Fertilizante natural feito na propriedade: confira a receita

Gostou? Compartilhe!

Se você estava em busca de como criar fertilizante natural líquido para utilizar na sua propriedade, temos uma boa notícia: você entrou no lugar certo. Afinal, este é o tema do conteúdo que você vai ler aqui no blog da Boi Saúde a partir de agora.

O objetivo como você que acompanha nosso conteúdo já sabe é bem simples: proporcionar mais resultados aí dentro da sua propriedade. Por isso, não deixe de comentar o que achou das dicas no final da leitura.

Caso tenha alguma dúvida, escreva pra gente também, combinado?

Então, vamos lá!

 

 

Entre as muitas dúvidas recebidas pela Boi Saúde, o Valcir do Estado do Mato Grosso, enviou seu questionamento sobre fertilizante natural. A pergunta é: Como faço para transformar adubo sólido em fertilizantes e adubo líquidos? Agora, vamos para a resposta!

 

Para fazer um fertilizante natural líquido na propriedade

 

Esse fertilizante poderá ser utilizado em pastagens, plantações, em jardins, além disso, servirá para pulverizar as plantações com regadores.

  • Deixe as fezes dos animais durante 48 horas ao sol para secar;
  • Esse esterco já seco deve ser colocado dentro de um tambor preenchido com água e colocar a tampa;
  • Deixe esse tambor por três semanas, mexendo dia sim, dia não;
  • Quando a mistura estiver sem cheiro, estará pronta para o uso.

 

Aprenda a fazer fertilizante natural
Aprenda a fazer fertilizante natural. – Foto: Reprodução Internet

Preservar a propriedade evitando produtos químicos garante um ambiente mais agradável não só aos animais, mas também para os humanos. Caso tenha horta ou grandes plantações, invista na produção orgânica. Ou seja, sem agrotóxico, que contamina o solo, a água, ar. Além disso, quando consumido pelos humanos em excesso, causa grande danos à saúde.

Estar em conexão com o meio em que se vive proporciona um maior conhecimento daquela área. Conhecer as espécies de animais silvestres e preservá-las, assim como a flora, garante a valorização da propriedade e região como um todo. Além da qualidade de vida proporcionada a todos os seres que ali habitam e necessitam de recursos naturais para a sobrevivência.

Quanto menos impacto ambiental, maior a produtividade. Maior será a presença de animais da fauna. O solo contaminado com resíduos químicos e consumido pelo gado pode adoecê-lo.

Outro fator é a alimentação. Fique atento aos produtos oferecidos como ração e suplementos. Esses devem ser naturais e não deixar rastros nos produtos oferecidos no mercado.

E então, amigo produtor: você faz fertilizante natural aí na sua propriedade? Comente sua experiência aqui com a gente. Vamos compartilhar conhecimento e fortalecer nosso agro!

Por fim, não pare seus conhecimentos aqui! Confira a dica A silagem substitui o pasto?

 

Conteúdo em vídeo

 

Para complementar seus conhecimentos sobre esse e outros assuntos, te convidamos para conhecer o canal da Boi Saúde no YouTube.

Lá você encontra dicas e orientações do nosso consultor, José Carlos Ribeiro, em formato de vídeo. Tudo isso de forma gratuita! Acesse:  Boi Saúde no YouTube.

A cada semana tem um vídeo novo. Aproveite e se inscreva no canal e não perca nossas atualizações.

Nos vemos na próxima dica. Então, até lá!

 
banner banner
 

Como fazer um fertilizante natural?

Em primeiro lugar, deixe as fezes dos animais durante 48 horas ao sol para secar. Esse esterco já seco deve ser colocado dentro de um tambor preenchido com água e colocar a tampa. Depois, deixe esse tambor por três semanas, mexendo dia sim, dia não. Quando a mistura estiver sem cheiro, estará pronta para o uso.

Onde o fertilizante natural poderá ser utilizado?

Esse fertilizante poderá ser utilizado em pastagens, plantações, em jardins, além disso, servirá para pulverizar as plantações com regadores.

Como preservar a propriedade para o gado?

Evitando produtos químicos. Essa ação garante um ambiente mais agradável não só aos animais, mas também para os humanos. Caso tenha horta ou grandes plantações, invista na produção orgânica. Ou seja, sem agrotóxico, que contamina o solo, a água, ar.

Como valorizar a propriedade?

Conhecendo as espécies de animais silvestres e preservando cada um deles, assim como a flora. Além da qualidade de vida proporcionada a todos os seres que ali habitam e necessitam de recursos naturais para a sobrevivência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*