Carrapato em vaca: como combater

Carrapato em vaca faz com que o produtor possua grandes transtornos. A preocupação com os resíduos no leite, no caso do gado leiteiro, e nas possíveis cria, no caso de matrizes, indica cautela ao escolher os produtos para combater esses parasitas.

O carrapatos são parasitas transmissores de doenças graves, que refletem diretamente na produtividade. É um ectoparasita da ordem dos ácaros e mais que combatê-lo, é preciso prevenir.

Aqui, vamos abordar a forma de tratamento e prevenção para que sua produtividade não seja impactada e tenha saúde suficiente para garantir sucesso na sua propriedade.

Antes de começar, é importante ressaltar que o uso constante de carrapaticida pode desenvolver uma resistência aos protozoários, por isso é preciso estudar o melhor momento para tratamento, além do melhor produto de acordo com as características da propriedade. Para tratar essa praga, o melhor período é entre o fim da seca e o início das águas. Já o controle biológico, ainda não há resultados que comprovem os benefícios e nem qual predador natural seria realmente efetivo.

Alguns produtores recorrem a tratamentos naturais para evitar a contaminação, como o Alho para carrapato em bovinos. Os resultados variam de acordo com cada propriedade e alertamos que não há comprovação científica sobre o resultado.

 

Como combater carrapato em vaca?

 

Os produtos carrapaticidas têm as formulações alteradas ao longo do tempo para combater carrapato em vaca, já que esses parasitas têm capacidade de se ambientarem ao processo químico. O que resulta em uma perda significativa do efeito esperado e a continuidade da proliferação no gado.

Entre os formatos de aplicação nas vacas estão a pulverização e imersão. O uso do carrapaticida deve ser feito com moderação. O efeito acima do necessário pode causar resistência, conforme citado acima.

É preciso atenção ao manejar o produto, com leitura da bula e seguir as instruções de acordo com cada marca e químico presente. Os carrapatos, ao serem molhados pelo produto, são intoxicados.

No momento do uso, a aplicação deve ser feita individualmente e o equipamento capaz de dar um jato que pulverize a solução a ponto de formar de uma nuvem de gotículas. Dessa forma, é garantida a penetração até o couro. Lembre-se que o processo não deve causar dor ou qualquer desconforto ao animal. E segundo recomendação da Embrapa, após o banho, o animal deve ficar completamente molhado. Dessa forma, os carrapatos pequenos que ficam localizados abaixo dos pelos de partes do corpo onde não são vistos, não morrerão.

A pessoa responsável pela aplicação também deve se proteger. Luvas, aventais e máscara são recomendados para evitar prejuízos à saúde.

Durante a compra do produto, não esqueça de verificar a data de validade, a dose (geralmente é de cinco litros de produto para cada bovino) e também como conservá-lo.

 

carrapatos em vacas - Carrapato em vaca: como combater
Carrapato em vaca: como combater – Foto: Reprodução Internet

Prevenção dos carrapatos em bovinos

 

O sistema de pasto rotacionado é uma ótima solução para se prevenir os carrapatos, já que o gado não permanece muito tempo no mesmo local. Além de proporcionar uma pastagem de alta qualidade, o gado fica livre desse tipo de ectoparasita.

Sabe-se que o aspecto físico dos bovinos representa muito sobre o estado de saúde deles. Por isso, manter o gado saudável e com todas vitaminais e sais minerais em dia, proporciona uma prevenção de forma barata e eficaz. O uso de suplementos naturais, que não deixam vestígios na carne ou no leite, é uma solução que precisa ser adotada nas propriedades para não só haver queda na produção, mas também evitar o sofrimento e promover o bem-estar animal.

Referência: 
Carrapato: problemas e soluções / editor, John Furlong – Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, 2005.

Não pare seus conhecimentos aqui, amigo produtor! Confira a dica Propriedade de gado de corte: confira as instalações

 
Controle dos Parasitas - Carrapato em vaca: como combaterControle dos Parasitas mobile - Carrapato em vaca: como combater
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*