéria seca em uma refeição.

3- Em terceiro lugar, caso precise servir uma quantidade maior, fracione essa matéria em refeições ao longo do dia. Todos os equinos devem consumir no mínimo duas refeições por dia. Se for servir 10 quilos de matéria seca por dia, dívida essa quantidade em quatro refeições, por exemplo.

4- Procure deixar os equinos em piquetes. Ao caminharem livremente, a incidência da cólica será menor.

5- Se o equino fez um trabalho na propriedade, aguarde o animal descansar e após servir a refeição, dê um intervalo de, no mínimo, duas horas para retomada das atividades. Essa pausa é fundamental para o animal se restabelecer fisicamente e não ter danos na saúde.

Por fim, outra enfermidade que pode acometer os equinos, que tem uma grande incidência no gado, é a doença do casco. Assim como a cólica, pode ser combatida e prevenida com medidas simples. Basta clicar no link e proporcionar uma boa saúde aos animais da propriedade: doenças no casco.

Caso você continue com dúvidas para aumentar sua lucratividade e produtividade, volte para a página inicial do blog e a digite no campo de busca. Vamos juntos fortalecer a nossa pecuária.

 

Continue aprendendo sobre agro!

 

Talvez você também tenha interesse por esses conteúdos:

Posso dar sal proteinado para equinos?

Posso oferecer sal mineral para equinos?

Ração para equinos: confira a receita

E como a Boi Saúde existe justamente para proporcionar conhecimento para os pecuaristas do nosso Brasil, sugerimos que você continue seus estudos. Conheça nosso canal de vídeos no YouTube.

Vídeos atualizados e de fácil compreensão te esperam com acesso gratuito.

Então, acesse agora e desfrute de todo o conteúdo já disponível por lá: Boi Saúde no YouTube.

Esperamos que essa dica tenha sido uma fonte de informação e conhecimento para seu negócio. Nos vemos na próxima. Então, até lá!

Aproveite e se inscreva no canal. Dessa forma, toda vez que um vídeo novo for ao ar, você será notificado por e-mail, combinado?

 
banner banner
 

4 pensou em “Cólicas em equinos são resolvidas com simples medidas”

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Maria, muito obrigado pelo carinho! Mensagens como a sua nos motivam a trabalhar cada vez mais e melhor! Vamos juntos construir um agro cada vez mais forte!

  1. Rosélia Martins Lima disse:

    Estou com minha égua impanzinada ,ela está prenha ,eu gostaria de uma dica de algum remédio urgente pra mim dá pra ela

    1. José Carlos Ribeiro disse:

      Olá Rosélia, muito obrigado por nos acompanhar. Interessante, poderia me enviar por e-mail por favor? josecarlos@boisaude.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*