Quais os benefícios do colostro bovino?

Quem atua com reprodução na propriedade rural sabe a importância do colostro bovino. Mais que alimentar o bezerro nas primeiras horas essa vida, esse precioso líquido, garante a imunidade.

Se você está em busca de informação sobre o tema, está no lugar certo!

Nesta dica, a Boi Saúde irá abordar muito mais que os benefícios do colostro bovino. Vamos te orientar sobre tudo o que você precisar saber a respeito desse alimento tão importante no nosso agro.

 

Perguntas e respostas sobre colostro bovino 

 

O que é colostro bovino?

É  primeiro produto produzido pela glândula mamária da matriz. Esse processo acontece logo no início da lactação. Ou seja, assim que o bezerro nasce.

É reconhecida como uma fonte muito rica de anticorpos. A produção acontece nos últimos dois meses de gestação.

Esses anticorpos atuam na imunidade. O bezerro nasce com a imunidade baixa. Então, o colostro tem todos os nutrientes necessários para deixar o animal recém-nascido forte.

Isso indica que, o bezerro nasceu? Já deve ir para a mamada.

É um alimento tão poderoso que é considerado uma vacina. Isso porque evita doenças que podem até levar o bezerro a morte. A diarreia é um exemplo.

Inclusive, caso esteja enfrentando esse problema na propriedade, saiba como tratá-la: Diarreia em bezerros deve ser eliminada.

 

O leite pode ser considerado colostro bovino até quando tempo depois do parto?

Até 36 horas após o nascimento. Depois disso, o aleitamento não deve ser interrompido.

Essas 36 horas são recomendadas pela seguinte justificativa: é nesse período que o organismo tem capacidade de absorver os anticorpos. Esses são depositados dentro do aparelho digestivo do bezerro. Da primeira mamada até as 36 horas pós-nascimento, essa capacidade vai diminuindo.

 

Quais os benefícios do colostro bovino?

 

Auxilia na primeira descarga intestinal. Portanto, o animal consegue eliminar as fezes. Essas primeiras fezes são chamadas de mecônio. É comum serem amarelas e de aspecto pegajoso. Dessa forma, o colostro pode ser considerado como um laxante. Acima de tudo, por eliminar esses dejetos.

Ainda, garante a sobrevivência do bezerro durante as primeiras semanas de vida. Após esse período, o bovino já adquire capacidade de produzir sua própria imunidade.

 

Qual a quantidade ideal de mamadas?

 

Em primeiro lugar, nunca separe o bezerro da matriz nas primeiras 24 horas após o nascimento. Evitar o estresse aos dois animais é fundamental. Nesse período, a quantidade ideal de consumo do colostro é 10% do peso do bezerro.

Para monitorar, dois litros nas primeiras duas horas. Quatro litros nas primeiras 12 horas de vida.

Em segundo lugar, observe o comportamento dos dois animais. A quantidade de mamadas por dia gira entre 12 e 15 vezes por dia.

Parece bastante, mas esse número permite que o colostro entre no aparelho digestivo do bezerro. Como resultado, favorece a absorção de anticorpos.

 

colostro bovino
Quais os benefícios do colostro bovino? – Foto: Mundo Sindi

Pode ser oferecido a bezerros mais velhos? 

 

Pode sim. Porém, não terá o mesmo efeito benéfico como tem para os bezerros recém-nascidos.

Uma informação muito importante: se oferecer a bezerros mais velhos, dilua em leite. Consequentemente, esses animais não terão desarranjo.

Entretanto, além do leite, você pode manter o organismo dos bezerros mais velhos bem nutridos.

Para isso, ofereça o que o organismo pede para que crescem de forma saudável e sem doenças.

Um espaço onde apenas animais menores entram, conhecido como creep-feeding, auxilia nessa questão. Por não competirem com animais maiores, se alimentam de forma adequada.

Saiba mais: Creep feeding facilita a nutrição de bezerros.

 

Quando a matriz perde a vida, é possível substitui-lo?

 
É possível sim!

Para não deixar o bezerro sem alimento e oferecer direto o leite, tome nota dos ingredientes:

  • 1 ovo batido
  • 300 ml de água
  • 700 ml de leite integral.

Ofereça por três dias seguidos. Três vezes ao dia.

 

O que fazer para não desperdiçar o colostro bovino?

 

O colostro pode ser armazenado por até 20 dias.

O processo é bem simples. Basta selecionar garrafas pet em bom estado. Sabe aquelas de refrigerante? Essas mesmo!

Lave-as bem, com água e sabão. Após colocar o colostro bovino dentro delas, guarde-as em um local onde não pegue sol.

Caso queira oferecer para bovinos com mais de três dias, faça uma dosagem adequada para que não dê diarreia.

Com isso, ofereça a seguinte proporção: primeiros três dias – 50% colostro e 50% leite.

Após esse período, por mais três dias, ofereça 75% colostro, 25% leite. Depois desse prazo de adaptação, o colostro pode ser oferecido puro.

 

Cuidados com a matriz 

 

O bezerro merece uma atenção muito especial. Porém, a matriz também. Quando selecionada para atuar como reprodutora, o foco na saúde dela deve ser 100%.

Isso começando pela avaliação do escore. Ela está em condições de gerar uma vida?

Feito isso, um tratamento no cocho para oferecer os nutrientes necessários para uma boa formação do bezerro é fundamental.

Avalie o que oferece hoje para suas matrizes. Em conclusão, será que os alimentos e suplementos realmente fazem com que sejam boas reprodutoras?

Se precisar de apoio, a Boi Saúde tem uma receita para essa fase: Ração para vaca de cria.

Além disso, foque no bem-estar durante a gestação. Tenha sua propriedade um pasto maternidade. Ali, apenas matrizes e bezerros recém-nascidos ficam. Em outras palavras, o espaço limpo, com água e ração evita doenças e contato com outros animais.

 

Essa dica vai fazer diferença na sua pecuária? Não esqueça de deixar seu comentário.

Para mais conteúdo sobre produtividade, acesse nossos vídeos. Muita informação sobre gado de corte e de leite, com baixo custo.

O foco é sempre melhorar os seus resultados. É só clicar: Boi Saúde no YouTube.

 

Referência:

Manejo sanitário. Embrapa Gado de Leite.

 
banner banner
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*